Comentários Ougimanais #10 – Fünfzehn

Comentários OugimanaisO que você estava fazendo 15 anos atrás?

Yaho!

Owarimonogatari não cansa de nos impressionar com as mais incríveis revelações, conspirações e momentos “OOOH, é mesmo”. Só nesse episódio foram muitos e muitos momentos assim. Gaen Izuko continua a dar leves tapinhas no ombro, nos mostrando o caminho, só para aparecer no final com um belo soco no estômago, porque ela é esse tipo de mulher. Vamos dar mais uma volta para o passado, agora mais recente: 15 anos atrás, e descobrir como tudo começou com cinzas.

Owarimonogatari - 10 - Large 01

Raigho: Faz 15 anos que os eventos de Monogatari Series se iniciaram. Faz 15 minutos que acho que meu PC vai explodir com atualizações do Skype. O que essas coisas tem de relação entre si? Nada, mas achei válido mencionar. Da mesma forma com a qual a Shinobu encara o nasce do sol nesse episódio, eu encarei as revelações desse mesmo episódio. Acho que finalmente entendi o sentido desse longo arco ser intitulado de “Owari”, de final. Sejam bem-vindos.

Marcela: Há 15 anos atrás, o primeiro “Yay yay, peace”, era dito. A fênix ressurgia e, o mais importante e vital para todo o compreendimento da história Monogatari: Hanekawa Tsubasa virou Hanekawa Tsubasa… Ou eu queria que fosse, mas no meu coração sempre será. Bem vindos a mais um Ougimanal. Esse episódio foi, com certeza, complexo pra muita gente. Não digo confuso porque as coisas foram explicadas, mas assim como a typemoon, o Nisio sobrecarregou a gente de informação, a ponto de percebermos que a Gaen Izuko não se limita aos eventos de Bake – ela estava preparando quase tudo há 15 anos atrás. E que até coisas mínimas de Bake, como o Araragi colocar aquele selo no templo, fazendo com que encontrasse a Nadeko, estavam relacionados ao Primeiro. O nome dele é… Bem coincidente com a situação. Tudo se originou a partir dele. Até a poderosa Kiss Shot Acerola Orion Heart Under Blade, tudo culminou com as cinzas do primeiro. É bom vocês leitores terem essa ideia geral para entender a medida que formos comentando aqui.

Raigho: Há 15 eles começaram e por 15 anos se “expandiram” temporalmente falando. O caso da Yotsugi é abordado com mais foco em “Tsukimonogatari”, mas o resto é só questão de visão. Acho. “Oshino Ougi é Oshino Ougi”, “Hanekawa Tsubasa se tornou Hanekawa Tsubasa”, isso é tão explicativo que fico encantado, sinceramente. É surreal pensar e entender que houve (você aceitando ou não) um planejamento da parte do Nisio. Quero dizer, ele fez um episódio que literalmente justificou a aparição de todos os kaiis e seres na série até aquele momento. As “cinzas” do primeiro se acumularam naquele local e causaram enormes transtornos. O número é mesmo o “15”, tudo aconteceu 15 anos atrás, as coisas se desenrolaram por 15 anos. “É um código sugestivo”, nas palavras da Gaen.

Owarimonogatari - 10 - Large 03

Marcela: Gostaria apenas de mencionar a linda coincidência de que Bakemonogatari tem 15 episódios, considerando os de Tsubasa Cat lançados online. É mais uma curiosidade e, por que não, algo planejado? Conhecendo o Nisio, tudo é possível. Quero dizer, olhem só o começo desse episódio: ele vai contando, cronologicamente, o encontro de cada garota com seu kaii. Por muito tempo nós só olhamos o Araragi encontrando o problema já lá e resolvendo, mas dessa vez ele colocou na mesa elas encontrando seus problemas. O caracol, macaco, caranguejo, cobra. Reparem como os eventos de Bake retornam sempre, mostrando essa ligação, que só você sendo um débil que gosta de SAO pra dizer que não existe. É curioso esse approach do Nisio pras coisas, que coincidências as vezes são… Mínimas. Ou apenas impossíveis demais para serem apenas coincidências, é uma força de “destino” tão forte que assusta.

