Papo Gatari! #EdiçãoDeAniversário – Feliz 3 aninhos, OtomeGatari!

PapoGatari!Espera, mas isso não tem nada a ver com Monogatar-

Yaho!

Ah, 2016. Delicioso 2016. Adoro início de um ano novo, sabe? Aquele cheiro de que de repente tudo é possível: ganhar mais dinheiro, estudar mais, desenhar mais, exercitar mais… Aí vem a primeira semana e você não consegue fazer nada. Ainda sim, não fico triste, porque sei que na segunda semana de Janeiro vem uma data muito importante pra mim e pro Raigho – o aniversário do OtomeGatari.

Esse ano estamos completando 3 anos. Três anos de muitos atrasos, muitas desculpas, muito amor e muito carinho. No primeiro ano, achei justo desenhar a saga do OtomeGatari. No segundo ano, soltamos nossas vozes. E agora, no terceiro ano, nada mais certo do que fazer aquilo que fazemos de melhor e que eu sei que vocês adoram – conversar. Aquilo que fazemos com os animes de Monogatari vamos fazer com o Otome, dissecar esse maravilhoso blog pros leitores. Imaginem como se isso aqui fosse um tour dos bastidores. Como eu sempre digo com o Raigho, prefiro fazer algo único e sincero do que vááários posts comemorando que eu sei que poucos vão ler. Tem que ser aquele golpe certeiro, bem no kokoro!

Sendo assim… Bem vindos ao 2016 do OtomeGatari.

Monogatari Second Season - 25 - Large 05

Marcela: Yaho!… Ah, consigo até lembrar o primeiro “Yaho” do OtomeGatari. Há, o quê… Três anos atrás. Já fazem três anos desde que o blog começou, engatinhando, correndo, depois caindo e passando um tempinho no chão até se levantar de novo, com ajuda de uma pata lupina. Muitas coisas aconteceram, muitas mudanças, e incontáveis momentos de felicidade e empolgação. Não consigo nem dizer todas as emoções que eu sinto com esse blog e aposto que o Raigho também não. Mas vamos chegar nisso, espero. Mas afinal, o que é tudo isso? Eu e o Raigho percebemos como vocês nos amam (caham) e adoram saber sobre os bastidores, “bloopers” do blog e, mais do que tudo, nossas conversas. Então, como comemorar o aniversário do blog de maneira sincera? Uma conversa sincera colocando as cartas, nossos corações e lencinhos pra lágrimas na mesa. Esperamos que vocês se sintam tão em casa quanto nós. Raigho, rápido, antes que eu vá pegar um lencinho…

Raigho: Realmente, todo blog tem seus altos e baixos. Acho extremamente constrangedor pensar que… bem, minha primeira postagem envolvia Medaka Box e eu tendo uma crise nervosa. Crise nervosa = “MARCELA TEM CERTEZA TÁ CERTO?” “Tá.” “MAS NOSSA DÁ PRA POSTAR ASSIM MESMO?” “Sim, Claudio, dá.” E muitas pequenas bobagens se seguiram no começo da minha chegada. Eu conheci a Marcela antes de conhecer o blog dela, isso parece uma vida atrás, mas foram só 3 anos. Essa conversa é pra você que sempre pensou “porra deve rolar altos semanais que não nunca foram ao ar”, sim, teve semanal, quase-DR, DR-mesmo, treta, etc. O nome “OtomeGatari” é logicamente uma referência a “Monogatari”, mas até se estabelecer como algo mais voltado para a série foi uma jornada complicada.

