12 Dias de OtomeGatari #03 – Ichii-bal, o arco encantado

12 dias de OtomeGatari 2!Você me fez cantar… Eu odeio cantar!

Yaho!

Acredito que a maioria dos animes realmente não fica completo sem ter a tsundere do grupo, não é? Aquela pessoa que sempre fica envergonhada e murmura “b-baka“, que todo mundo veste bonitinha pra ela ficar mais envergonhada ainda, aperta e adora abraçar. Ainda mais um anime só de garotas, isso torna tudo tão mágico. E, assim como todo mundo diz que One Piece só fica bom depois do capítulo 100 (apesar de que eu adoro o arco do Sanji), Symphogear só fica melhor ainda quando a Chris-chan entra em foco. Sem mais delongas…

ZENBU ZENBU ZENBU ZEEEENBUU

[Commie] Senki Zesshou Symphogear - 07 [BD 720p AAC] [AABD4236].mkv_snapshot_03.47_[2015.12.21_18.23.31]Hm? Ah, não não, não estou falando da Nadeko. Esse ZENBU tem um lugar muito diferente na música, mas igualmente maravilhoso. Igualmente grande, cof cof.

O anime de Symphogear até o episódio 7 tem bastante coisa de interessante. Tem um conflito entre duas das protagonistas, elas simplesmente não se dão bem e por motivos e motivos, uma delas acaba indo parar no hospital. A protagonista protagonista, Hibiki, tá com problemas com a melhor amiga dela. Muitas músicas foram cantadas, muitos monstros derrotados, revelações surpreendentes vão se fazendo aos poucos, mostrando devagarinho quem é o vilão da história. Mas… Falta alguma coisa. Bom, duas coisas. Bem grandes, cof cof.

Essa coisa é… Yukine Chris. Falta a tsundere. Falta aquela chama, aquela personagem incontrolável. Você pode até nem saber o que tá faltando realmente, mas sabe que tem algo que precisa ser inserido no anime de maneira proeminente e, quando a Chris finalmente revela o seu próprio Symphogear, a sua própria canção, dá um estalo. Quem é essa garota e por onde ela esteve a minha vida toda?

De repente, começado o episódio 7 da primeira temporada, ela se livra da armadura que esteve prendendo sua canção e começa a cantar. A parte em que ela canta é até curta, se comparar com outros momentos mais a frente, mas você se apaixona logo de cara. A letra da música é precisamente fiel a personagem – “será que conseguirei esquecer todas as feridas que penetram na minha pele? […] E agora vou explodir todos todos todos todos vocês em pequenos pedaços.” ZENBU.

Quando reassisti Symphogear esse ano, percebi que não tinha visto o episódio 7 da primeira vez que vi o anime, lá em 2012. Provavelmente esse é mais um dos motivos pra eu ter largado o anime, porque quando vi a Chris-chan cantando, meu coração se convenceu de que amava esse anime e amava essa personagem. Fiquei ouvindo a músia por semanas em loop. As vezes revejo essa mesma cena do episódio 7 e fico, de novo, tão empolgada quanto a primeira vez vendo.

Não são tantos animes assim que me empolgam com um novo personagem. Na verdade, eu geralmente odeio quando são apresentados novos personagens, porque sou uma pessoa chata com mudanças. É uma coisa complicada que não vale a pena falar aqui, mas no geral é: se tava bom do jeito que tava, por que mudar?, e pra mim, colocar personagens novos é um jeito de estragar as coisas e fico com preguiça de aprender sobre eles e etc. A Chris foi um marco surpreendente, porque não me senti assim. São poucos os animes que fazem isso. Esse pra mim é um dos melhores momentos (dos muitos outros) de Symphogear, porque, em poucas palavras: apresentou a best girl.

Será que conseguirei esquecer toda essa paixão que penetra na minha pele?

[Commie] Senki Zesshou Symphogear - 07 [BD 720p AAC] [AABD4236].mkv_snapshot_06.09_[2015.12.21_18.53.21]

Advertisements

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s