Raigho: O destino do destinado. “Quem encontrou quem?”. O aspecto que realmente me interessou e “iluminou” algumas coisas foi o fato de que a responsabilidade ainda assim é do Araragi. Okay, essas cinzas tecnicamente ajudaram no acúmulo de seres, verdade, mas ele tem muita culpa no cartório. E tem algo que me chamou a atenção também além disso, dessa “culpa” dele, porque se me lembro bem a Kiss-shot menciona mesmo em Kizu algo sobre o motivo dela ter ido parar naquela cidade é para ver o Monte Fuji… que bem, não é exatamente naquela esquina. Tudo está preso e enrolado no Primeiro Subordinado. Ela instintivamente foi atraída para aquele local. No meio de tudo isso, o ciúmes do Araragi. Por esse “cara” estar no meio de tudo, por ter guiado a Shinobu, por N fatores. Ele fez o pacto com a vampira, ele saiu por aí agindo feito um imã. Realmente, tem culpa nisso até certo ponto. E A GAEN TEM A CRONOLOGIA DE MONOGATARI INTEIRA NO CELULAR.

Marcela: Sim, até a Gaen tem a cronologia de Monogatari no celular pra não se perder nas paradas, LOL. E dá pra ver ao longo desse começo de episódio que o assunto do Primeiro é extremamente delicado pra Shinobu. Ela não é a sua definição típica de vampiro que é maligno e bwahahaha malvadezas. Acredito que talvez seja algo extremamente… frustrante. Algo do qual ela se arrepende muito. Quer dizer, ela transformou o cara pra ver ele se matar logo em seguida. Apesar dos seus +400 anos de existência, ela ainda se move bastante pelas próprias emoções. E a Gaen, com menos de… Er… Chutaria menos de 50 anos, dança e samba na cara de uma relíquia viva, a vampira das vampiras. O poder dessa mulher não para de assustar: ela sabe de tudo, não, ainda pior – não tem nada que ela não saiba. Não tem um passo em falso pra ela, isso não existe, tudo deriva de um extensivo planejamento. Diria que ela é tipo um Shiroe, de Log Horizon, do mal. Tudo que ela faz tem um plano por trás.

Owarimonogatari - 10 - Large 08

Raigho: Se bobear a Gaen Izuko é aquelas… mulheres mais velhas extremamente enxutas. A Gaen é uma naja, ela vai bem no ponto da “certeza” que a Shinobu tem a respeito da morte do Primeiro e acerta em grande medida o motivo, a confusão emocional/pessoal que isso poderia gerar é inimaginável. O humor da Oshino-chan é algo precioso e singelo, desejando até festinha! E novamente (aquele ponto sobre as mulheres da família Gaen) a Kanbaru demonstra realmente ter um instinto natural para essas coisas, você percebe a seriedade nela ao apontar os detalhes e “ah, imagino que nos encontrarmos aqui tenha relação com o subordinado ter se revelado”. Provavelmente o Nisio vai começar a desenvolver mais isso (Suruga Bonehead em Oroka possivelmente foi o começo), a Izuko coloca na Kanbaru o mesmo papel que ela faz para os seus “subordinados” (Meme, Kagenui e Kaiki), ou seja, resolve os paranauê aí que vai dar ruim.