Marcela: Ah, que bom que você mencionou nosso… “Encontro”. Tem muita gente que acha que nós moramos na mesma cidade, mas a vida não é tão justa assim! Nunca vou me esquecer de quando esbarrei no Raigho no twitter, tendo entrado fazia pouco tempo na “TL otaka”. Eu tava usando um avatar da Kanbaru em Nise, aquela cena dela deitada na cama no segundo episódio. De repente chega um jovem Raigho “VOCÊ GOSTA DE MONOGATARI?” “EU GOSTO DE MONOGATARI” “EU TAMBÉM” “VOCÊ GOSTA DA HANEKAWA?” “EU GOSTO DA HANEKAWA” “EU TAMBÉM” “VAMOS SER AMIGOS” “EU TAMBÉM” e tenho um pouco de vergonha de dizer que foi QUASE assim que aconteceu, haha. Essa conversa toda é pra passar vergonha mesmo, pelos FÃS.

Owarimonogatari - 09 - Large 11

Raigho: Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah eu tô morrendo com a cara enterrada no teclado, puta merda, meu deus, nossa. Foi logo puxando os podres. A gente ficava surtando com a tradução dos capítulos de Neko (Shiro), cê lembra? Cara isso foi antes de Zenmonogatari, nem tinha passado o OVA de Neko (Kuro) ainda. Que coisa bizarra… como a gente era retardado. A gente ainda é, só que menos. É fácil e divertido parir um blog no começo, a pior merda é quando vem a crise. “Que crise?” o vácuo que eu intitulei de “pós-zenmonogatari”. Foram meses e meses e meses sem uma notícia a respeito de Monogatari. Nada, absolutamente nada. Foi por volta dessa época que tentamos expandir as coisas no site. Foi tenebrosa aquela época de 2014.

Marcela: Antes de chegarmos aos maus momentos, vamos reviver mais podres vai, Claudinho. Ah, pra quem não sabe, eu não chamo o Raigho de… Raigho. É porque esse é o nome que ele adotou no blog, mas pra mim ele é o Claudinho, famoso Claudio da Honra. Haha. Aproveitando que você é o assunto… Essa história de Medaka Box é MUITO BOA gente. Tinha acabado de roubar ele de outro blog que tava rolando umas tretas. Eu tava de olho no Claudio pro Otome fazia um tempo já, porque ele já era meu melhor amigo na época e tínhamos gostos parecidos, digamos que eu quase roubei ele mesmo. Então, primeiro post dele. Ninguém sabia que o mocinho tinha entrado no meu blog. Nesse tempo ele era FANBOY de Medaka Box que, Madoka me livre, se falassem mal ele surtava. Tinha saído a notícia de que o mangá ia acabar e era o primeiro post de “notícia” dele. Santa Nadeko, o menino ficou NERVOSO. Não sabia como fazer, pediu milhares de vezes pra eu olhar… Hoje ele faz, sei lá, 80% das notícias, hahaha.

Claudio: …AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH *cai no chão espumando* O P-Pior é que você me chama de “Claudinho” até hoje… urgh. Medaka Box é fantástico! Leiam! Continua muito bom até hoje! Falando do meu passado, sim, já fiz parte de um outro blog que sinceramente não vou mencionar o nome, eu falava sobre livros essencialmente. Na verdade eu também fiquei por quase 4 anos em um fansub, no Dollars, lá eu tinha a alcunha de “Fenrir” mesmo; são coisas que me moldaram. E sim, foi assim mesmo, tinha essa menina juvenil e pueril (era uma loli bastante orgulhosa) que parecia tão doente pelos peitos da Hanekawa tanto quanto eu sou, coisas aconteceram, entrei pro Otome e segue sendo minha sin… meu orgulho até hoje. É algo difícil pra mim até hoje, saber dosar os assuntos, os posts de visual novel que quase considero algo que eu e mais 2 gatos pingados devem ler, sinceramente não sei como isso deu certo até agora.

