Comentários Ougimanais #12 – Carta entregue.

Comentários Ougimanais natalO fim.

É isso. Atrasos, demoras, nada disso importa mais. O fim chegou e, como a Kiss shot, vamos nos despedir triunfalmente.

Owarimonogatari - 12 - Large 01Raigho: Ano retrasado, nessa mesma época, eu e a Macchan (com a ilustre Roberta Caroline do Elfen Lied) comentamos o final de “Zenmonogatari”, a temporada que abordou 5 ilustres histórias. Foram 25 episódios, um número respeitável. Olhando Owari com seus 12 episódios pode parecer pouca coisa, mas sinto que foi extremamente mais denso; comento sempre com a Marcela (em um tom sincero) que acho nós, como pessoas que tentam abordar da forma mais concisa e densa (se for) possível, estamos muito mais afiados a respeito da série agora. Não é mais aquela brincadeira de “Hum, vamos tentar adivinhar em que mês se passa a história do Tio Nisio”, agora soa mais “Vamos montar o quebra-cabeça e mostrar que aprendemos”, ao menos pra mim soa mais assim. Olá pessoal! Espero que tenham tido uma boa ceia! Bem-vindos ao Ougimanal final, por ora.

Marcela: Hai, hai. Bem vindos a mais um Ougimanal, edição especial de Natal! Estamos todos estufados de rabanada e delícias deliciosas da ceia, prontíssimos pra destrinchar essa última peça do quebra-cabeça chamado Owarimonogatari 2, Shinobu Mail. Afinal, quem é o carteiro que entrega a encomenda pra Shinobu? Esse é o verdadeiro mistério. Como o Raigho disse, realmente nos sentimos mais profissionais no assunto de comentar Monogatari Series, principalmente quando recebemos tantos comentários positivos nos nossos posts, de pessoas elogiando e agradecendo nosso trabalho. Ainda sim, não sabemos tudo, porque quem nasceu pra ser Hanekawa Tsubasa não vai ser Gaen Izuko, então ao comentar entre nós e com vocês vamos caminhando pra entender essa série. Podemos pular todo esse diálogo romântico entre os dois, aliás, Raigho? Achei que tava vendo anime bom, não shoujo.

Raigho: Eeeeeeeeeeh? Calma mocinha. Se nós formos pular tudo da Gahara, 1/3 de Owari-3 vai ir embora, haha. Tem umas coisinhas que acho pertinente comentar sobre o Araragi aqui, se você quiser só assentir, tudo bem. Acho que o Araragi é alguém de camada e a Gahara é uma pessoa de fibra. O Araragi tá em um momento de fraqueza, um momento pesado e ele recorre a namorada que ama, acho isso legal principalmente para quem diz que o Araragi só fica correndo por aí sem gostar da Senjyogahara mesmo; o casal encara isso como brincadeiras, mas no aperto ele sempre recorre e reforça esse amor. A Gahara tendo a fibra, dizendo: “Eu resolvo o lance com a Hanekawa” e sendo franca com ele nas perguntas, achei bem bacana. Isso de achar o sentimento de alguém um peso, sobre você “não precisar ser especial como pessoa, mas especial para alguém”, são coisas que eu mesmo acho muito válidas.