Marcela: Ah, Kaiki. Que saudades daquele husbando maravilhoso. Pena que a única aparição dele nesse episódio é de maneira tão cruel. Não liguem pra mim, estou só lamentando a falta de um homem bem melhor que o Araragi na história. Lágrimas a parte, podemos falar um pouco do real motivo pra vinda de Kanbaru Suruga pra essa situação toda? Inicialmente todos nós achávamos que seria algo como “fala gata, sou tua tia, qual o papo?”, mas foi bem longe disso. E agora parece cada vez mais que a Gaen está, indiretamente, treinando a sobrinha ao mesmo tempo que avalia ela. Não, talvez nem avaliar, porque, bom, ela deve ter certeza nos genes da Kanbaru. Pelo pouco de interação entre as duas, é isso que tô conseguindo perceber.

Raigho: Eu sei (e acho que em Owari-3 vamos poder tocar no nome da dita cuja) que a Tooe era ainda mais grandiosa que a Izuko. Com certeza a titia-do-coração tem enormes expectativas para a afilhada, se olharmos para Hana e Oroka, a Kanbaru realmente parece estar treinando/se adaptando a lidar com os Kaiis (especificamente com as partes do Demônio). Gostei da câmera nessa parte que se inicia a seguir, a voz da Izuko meio ao fundo, bem tom de história antiga. Falando do Templo e do “air spot” ali, lembrei que o Araragi/Kanbaru em Bake colocaram os talismãs em torno do local. Você percebe as conexões nas míseras coisas.

Owarimonogatari - 10 - Large 11

Marcela: É, foi o que eu disse ali em cima, dos ocorridos em Nadeko Snake. Com a música ao fundo e o tom de voz diferente de “história antiga” pra Gaen, parece muito quando o Araragi ou o Oshino falavam sobre kaiis em Bake, dando a “explicação do arco” pra gente entender o que exatamente aconteceu. Muitas vezes já em Owari estamos tendo esse “retorno as raízes”, não apenas de mencionar o que aconteceu em Bakemonogatari como utilizar aspectos técnicos de animação que a gente pouco tem visto desde o primeiro anime. O Shinbo e o SHAFT como um todo estão botando um real empenho pra dar essa ideia de fim de ciclo que a gente vem falando há semanas já. Porém, o que mais me deixou “OOOOOOH” em toda a explicação dela foi logo o começo, que foi abandonado: terra natal. Essa mesma cidade onde toda merda acontece é a TERRA NATAL dele. Simplesmente… quê.

Raigho: As coisas simplesmente tinham de ser nessa cidade. Conforme a Gaen vai explicando que o Templo é literalmente o local perfeito pra você fazer macumba (leia-se: atrai facilmente as esquisitices) pra mim só reforçou que é mesmo uma “cidade pequena” essa. Não sei dizer se interiorana, mas com certeza pequena. A galera sempre vai na mesma livraria, o ponto era esse mesmo templo, as paisagens sempre se repetem, as mesmas ruas e vias, coisas assim. É esse Templo que atrai tudo, achei bem interessante o folclore e fundação do local; também foi muito bom entender melhor o “trabalho” do Oshino, sobre ele ir ver as histórias que já aconteceram, a Gaen ser alguém que tenta evitar elas de acontecerem… pelos detalhes sempre se monta o cenário maior. Ela, Izuko, sentada em uma daquelas cadeiras de “diretor”, eu amo essas coisas.

Marcela: E toda essa explicação dela sobre o templo e a tentativa de reconstruir o mesmo já prepara o terreno para o próximo arco, o qual não vamos entrar em detalhes porque é spoiler (por favor, nada nos comentários!), só preparando os que não sabem o que vai acontecer e fazendo os que já sabem ficarem “aaaah é verdade né Marcela, você é um gênio“. Que isso, que isso, sou normal, ha ha. Tudo se combina quando você fala do Primeiro: ele naturalmente atrai kaiis, então ele vai pro templo, atrai elas e devora elas pra se preparar pro processo de retornar a vida. E até os especialistas em kaiis, os três relacionados entre si e os três mais estranhos possíveis vieram a essa mesma cidade. Tudo, TUDO converge pra essa maldita cidade.