Owarimonogatari - 09 - Large 14

Marcela: Olha Claudio, eu acredito numa frase clássica, que é: quando você faz o que gosta, tem sucesso. Se podemos chamar o Otome de um blog de grande calibre? Bom, como nós ainda não vendemos nossas opiniões pras editoras em troca de mangá, acredito que não. Mas posso afirmar que o crescimento dele foi muito e hoje somos de médio calibre. Quero dizer, vocês não podem ver uma postagem no facebook e comentam! A gente solta os Zenmanais, sei lá, duas da manhã, e duas e meia alguém comenta. E não é “legal rs” é tipo “olha aqui essa parede de texto que eu tive trabalho de digitar”! Então, isso só comprova a frase que mencionei. Mas, falamos como nos conhecemos, falei da sua experiência aqui no blog… Só que, como você disse, OtomeGatari é um nome inspirado em Monogatari Series, só que não foi foco desde o começo. Isso só foi algo que percebemos bem depois, né?

Claudio: Nós gostamos de Monogatari e queríamos transmitir essa verdadeira adoração para alguns possíveis leitores, foi aí que a luz da “Semana Monogatari” se acendeu em nossas cabeças. Aquela foi sem dúvidas a semana mais memorável da nossa blogagem até hoje, foi uma loucura, era véspera da estreia de Zenmonogatari e estávamos aprontando o post! Nos arriscamos e fomos de cabeça nisso, curiosidades, momentos marcantes, um post bastante falho (em muitos sentidos) da cronologia e o advento de nossa causa: “Comentário Zenmanal”, que foi quando começamos realmente a lidar com Monogatari de forma séria. Sinceramente não conheço outra página que tenha tentado essa abordagem antes, nem estou querendo bancar o “arrogante’ com essa afirmação, mas até então não tinha visto ninguém tentar acumular material, unir umas pontas e realmente lidar com as informações. Encarar Monogatari não como “rsrsrs meme nossa nise rsrsrs rsrsrs”, mas sim como “…meu deus o sofrimento do Araragi”, ver a coisa do lado humano, foi por aí a nossa ideia.

Marcela: Eu e o Claudio sempre tivemos interesse em falar de Monogatari no blog. No comecinho dele eu cheguei a traduzir muito capítulos de Neko Shiro até! Vez ou outra trazia notícias, mas nunca algo tão grandioso como a Semana Monogatari. Vou bancar a arrogante aqui e dizer que eu tive essa ideia um pouco antes da estreia de Zenmonogatari e quando disse pro Claudinho, ele concordou, então começamos a bolar. Foi difícil, porque Monogatari não é exatamente algo que você possa achar coisas boas em qualquer lugar. Tem que pesquisar muito, fuçar algumas coisas em japonês e pedir que alguém traduza… Peço para todos os leitores novos que ainda não viram essas postagens, vejam! Mesmo a cronologia, que depois fomos ver que estávamos equivocados, e tentem sentir pelo menos metade da energia que tem naqueles posts. E os Comentários Zenmanais… Puxa vida. Eu nunca imaginaria que… Fossem gostar tanto. De verdade. Vi uma review de Evangelion 3.33 em forma de conversa e nenhum outro post desse jeito e pensei que seria mais legal, já que eu e o Claudio temos essa química. O resultado foi algo que nunca poderia prever.

Monogatari Second Season - 26 - Large 29

Claudio: Se a Macchan morasse perto era AGORA que eu soltava uma palavrinha no pé do ouvido, rolaria uma pausa dramática de 1-2 horas na conversa e voltaríamos, mas… a vida não é uma visual novel! É uma sensação incrível saber que você tem LEITORES, por exemplo: o Ian que de tempos em tempos aparecer, o Matheus e Daniela (já são uma dupla), Pedro Souza, Guilherme, Robert… são muitos e muitos, se não mencionei algum nome peço perdão, amamos todos vocês. Antes de irmos para algo mais agradável, a crise! Tivemos muitas crises e brigas, o vácuo de notícias de 2014 sobre a série foi particularmente duro, nem com posts comuns conseguíamos render. Houve épocas em que nos afastávamos do blog, as vezes eu segurava as pontas, são muitos pequenos conflitos. Acho que todos eles nos ajudaram a crescer, como blog e como pessoas.