Marcela: A única coisa que achei interessante desse diálogo foi a questão de estar sempre se melhorando. É um ponto de vista interessante, relacionando ao lance de laços. Como a Senjougahara bem disse, um laço eterno seria algo assustador, porque a vida não é tão simples assim (mesmo que estejamos falando de uma obra de ficção) pra você simplesmente ficar com a pessoa o resto da vida sem problema. Se aparecer alguém melhor, com certeza você vai dançar. Mas, se e somente se você ficar “relaxado”, que é o que acontece em muitos relacionamentos e o que leva geralmente alguém do casal ter um caso. Você fica tão confortável porque tá com a pessoa há tanto tempo que deixa de ser esforçar igual no início, então óbvio que a outra pessoa vai buscar atenção de alguém, uma amizade, um amante. E de novo relacionando Kanbaru x Senjougahara com a situação Shinobu x Primeiro, muito interessante o Nisio fazer um paralelo dentro da própria história dele, ainda mais de algo que aconteceu há tanto tempo. Dá aquela sensação de que os primeiros arcos “não foram a toa”, digamos assim.Owarimonogatari - 12 - Large 08Raigho: E se alguém não sabe, o Araragi tem uma vida sexual ativa, algo confirmado desde Nisemonogatari. Enfim, depois dessa conversa para ajudar na moral, o campo de batalha! É realmente legal estar ali no campo do colégio Naoetsu, Kizumonogatari acontece todo centrado ali e muitos outros eventos estão ligados ao colégio. O Colégio em si parece uma esquisitice. Todo mundo fazendo cara de mal, entende? O Araragi tem um senso bem “puro” de realizar as coisas da forma certa, de forma justa. Ele vai enfrentar o Seish… o Primeiro sem ajuda alguma, embora a Gaen estabeleça boas regras. Ah, a voz do Primeiro finalmente voltou ao normal, conheço essa voz pelo personagem Emiya Kiritsugu de F/Z e o Hakuoro de Utawarerumono. A Izuko têm altos poderes, transformando espada de bambu em uma réplica (quase) da Kokorowatari. Que mulher.

Marcela: Interessante demais que você faz questão de ressaltar a vida sexual do Araragi, Raigho. Apesar que poderia diminuir o tom de inveja enquanto diz isso. E sim sim, campo de batalha, ação, luta, muita movimentação e- só que não, estamos falando de Monogatari! Na real teremos muito diálogo, uns 2 minutos de ação e o resto diálogo explicando a ação. Ah, como eu amo essa série! E a Gaen, gente, surpreendendo. Ela adora reforçar que é “Gaen Izuko, apenas uma humana”, mas isso que ela fez não é de deus não. E o senso de desespero ao ver o Araragi ir enfrentar aquela armadura colossal. Vocês sentiram algo parecido também? Geralmente quando a gente vê anime que vai ter luta fica “tá na cara que fulano vai ganhar, ele é o protagonista”, mas não é bem assim nessa situação agora. Eu só conseguia me imaginar no lugar do Araragi, olhando pra cima e vendo aquele monstro na minha frente. Não consigo sentir NENHUMA perspectiva de vitória dele, apesar dos pesares. Já tinha em mente que ele ia perder e ganhar no final. Mesmo com a Kanbaru de técnica.Owarimonogatari - 12 - Large 05Raigho: encara Eu. só. mencionei. Não é como se ele ter uma vida se… não vou entrar nesse assunto. E sim, o Araragi pede arrego técnico pra Kanbaru mas eu só pensei  “cê vai apanhar tanto nossa”. É legal que explica o motivo do Araragi ir salvar a Hanekawa com uns sapatos diferentes (e depois só um do par), convenhamos, ele tentou se preparar o melhor possível para aquela situação. Meio inútil, tá, mas tentou. Vamos fazer uma pausa agora, rápida, básica, para o momento de apreciação da Hanekawa. A Marcela sempre faz melhor essa parte.