Owarimonogatari - 10 - Large 18

Raigho: O Primeiro não derrubou o Templo só por ser um Kaii, ele é o fucking primeiro subordinado da Kiss-shot Acerola-orion Heart-under-blade. A potência desse ser é descomunal! A Gaen solta umas informações curiosas como “houve mais tentativas de reconstruir o templo, mas sem uma divindade”… sim… estou olhando para você Nadeko. Enfim. O confronto desse arco começou em Kabuki sem termos consciência disso, a Shinobu utilizando aquela “energia negativa” do lugar, o Primeiro a vendo após 400 anos. 15 anos se alimentando da cidade toda praticamente, esse cara tem de ser reconhecido. Acidentes que se sobrepuseram, é ou não é fantástico?

Marcela: Fiquei um pouco triste porque a Gaen não vai chamar a Kagenui, ela é uma das minhas favoritas também. A maneira como ela é quase “a filha problemática” chegar a ser muito engraçado, considerando que o Kaiki é o cara que sai por aí enganando as pessoas. Ah, Kaiki… Bom, ah, caham, voltando… A Yotsugi não conseguiu fazer o serviço e ela chamou mais um assistente. Puxa vida, quem será o outro caçador de vampiros da história? Outro caçador que talvez já tenha aparecido e encontrou a melhor personagem da série? Bom, talvez só revendo os EPISODE pra vocês saberem. HA. HA. HA. HA.

Raigho: Nossa, essa foi ruim, meu deus. E agora eu fico lendo essa risada no tom de depreciação do Primeiro, urgh. Por essa conversa nós podemos “medir” mais ou menos o tempo que está se passando em Neko (Shiro), já que nessa volta em que ela foi buscar-essa-pessoa-misteriosa vai acabar esbarrando na Hanekawa! A Shinobu começa a fazer caretas, a ficar toda desconcentrada depois dessa conversa e confirmação de que o antigo Subordinado está vivo. Deve ser no mínimo estressante essa situação. E realmente (reconfirmação) daquilo de Kabuki e tudo o mais, a cagada/responsabilidade é deles, eles “herdaram”. Não foi exatamente por um sentimento amoroso, mas o cara reencarnou com força ao revê-la, imagino o sentimento…

Owarimonogatari - 10 - Large 22

Marcela: Nada é tão romântico ou simples em termos emocionais em Monogatari. Você não pode assumir que a ação/reação de X ou Y foi por um só motivo, uma só emoção e sentimento. Da mesma forma é preciso analisar o comportamento do primeiro e da Shinobu, ainda mais sendo seres que viveram por tanto tempo e passaram por coisas… Desumanas, digamos assim, não só pelo fato de serem vampiros. E, encerramos o papo sério, porque agora veio aquela comédia deliciosa que só o Nisio sabe fazer. Quando vejo esses momentos logo após uns bons 15 minutos de seriedade, só lembro de uma entrevista dele “Gosto de escrever uma página com pelo menos uma piada nela”, ou algo nessas linhas. E Kanbaru, como eu te amo cara.

Raigho: A Shinobu ainda tenta reassegurar o laço entre eles, mas imagino que a vampira esteja bem abalada. Welp. Podemos dizer que a parte séria do episódio acaba por aí e nós entramos no mundo maravilhoso de Kanbaru Suruga e suas Desilusões. Ela correndo atrás da Shinobu e afins. AGORA, essa parte das light novels eu gargalhei demais, porque o Araragi fica zoando “você acha que eu sou daqueles que execra Light Novels?” PORQUE MONOGATARI É UMA LIGHT NOVEL. E O ARARAGI LÊ AOHARAIDO/SHOUJOS. É incrível. Eu juro por Madoka, não queria entender o que é “Huff-Huffs”.