Marcela: Pode parecer muito estranho, mas quanto a esse momento de crise sou muito grata pela greve que teve na USP, fazendo o Claudio ficar 6 meses parado. Foi nesse período que ele acabou se encantando por visual novels e justamente durante meu 3o ano do ensino médio, quando eu menos tinha tempo livre. Então eu não canso de agradecer ele por essa ajuda, porque apesar de eu tirar graça e hatear as VNs que ele joga, foram graças a elas que o Otome passou por essa grande “seca”. Quando nossa fonte de Monogatari secou, cavamos mais um pouco e achamos ainda outro horizonte para expandir: Visual Novels.

Claudio: Ah, NOVELAS VISUAIS! Sim! A salvação! A Luz! A mídia de valor elevado! O âmbito que não é nem jogo, nem livro, a junção entre ambas as coisas… Visual Novels… sim… sim. Tento trabalhar nisso, não sei se me saio bem, mas acho que melhoro a cada dia um pouco mais. Assim como Monogatari, cansei de dizer pra Marcela o quanto sinto que melhoramos nos comentários Semanais, com os “Ougimanais” estamos mais concisos nos pensamentos e acertando mais nas coisas, olhando os detalhes, trazendo a informação do núcleo de eventos confusos em cada episódio.

Monogatari Second Season - 19 - Large 40

Marcela: Não diria tanto que melhoramos, e sim que amadurecemos junto com a série. Bakemonogatari não é Nisemonogatari, que não é Neko Kuro, nem Zenmonogatari. A série sem dúvidas foi amadurecendo, isso é muito verídico agora com Owari, o nível de relação cronológica entre cada história é alto e a profundidade dos personagens também aumentou, assim como podemos dizer que o ecchi também reduziu muito do que era. Então, acredito que comentávamos Zenmonogatari do jeito que deveria ser comentado. Fora isso, não foi só de Monogatari e Visual Novels que esse blog sobreviveu… Teve outra coisa? Não consigo me lembrar agora… Algo a ver com arte… Espadas? Sobre estar online?

Claudio: AHAUHAUAHUHAUHAUHAUHAUHAUA. A sua obra de arte, ah, aquela esfregação de peitos nas costas. A Marcela tirou da lama uma jóia, lapidada com veneno e obstinação, comentários profundos, ideológicos, envolventes, carismáticos, os SAOmanais. Eu nem assisti essa temporada de SAO e ficava gargalhando sozinho com os comentários.

Marcela: Acho que podemos dizer que os SAOmanais foram o segundo boost do Otome, sinceramente. E tudo surgiu comigo REALMENTE comentando SAO no twitter enquanto assistia. Sinceramente, eu nem sei porque eu comecei a assistir essa porcaria. Acho que porque eu vi a Sinon e gostei dela, ou porque vi que ela era dublada pela Miyuki Sawashiro (dubladora da Kanbaru). De qualquer jeito, algumas pessoas da minha TL (alô Ian, Nany!) acharam mega engraçado e disseram que eu devia fazer um post disso. E… Eu fui. E fiz. E no começo admito, gostava. Eu gostava de escrever os posts. A parte difícil mesmo era ter que assistir os episódios. Gente, não estou brincando: SAO é RUIM. Muito ruim. Meus comentários faziam o anime parecer bom por ser tão ruim, mas ele é tão ruim que é apenas ruim. E tudo isso foi escalando de maneira menos previsível ainda: a cada post o Claudio me dizia que tinham me mencionado em algum lugar, um cara nos comentários do Mais de Oito Mil postou o link de um SAOmanal me chamando de “nova Mara” (quem dera), o Aenianos Subs divulgava (sem eu pedir!) quando lançavam episódio de SAO… No grupo Genkidama me referiram como “a menina dos SAOmanais”. Eu até cheguei a trancar a conta do twitter por um tempo porque tinha uma galera estranha falando comigo no twitter e comentários mais estranhos ainda no Otome. Penso em retornar com algum anime no mesmo estilo, mas é difícil adivinhar qual vai ser TÃO ruim e assistido.