Momento de apreciação

Owarimonogatari - 12 - Large 10Marcela: Claro que faço. O mais próximo de uma Hanekawa 3D que vocês vão encontrar sou eu, assim que meus pais concordarem com meu implante de silicone. Enfim… QUANDO VEIO. AQUELE BIPE. E A FOTO DELA. A FOTO DELA EXATAMENTE A DE SHIRO LÁ. E O ARARAGI TODO PAU NO CU “UÉ, PEGOU FOGO A CASA DELA” E EU MEIO miga qual seu problema, é por isso que a Sodachi te odeia E AÍ VEM A GAEN MEIO QUE NISIO “AH É, TÁ CHEGANDO NO CLÍMAX ESSA PARADA” E EXPLICA O NEGÓCIO DO TIGRE. MANO, EU SURTEI. CÊS NÃO SABEM COMO. FIQUEI GIRANDO NA MINHA CADEIRA ABAFANDO GRITOS DE HANEKAWA PROS MEUS PAIS NÃO ME ACHAREM MAIS PERDEDORA OTACA DO QUE JÁ ACHAM. A GAEN COLOCA NA MESA A MAIOR BRIGA DE SHIPP EM MONOGATARI (se existisse, porque na real é Araragi x Senjougahara e não adianta chorar, eu tentei): E aí, Araragi: Shinobu, Hanekawa ou Senjougahara? Quem você ama mais? Quem você vai salvar primeiro? É legal isso porque o Nisio SABE que os fãs SABEM que elas são as únicas 3 com chances REAIS de ficar com o Araragi. Chances reais digo porque as outras não tem possibilidade alguma, então se fosse ter uma ship war, seria isso. ENFIM, ENFIM. FALOU DA HANEKAWA EU FICO AAKKDLDSDKAOPPXZLSADOK. TÁ ROLANDO SHIRO AGORA. VOCÊS TEM NOÇÃO? ELES TÃO LUTANDO E A HANEKAWA TÁ AGARRADA COM O KAKO. mds

Fim do momento de apreciação

Raigho: …Como eu disse, ninguém faz uma apreciação concisa como a Marcela. Ninguém fez. Ninguém faz. Ninguém fará. Sim, a Gaen é muito alter-ego do Nisio nesses momentos, ela avisa, explica e fala “É amigo, a história dela parece estar próxima do ápice.” É interessante que Owari-2 só se encaixa e ressoa quando contada agora, com toda essa bagagem que nós temos, antes ela não ficaria tão bem, acho. “O Tigre que controla as chamas do Purgatório” essa mulher é um poeta. O Araragi entra em crise, no desespero de saber que as outras mulheres da vida dele estão em perigo, eu senti o desespero. É muito engraçado pensar que Neko (Shiro) com todo aquele desenlace está ocorrendo naquele momento. A Izuko me parece muito testar o Araragi, talvez até julgar o caráter dele nessa cena/momento; até onde você iria por um duelo que rende “nada”? E o Araragi diz que elas vão entender, que em algumas ocasiões ele precisa ajudar uma certa loli.

Marcela: A Gaen fica falando de trair a confiança das duas, em especial da Hanekawa, mas o que realmente o Araragi mostra é que é uma rua de duas mãos. Assim como elas acreditam e confiam no Araragi, ele tem a DETERMINAÇÃO de fazer o mesmo. A Gaen bem que tenta fazer essa manipulação emocional, sabe-se lá com que fim real, mas o laço entre eles vai bem mais fundo. Elas acreditam que ele vai conseguir vencer o duelo, mesmo não sabendo da existência do tal. E o Araragi acredita que as duas tem DETERMINAÇÃO e força o suficiente para enfrentar seus problemas agora, mesmo que seja só para atrasar o incêndio em 11 segundos. E nisso temos o diálogo entre o Araragi e o Primeiro antes do duelo, no qual claramente a gente vê que a conversa com a Senjougahara deu bons frutos e ele aplica isso na pergunta feita pelo Primeiro. “Qual o significado desse duelo pra você?”. Daí podemos ver um pouco mais ainda a complexidade de cada personagem. Em um battle shounen, diante uma pergunta dessa o protagonista teria uma resposta simples. Não menosprezando, mas apontando a diferença entre o tipo de obra. Cada uma com seu charme.