Marcela: … Você disse shoujo? Pode cortar o Ougimanal, não queremos perder ainda mais leitores. Foi um prazer falar com vocês essa semana, até semana que vem. Ah, apareceu o primeiro lá, é verdade. Todo bishonen, achei que fosse uma menina. Acho que isso não é muito importante pro episódio, o que mais se destacou foi o pornô Gaen sendo comprado.

Owarimonogatari - 10 - Large 40

Raigho: E eles zoando com essa coisa de “especificidade” japonesa, os caras inventam mesmo nomes extremamente específicos. Sim, os fetiches do Araragi seguem em eterna evolução. Faz sentido. Os próximos episódios são essencialmente DR/lavação de roupa suja.

Marcela: Tipo o que a gente faz todo dia nos bastidores do Otome.

Raigho: *suando frio* V-Vamos encerrar, d-desho?

Marcela: Vamos. Vai, solta o alemão aí.

Raigho: A-Auf wiedersehen!

Owarimonogatari - 10 - Large 39

Advertisements

9 thoughts on “Comentários Ougimanais #10 – Fünfzehn

  1. Incrível como quanto mais é explicado mais perguntas aparecem em monogatari, mas ao mesmo tempo você não pode dizer que é confuso porque tudo se encaixa e de alguma forma acaba fazendo sentido.
    Cara o Araragi com ciúmes do primeiro servo e depois a Shinobu acalmando ele, simplesmente não tem preço. É muito legal ver como eles realmente são tão ligados assim.
    E a Gaen dizendo que não conseguia controlar a Kagenui, mas depois admitindo que se desse merda de novo ela ia ter chamar ela…
    Bem, owari está superando as minhas expectativas, ansioso pra ver a conclusão do arco.

    ps. Mano aquele BL do Kaiki com o Episode, a zoeira do Shinbo reina firme e forte ainda.

  2. eu sou muito fan de monogatari vi uma vez e viciei lindo seu blogg eu nao sabia deveria te-lo visto a muito temp, mais tambem gosto um pouco de SAO e porque se fala que pessoas que gostam de SAO sao debeis e nao entenderiam eu entendi e sempre to a me supreender com este otimo anime sem preconceito so gostaria de saber sua opiniao contra SAO pois é um bom anime de aventura para passar o tempo.

    • Hallo, Felipe! Ficamos felizes em saber que o site agradou e te ajudou! Bem, o Kaiki está vivo. Ele “morreu” tecnicamente falando no final de Koimonogatari, mas como a história é do ponto de vista do Kaiki, precisamos levar em conta que alguns trechos são “ilusórios/mentirosos”. Ele aparece vivo e bem em “HanaMonogatari” … crônica que se passa depois de Koi. Então como disse, nosso querido Kaiki está vivo.

  3. Eu nunca tinha reparado que os especialistas são como “aparições” também. Eles não vivem naquela cidade, então se eles aparecem por lá há um motivo, assim como sempre há um motivo para que um kaii apareça. O Oshino foi parar lá por causa da vinda da Shinobu. O mesmo para o Kaiki e a Kagenui. A Gaen foi motivada pelo relatório dos três. Aliás, dentro desse período de 15 anos eles só se moveram agora que a coisa ficou feia.

    Outra coisa que estou começando a perceber é que a Gaen não é essa divindade toda da sabedoria que ela fala que é. Claro que ela sabia sobre os kaiis que o Araragi encontrou, o Oshino sabia. Claro que ela sabia sobre tudo que aconteceu 400 anos atrás, a Yotsugi escutou a Shinobu contar. Ela mesma disse que o especialista que invocou o deus naquele templo era de um nivel muito acima do dela. E isso só faz a personagem ser ainda mais interessante.

    Só fico curioso com a real posição que ela tomou quanto ao caso da Nadeko, visto que quem começou aquilo foi a Ougi. Lembro que ela era contra a intervenção do Kaiki, mas se ela quisesse impedí-lo teria feito.

    Tomara que Owari 3 venha ano que vem, porque o hype ta muito grande.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s