ss2014-09-29at09-52-19

Claudio: Sim, foi uma época estranha, nossa. Mudando de assunto e nos encaminhando para outro, neste ano de 2016 Monogatari Series completa 10 anos. 10. Anos. Vocês tem ideia do que é isso? 10 anos de histórias, crônicas, ligações, cronologia e o Nisio Isin não para de escrever 1 minuto; ontem mesmo postei que ele já anunciou mais 2 crônicas para esse ano, é uma loucura. Eu tenho ideias vagas a respeito de algo especial, não sei bem dizer o quê, mas quero algo especial, algo digno de uma série com tantos personagens e qualidade. O OtomeGatari completa 3 anos também esse ano, crescemos com os fãs, ajudamos a galera nos comentários, sempre nos esforçamos para isso; uma das coisas mais incríveis na minha vida é escrever no Otomegatari e poder estar ao lado da Macchan, sempre digo isso.

Marcela: É muito bom sentir que você faz parte de algo que de alguma forma influencia as pessoas. Óbvio, não estou dizendo que estamos aqui salvando o mundo ou mudando vidas, mas pelo menos estamos deixando algumas pessoas mais felizes! Trazendo esse conteúdo especial. Nunca vou me esquecer: vi um certo grande blog fazendo notícia de Monogatari Series há um tempo atrás e dizendo que a série “não tem muito público o Brasil“… E desde esse dia me motivei ainda mais a achar essa fanbase de Monogatari, essa fanbase BOA que gosta de discutir a série pelo que ela é e não ficar fazendo memes ou piadinhas ridículas, trazer essa fanbase pra perto e uní-la! E eu sei que ao longo desses três anos, eu, juntamente com o Claudio e mais importante ainda: vocês leitores, conseguimos provar que Monogatari Series tem público sim! E que os pequenos blogs tem chance de crescer sem precisar falar de Naruto, One Piece, ou seja lá qual for o mangá shounen popular. O OtomeGatari é um lugar especial pra mim e pro Claudio porque nós falamos do que gostamos e temos público. Vocês vem conhecer nossos gostos, muitas vezes até passando a gostar por influência nossa. Queremos continuar trazendo esse conteúdo “desconhecido” e “sem público”, seja VN, Monogatari ou até Ace Attorney, porque eu sei que tem muitos outros por aí que não acham pessoas que gostem disso e se sentem em casa com o Otome. E agora meu texto ficou grande demais, passo o microfone pro Claudinho!

Claudinho: Não conseguiria expressar melhor minhas palavras, acho que é bom final. Não vou tentar acrescentar algo, acho que o que você falou é exatamente como eu me sinto. Bem, essa foi a nossa conversa para comemorar os 3 anos do Otomegatari. Esperamos que vocês espalhem sobre o site de forma positiva e se divirtam conosco, sempre.

Macchan: Sim, sem dúvidas. Mesmo com brigas, discussões sobre conteúdo, o objetivo final aqui é expressar paixão pelo que gostamos e divertir as pessoas no processo. Sentar na frente do computador, ir na aba de favoritos e clicar lá “OtomeGatari”. Ver os posts do dia e dar uma risada singela, ou quem sabe se emocionar com aqueles belíssimos textos de VN do Claudio. Em 2016 seremos ainda melhores nisso, com certeza. Sempre expandindo, mas nunca esquecendo do carinho dos leitores. Esperamos que tenham curtido essa conversa dos bastidores do blog e se sintam ainda mais em casa. Um abraço apertado em todos vocês e que venha 2016!

bakemonogatari-09-araragi-hanekawa-kiss

Caso nossa conversa ainda não tenha sido suficiente, a equipe do OtomeGatari agradece a todos que vem acompanhando o crescimento do blog, em especial aos “veteranos” que estão aqui desde o banner sem lobo. E, para os leitores novos, esperamos que se sintam tão bem vindos quanto os antigos. Continuaremos a nos esforçar pra trazer o melhor conteúdo e continuar a falar com paixão do que gostamos (ou odiamos). Obrigada e parabéns, OtomeGatari!