Owarimonogatari - 12 - Large 16Raigho: Gosto que a Gaen tem aquele momento com os cabelos esvoaçando, sorrindo, como se todo o plano dela estivesse no caminho certo. A Shinobu é muito legal, sabe, ela arremessa a verdadeira Kokorowatari no sentido de: “bom, um de vocês vai ter mesmo que morrer hoje.” Como eu gosto do Araragi e algumas respostas que ele alcança. De verdade. Ele não é arrogante dizendo “nossa sou o foda, abraços.”. Ele só diz: “Eu sou eu, você não pode ser eu” e se vira no maior estilo “cool guys don’t look at explosions”; não é por um sentimento de grandeza! É por ele simplesmente ser o bendito Araragi Koyomi! Eu fico tenso em alguns momentos, mas eu achei que ia dar ruim antes mesmo da contagem acabar. Foi uma luta até anti-cl… não, não foi dessa vez porque o Araragi ganhou rapidamente com 1 movimento. Perdeu o sapato, mas venceu né.

Marcela: Era um ótimo sapato. Podemos fazer um minuto de silêncio em homenagem a ele?

Raigho: silêncio

Marcela: Muito obrigada. Voltando ao comentário, foi inesperado. Tão inesperado que até a grande Gaen Izuko foi pega de surpresa pela atitude do Araragi. E sabe qual o pior de tudo, Raigho? A estratégia do Araragi se baseava em um JOGO DE PALAVRAS. O Nisio não falha, nem nos momentos mais tensos da história, ele tá sempre preparado com um jogo de palavras e é assim que o Araragi vence o duelo de um golpe/toque. Cê lembram do papel que o Araragi grudou no templo junto com a Kanbaru? Sim, não sei quantas novels depois, não sei quantos episódios depois esse mesmo pedaço de papel, entregue por Oshino Meme, foi a derrota do Primeiro Exterminador de Kaiis. Até nos momentos finais, gritando o nome da mestra… E, como todo monstro em Monogatari, ele se dissolve em… Kanjis.

Owarimonogatari - 12 - Large 25Raigho: Um monstro se dissolve em palavras, morto por um amuleto usado em Bakemonogatari. Monstro. morto. palavras. Eu gosto tanto dessa série. Um monstro foi morto por um jogo de palavras praticamente, eu realmente gosto dessa série. O Primeiro nessa forma completa (sem armadura) parecia um Dracula moderno. E o Araragi vê algumas dilemas naquele cara, dizendo aquilo da imortalidade e “bem, simplesmente nos reencontraremos” e aí, meus caros leitores, entra uma das cenas mais lindas dessa série, por Madoka, uma das mais lindas. Ela surge dos restos mortais dele e diz que o perdoa, que ele pode ir de uma vez por todas em paz. É como reencarar um ex e dizer: “Foi tudo agridoce. Bom e ruim, mas agora passou, tá?” e o Araragi não sente nada com isso, não é calma, não é alegria, é só dor. É só dor. 400 anos depois, o suicídio realmente se consolida.

Marcela: Os nossos leitores estão podendo vivenciar apenas um pedaço do que é a dor de Kizumonogatari. Vocês tanto pedem, nós tanto pedimos, mas somos uns grandes masoquistas. Esse momento… Cruel, pra dizer o mínimo, da despedida da Shinobu é só um pouquinho do que você vai sentir em Kizu. E que maneira de morrer, não é, Raigho? A luta foi curta, mas a despedida eu senti que foi eterna, algo que vai perdurar por muito tempo. Sendo devorado pela mestra… Por aquela a qual ele passou 400 anos revivendo. Voltar a quem o deixou desse jeito. É tudo muito poético, tudo muito lindo. E a animação trabalhada nisso, a cena pode não ser um sakuga de One Punch Man, mas é uma cena… Muito bem executada, na minha opinião. Muito bem executada sendo um verdadeiro soco nos sentimentos de quem vê. Seishirou…