Advertisements

13 thoughts on “Papo Gatari! #EdiçãoDeAniversário – Feliz 3 aninhos, OtomeGatari!

  1. Conheço o blog há pouco tempo, mas já me senti super identificado. Pois, faz meses ou melhor anos… Que procuro uma fonte verdadeira de monogatari, pois não aguento aquela page do face “Monogatari Series Brasil” que só difama a série, não importa o quanto eu recomende, quando os meus amigos olham aquela page… Enfim rs
    Eu sou igual ao Raigho, era otaku de Medaka Box, e quase morri com o fim da série. Curtia tanto Medaka Box que até tinha raiva de Monogatari, por achar que o mangá foi terminado pelo Nisio querer se focar em Monogatari. Ainda bem que em 2013 eu mudei esse pensamento e consegui ver essa obra de arte.
    Agora eu preciso acompanhar Katanagatari, essa é boa?
    Então, parabéns pelos 3 anos *-*

    • Obrigado, Sasahara, seja bem-vindo! O Nisio Isin é uma pessoa fantástica, habilidoso como poucos autores conseguem! Medaka Box vivia no “bottom” da JUMP, fico até surpreso o quando a série durou, foi um final digno e o autor desejou isso. Caso tenha curtido mesmo, tem um novo mangá da mesma dupla de Medaka Box na JUMPSQ, se chama “Shounen x Shoujo” (Ill boy x Ill Girl), um ótimo primeiro capítulo. Katanagatari é inenarrável, me arrepia até hoje o final daquela lenda.

      • Eu ouvi falar desse mangá, tem o link pra eu ler?(mesmo em inglês)
        É porque eu não sou muito próximo de histórias sobre o xogunato, por isso Katanagatari não enche muito os meus olhos, mas como é o Nisio. rs *-*

        • Se você espera profundidade, não encontrará (tanta). A animação é muito bonita e difere do usual. Como um todo a série não me agradou, mas vale a pena ver como algo para matar o tempo (não digo isso para denegrir a série).

  2. Foi muita alegria quando eu descobri o Otomegatari, um site que falava de monogatari, juro por Deus só conhecia uma pessoa que assistia (que desapareceu misteriosamente no mundo). E não é o tipo de série que você guarda pra você mesmo, querendo ou não você sempre fica com vontade de falar sobre isso com alguém. Agradeço por esses 3 anos, pelos comentários semanais, o blog sempre foi muito legal. Tudo melhor pra vocês e tenho certeza que ainda vai aparecer algo pior que SAO pra Marcela falar :v.