Owarimonogatari - 12 - Large 27Raigho: Sim, foi mesmo muito bonita e emocionante. Agora nós voltamos ao “tempo presente” (declaração perigosa em Monogatari), um momento que é depois de Koimonogatari (reforçando pela enésima vez), o Epílogo de Owari-2 e momentos importantes para Owari-3. A Ougi finalmente ouve a crônica que ela tanto queria e que nós também queríamos; conectando com Tsubasa Tiger e pormenores. Eu chamo a atenção para algo de extrema importância, uma fala da Ougi: “Obrigado, as peças do quebra-cabeça estão no lugar.” Tem uma personagem, alguém (não) sabe das coisas, dizendo que tudo se encaixou. Ou seja, tem um quebra-cabeça chamado Monogatari e cada crônica (se pensada) como peça, forma um quadro enorme que pode ser entendido em um plano geral agora. “Como ouvinte dessas histórias, é meu dever resolver as contradições.” É o momento final.

Marcela: Sim, quando você acha que o arco vai acabar ali com aquela baita despedida, o Nisio te puxa de volta e mostra como foi que essa narração toda começou. E aí você percebe: quantos detalhes empunhados nessa história, quanta dedicação para contá-la! Tudo isso para… Oshino Ougi, aquela garota que o Araragi conhece faz nem um ano. Ah, o mistério, ah, os spoilers… E, mesmo não tendo vivenciado a situação, Oshino Ougi ainda percebe detalhes os quais o Araragi nem se toca: e a armadura? Que fim se deu? Ela não virou palavra no final…

Raigho: O Foreshadowing de “se você estiver vivo, nos encontraremos novamente” e sobre as Espadas é algo que me fez esboçar um sorriso de escárnio. A Ougi simplesmente conecta todos os pontos e adianta até mesmo algumas coisas… Seishiro Shishirui. Tivemos que esperar o arco inteiro pra escrever o nome do infeliz, porran. “Raigho o que a Yotsugi tá-” < depois de Koi, ou seja, depois de Tsukimonogatari, amiguinhx. Até a Yotsugi nota que você abre muito a boca pra Ougi, orra! E Monogatari não é Monogatari se não terminar minimamente agridoce ou com alguma reflexão. Afinal, o que tem de saldo positivo nela? Pensemos como um todo na série, o que tem de positivo? O que o encontro de Araragi Koyomi com Kiss-shot Acerola-orion Heart-under-blade agrega?

Marcela: Lolis. Muitas lolis pra todo lado.

Raigho: Hah, se contar que em metade dos encontros ele foi quase morto, equilibra mais.

Marcela: Acho que a melhor resposta seria: a adolescência mais louca do mundo.

Raigho: Sim, mas a Yotsugi coloca sob uma ótica tão distinta. Ou “óbvia”. “Você sente que ninguém ficou feliz por isso?” “Sinto.” Ninguém é “feliz” na conclusão, ninguém se tornou “feliz” no desenvolvimento. O Araragi se coloca de forma baixa até, nas palavras da Boneca: “Eu não sou feliz, não vou ser e quem espera isso de mim, perdão.” Consigo me solidarizar com essa visão de vida. O peso da felicidade que ele conversa com a Sodachi.

Marcela: Considerando que os eventos com a Sodachi já ocorreram, essa conversa tem ainda mais peso, digamos assim, pois ele já refletiu a respeito desses conceitos, dessas ideias. E o Nisio… É raro você ver um final feliz vir dele. Poucos são os arcos que te passam uma sensação boa. Honestamente acho que o único arco até agora que proporcionou isso foi Tsubasa Tiger. Apesar da rejeição, a maneira como ele termina é feliz. Ou, melhor dizendo, é o menos agridoce: a personagem encontrou sua paz. Aqui em Owari-2… O Araragi ainda está nessa busca. Mesmo estando com a Senjougahara, tendo resolvido a treta da Nadeko, ele ainda é o mesmo adolescente pessimista com a vida. Talvez um pouco menos, mas ainda é. E o final do episódio, o final mesmo… Puro foreshadow. O tempo que foi tirado de nós. Tudo isso… Owari-3.

Raigho: “Você tem que buscar o final feliz.” Eu fiquei com vontade de chorar, muita mesmo. “Esse tempo ser tomado de nós… era questão de tempo”. Eu quis chorar porque sei o que acontece no topo daquela escada, naquele templo. Aí entra Koyomimonogatari com força. A crônica (isso é foreshadowing) que continua esse pequeno ato e é prelúdio de Owari-3 se chama “Koyomi Dead”. Tem algo de triste nesse final de episódio, o Araragi parece sentir que a cortina dele, dessa grande Monogatari vai se fechar muito breve. Acho que nós precisamos falar um pouquinho sobre Koyomimonogatari, ou melhor, sobre a nossa análise e como vai ser complicado abordar a série, até porque é por aplicativo. E como estamos cansados/propensos a não fazer semanal da série.

Marcela: Sim, vai ser muito complicado de trabalhar semanalmente. E, caso não saibam, o aplicativo só está disponível pra quem mora no Japão – não a loja de apps do Japão, mas por GPS mesmo. Então vamos ter que usar algumas conexões pra ver o que vamos conseguir trazer pra vocês. Nesse espírito de dar presentes… Hora do discurso de Natal! Raigho, faça as honras. Damas primeiro, afinal.

Raigho: Welp. Fechando isso meio rápido, só um comentário geral sobre Koyomimonogatari: 12 crônicas, a primeira começa depois de Kizu e é antes de Neko (Kuro), a última vai até antes de Owari-3. Numa delas, por exemplo, acho que é “Koyomi Wind”, o Araragi ganha uma nova percepção sobre a Nadeko. Ele a “compreende” como algo mais do que uma menina inocente. Ele (quase) nota que algo deturpado existe nessa garota. As outras crônicas são questão de encaixe. Enfim, não vou entrar em digressões. Foi um prazer estar com vocês, mesmo. A todos que nos acompanham, aos que comentam, aos que não comentam (podem vir, amamos vocês, de verdade), meu mais sincero e profundo obrigado! 2016 é o ano que Monogatari Series completa 10 anos de existência, tenho planos e não sei se eles vão dar certo, mas queria fazer algo digno do carinho que temos pela série. Espero que gostem dos semanais (esteja você lendo na data do lançamento ou quando for), sempre estamos fazendo com todo o carinho do mundo!

Marcela: Um prazer mesmo, mas ao contrário do Raigho, eu não amo vocês!… Especialmente quando colocam “Marcela” e “SAO” na mesma frase ou dizem que nunca viram Symphogear. Ou que odeiam a Hanekawa. E que Monogatari é um harém. ENIFM, amo você sim, seus malditos viciados iguais a nós! É uma felicidade imensa poder olhar pra trás e ver que o blog que começou como uma pessoa entediada e sem amigos após o final do ano de 2012 hoje tem tanta gente que acompanha de verdade e aprecia nosso trabalho. É um prazer genuíno ver as mesmas pessoas que comentavam lá nos Zenmanais, em 2013, comentando hoje nos nossos Ougimanais. Vocês realmente me fazem pensar que pelo menos uma coisa boa fiz até agora nesses anos. Não só eu como o Raigho, esse jovem talentoso e maravilhoso, não sei o que seria do Otome, e de mim, sem a presença dele. Do fundo dos nossos kokoros doki doki, desejamos um feliz Natal e um maravilhoso ano novo, seja bebendo com amigos ou assistindo anime em casa – as duas coisas são divertidas. Obrigada por tudo e até Kizumonogatari!

Raigho: Frohe Weihnachten, leute!

Owarimonogatari - 12 - Large 36

A equipe do OtomeGatari deseja um Feliz Natal/Hannukah/Kwanza para todos os leitores e um ótimo ano novo, que a virgindade de todos esteja sempre protegida por Monogatari Series e Visual Novels.

Advertisements

11 thoughts on “Comentários Ougimanais #12 – Carta entregue.