  3. Ah, Otomegatari… Primeiramente, parabéns por 3 anos do blog. O que vocês fizeram foi um trabalho esplêndido e eu lamento não dispor do tempo de ler as coisas pré-zenmanais, que foi quando eu comecei a acompanhar o blog. Não faço ideai de como cheguei aqui, sendo sincero, mas desde que me entendo fã de Monogatari me lembro de ser fã do Otomegatari. Quando eu comecei a acompanhar o conteúdo dos blogs foi o primeiro lugar que eu tive contato com opiniões de outras pessoas que assistiam Monogatari (e comentavam algo além de como o fanservice era bom, diferente dos comentários do anitube), então sempre tive esse blog alto no meu pensamento.
    Nesse começo eu não tinha nem coragem de comentar. Eu admirava tanto os comentários densos de vocês que ficava meio perplexo. Bom, o tempo passa e coisas acontecem, mas se vocês amadureceram e mudaram (para melhor), algo que nunca mudou foi o ambiente daqui. Pra um anônimo avulso da internet que usa o nome de um deus de nickname se dar ao trabalho de fazer textwalls compulsória e recorrentemente sem esperar nenhuma forma de resposta tem que ser muito interessante a conversa.
    E é isso que acredito ser o melhor acerto de vocês: suas conversas são empolgantes. São densas e profundas, regadas com um tom informal com passagens cômicas, mas são convidativas. Você acaba de ler um zenmmanal e seus dedos tão formigando. Da vontade de conversar, de opinar, de comentar.
    Não é conteúdo de qualidade que você consegue sentar, digerir e falar “foi uma boa leitura, gostei do ponto deles” e partir pro próximo post. Da vontade de levantar da cadeira e concordar com tudo em caps lock, abusando de exclamações e 111!1!.
    Mesmo que só tenha um idiota postando textwalls em seus comentários, nunca deixem o Otomegatari morrer! Tenham certeza que seu conteúdo vale o esforço. Mesmo quando ele se resumir a chutar cachorro morto (AKA criticar SAO).

  4. Medaka realmente foi mto, apesar de em alguns momentos, eu achar muito shonen para pouco Nisio. mas talvez seja por eu ter feito o caminho inverso(monogatari primeiro e depois medaka) então acabei sentindo falta daquelas boas e velhas filosofadas que so o Nisio saber fazer.porém valeu a pena ler (Anshin’in S2)
    Sobre o blog… Primeiramente parabens e espero que continuem por um bom tempo com esses post divertidos e informativos. To aqui a pouco menos de um ano, cai nessa pagina justamente tentando entender a cronologia de monogatari, mas depois que li um dos zenmanais, fiquei simplesmente apaixonado pelo blog.

  5. Haha, Medaka Box é muito bom, estou acompanhando uma scan (de um homem só) q está finalizando a tradução, fazendo um trabalho impecável lá (hipster scans).
    Sério q vc fazia parte do Dollar Claudinho(hue)? Nossa, acompanhei diversos trabalhos de vcs lá.
    Quanto as “novelas visuais”, não sou um devoto, mas queria ler algumas outras obras (como algumas da nitroplus), minha única experiência na área é Steins; Gate, 999 e VLR (terminei semana passada, impossível alguém ter paciência pra fazer 28 finais (tecnicamente), eu só fiz o da Luna (^.^; ) ).

    Bom, então, fica aqui o meus parabéns pelos excelentes posts de vcs nesses três anos, q vcs cresçam assim como Monogatari está crescendo (q essa bagaça venha para o Brasil), sucesso aos dois.

  6. Basicamente, dá para considerar vocês quase discípulos do mestre nisio isin, eu teria que reassisstir todo os gataris de novo, fazendo notinhas para tentar compreender…
    E vocês fazem isso quase que tranquilamente, embora eu saiba que tem muito esforço mental nisso…

    Aliás, medaka box, se me permitem a palavra, é simplesmenteo shonem supremo da jump! O único mangá que ncorpora tantos gêneros tão facil e naturalmente.
    Alguem também acha que a Anshi’in-san é fodástica?
    Goku? Naruto? Ichigo?
    Caraca, ela EXPLODIU uma estrela apontando seu dedo para ela!!!
    Que droga de personagem titânicamente poderosa é essa?!
    …embora já tenha morrido nessa parte…
    Nisio, nisio.
    Eu ainda tenho a determinação de aprender japonês apenas para ler as obras dele no original
    e fritar os miolos…

    parabéns pelos tres anos sacerdotes-gatari

  7. Eu conheci o blog através dos SAOmanais (Valeu Aenianos!) e ri MUITO deles. Quando acabou eu resolvi fuçar no site e achei essas obras de arte que são os comentários semanais.
    Sério, muito obrigado por fazer esse cabeça de vento prestar atenção nos mínimos detalhes desta série magnífica que é Monogatari!

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s