  1. Vocês estão de parabéns pelas análises de Owari, sério. Mesmo tentando e encaixando todos os pedacinhos da obra nunca tive uma percepção tão profunda em palavras como agora, graças a vocês ❤
    Obrigado por todos esses feels e vários risos durante os comentários. Tenham boas festas de fim de ano!
    ~ See ya

  2. ka ka ka, que eu (nós leitores) é q agradecemos. è um prazer inenarrável, quase orgástico (…) acompanhar vcs a cada semana, o trabalho q vcs fazem aqui é sensacional. Desejo-lhes felicidades nesse ano q se iniciará muito em breve. Q venha mais monogatari para nós \o/

  3. Feliz ano novo pra vocês também. Terminando de ver owari-2 tive que rever assistindo neko(shiro) junto pra sincronizar a história, tipo: 2 ep.owari pra 1 de neko. Muito bem conectada a história mesmo.

  4. Ah cara, quando eu vi o Araragi usando aquele amuleto eu não consegui deixar de pensar que o Oshino já havia previsto tudo e que deixou aquilo justamento pro Araragi ter uma chance de vencer.
    Muito obrigado pelos comentários semanais, é sempre muito bom poder rever os episódio sob uma perspectiva diferente e poder discutir sobre isso.
    E feliz ano novo é claro!

  5. Ah, Otomegatari. Eu simplesmentenão consigo tirar o sorriso do rosto quando vejo que saiu um post novo. Sempre foi assim, desde os Zenmanais. Mesmo quando era só um post da Marcela hateando (não vou juntar essas duas palavras na mesma frase), esse blog é sensacional.
    Não só pelas recomendações de alta qualidade ou pelo estilo de escrita leve que te prende, tão bom para um blog: o clima do Otomegatari é um que não se encontra em outro lugar da internet, pelo menos não pra discutir monogatari. Mesmo sendo relativamente pequeno, talvez POR ser relativamente pequeno, isso aqui é um lugar de discussão que não se encontra em outras páginas/blogs, independente do tamanho.
    Recentemente me ofereceram CDC naquela página Monogatari Brasil, 10k de curtidas, influente, boas promessas. Fui dar uma olhada no conteúdo da página e bom, era praticamente só fanarts e shitpost. Monogatari é bem mais que isso. Não tem o que fazer.
    Ah, mais um textwall. Eu simplesmente não sei me controlar. Bom, obrigado por esse 2015 Raigho e Marcela, espero que 2016 seja tão bom ou melhor! Adeus.

  6. Muito bom esse final, triste e belo. A Shinobu chorando… sem palavras. Achei a cena final, do Araragi subindo as escadas, particularmente bonita.
    Obrigado pelos Ougimanais, vocês mandam muito bem nas análises dos episódios.
    Feliz ano novo! E que venha 2016.

  7. No final fiquei me perguntando que o Araragi vai fazer no templo de novo? Agora que vcs falaram que vai ser o Araragi dead cara isso me da uma sensação muito estranha cara sabe, tipo que o fim de tudo está tão próximo, da até uma dor no peito hahaha.E obrigado a vcs que fazem todo esse trabalho brilhante.Feliz 2016 para vcs e parabéns!
    Senjougahara e Shinobu>>>>>>>>>Hanekawa

  8. cara os comentários são tão shows quanto o anime pque eu mais curti foi interlaçamento nas historia onde vemos o Zenmonogatari ep 4 se nao me engano a chegada de Episode-kun j no owarimonogatari sua chegada. Como não tenho nem paciência nem tempo para ler o jeito e espera o resto da serie para saber o desfecho aceitando todo tipo de spoiler. odeio ser aqueles otaku babaca que chora pq ouviu spoiler curto pq anima qualquer serie.

    • Não é “dito”. A Gahara o agarra, joga ele contra a grade e diz “seja gentil comigo hoje” ou algo nessas linhas. O relacionamento deles já está adiantado, e se não foi naquele momento, em algum outro eles certamente já tiveram relação sexual. Até porque faz parte da “recuperação” da Gahara o toque corporal.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s