Comentários Zenmanais [Edição Flor] #04 – O Sexto Sentido

Comentários ZenmanaisEm nome da Nadeko, do Araragi, do Nisio Isin, amém.

YAHO!

Fizeram suas orações pra santíssima trindade de Monogatari? Agora que descobrimos que o Araragi é Jesus, tem que orar todo dia pra ele.

Blasfêmias a parte, oia esse Zenmanal saindo de maneira semanal aí pra vocês, que lindo. Snif. Vamos começar enquanto minhas lágrimas escorrem…

Hanamonogatari - Large 105

Raigho: E aííí, pessoal? ADIVINHA QUEM CONSEGUIU FAZER O ZENMANAL… SEMANALMENTE?! ADIVINHA. @_________@ Depois do do SAOmanal SENSACIONAL da Marcela, estamos aqui para trazer a quarta parte de Hana! O fim se aproxima, a história se complica, ah, dor… Ah, Rouka…

Marcela: As bolas de basquete que estavam flutuando caem, a esperança toda vai embora, é pura desgraça! Já foram três partes recheadas de desgraça, o único alívio sendo o braço da Kanbaru e olhe lá. Hana tá equiparada com Onimonogatari no sentido de ser uma tragédia sem final feliz.

Raigho: M-Mas O-Oni… não tá, a loli morre, então é, dane-se. Eu gosto, como NOVAMENTE, pela ENÉSIMA VEZ, tem uma personagem dizendo”‘ó, não existe só bondade nesse mundo, o mal também ajuda as pessoas”; essa quebra de “não existe maniqueísmo na vida e se você acha que é tudo preto-no-branco, está errado” é sempre uma graça. É bacana que a Rouka se prepara toda, senta no banquinho e a… ADIVINHA? MONÓLOGO! YAY! Só que agora com o DEUS do Hajime Ueda fazendo a ilustração.

Marcela: É tenso quando vem essas partes da novel que é um personagem só falando por um bom tempo sozinho. Só falando, sem um pingo de ação ou lutinha que a galera curta. Mencionando a carta do OSHINO (indo na onda de novo de que nós não falamos só da Hanekawa), que apesar de não ser um grande monólogo ainda é uma cena que deveria ser bem parada, tem uma animação curiosa. O exemplo MÁXIMO disso é o episódio acho que 2 do próprio Onimonogatari! Quem lembra daquele puta monólogo da Shinobu, um episódio inteiro, com cenas estáticas? Por incrível que pareça, a recepção desse episódio foi boa, em especial pela arte diferenciada. É uma maneira bem SHAFT de se safar de momentos assim.

Raigho: Até porque, colocar a Rouka sentada… em um banco… sem ilustração… né. Como eu disse, o pessoal que assistiu o stream disse: “Foi massivo”, é conversa demaaaaaaaaaaaais pra quem não curte [ou até pra quem adora], mas aquele episódio de Oni, AQUELE EPISÓDIO foi memorável. Convenhamos, Monogatari é essencialmente sobre c-o-n-v-e-r-s-a-r. Enfim, eu achei curioso como os eventos ~se sucederam~ na vida da Rouka, mais ou menos: tava na merda < médico disse pra ela espairecer < “eba, minha amiga me deu um motivo, vamos buscar a desgraça alheia” < criou uma PUTA REDE DE BOATOS < encontrou o Kaiki. Não é mágico? Colegas de profissão! ATÉ QUANDO VOCÊS NÃO QUEREM, ELE APARECE.

Marcela: E aparece sempre lindo! A animaçãozinha dele tava divina, igual um vampirão. Sexy demais. Não, eu não curto tiozõ- digo. Nessa hora aí que você falou, que a Rouka menciona as más ações que salvam as pessoas: o holofote até mudou de lado, mostrando o fino equilíbrio que tem entre essa noção de bem e mal. “Tá, o Kaiki é uma pessoa que faz más ações, mas tem gente que fica de boa” bora voltar pra Otori como exemplo, ele tava lá enganando a Nadeko – não é uma coisa ruim? Okay, ela era uma deusa psicopata e yandere, mas não deixa de ser uma espécie de ~traição~. E AÍ ENTRA NA VIDA DA ROUKA ESSAS COISAS LINDAS QUE NINGUÉM QUASE SABE O QUE É, AS KAIIS.

Hanamonogatari - Large 106

Raigho: Sim! O Kaiki “ajuda” mas ele… tem suas razões pessoais, não é de bom grado [EXCETO com a Kanbaru]. Como os dois ~brigaram~ pra não dizer outro nome, eles fizeram um acordo e ele decidiu explicar a ela… essa TEORIA sobre os Kaiis; foco na “teoria” porque algumas regras/coisas no mundo de Monogatari nunca mudam: O Kaiki não acredita em Kaiis. Ponto. Mas ele explicou pra Rouka o que era um Kaii, e como nós aprendemos lá em Kizu, você ouve sobre o kaii < você toma consciência do kaii < você encontra o Kaii. Foi assim que a Rouka encontrou a primeira menina com a pata do demônio e desejou ajudá-la! A Própria Rouka zomba disso dizendo que “até mesmo a pior das pessoas tem seu momento de boas ações”. Friamente? A Rouka vive por nada e para nada.

Marcela: CALMA, é muito bad feeling de uma vez só. Primeiro que a história da menina com a pata do demônio me deixou mó pra baixo, de tão ferrada que a vida dela tava ;_:. Agora, falando da Rouka… Bad trip DEMAIS ficar pensando na situação dela. Onde vivem, como vivem, o que come – nada, nada, nada… Acho que algumas pessoas não tem uma plena noção do que isso significa, uma vida vazia e desprovida de qualquer emoção, significado, sentido que direcione ela… Até quem vive pelo prazer vive por algo, cara. Vive pra fazer algo. A Rouka… Putz. Aí vem a notícia que esmagou meu cérebro: Numachi Rouka está morta. E faz tempo já.

Raigho: É como… sabe o sexto sentido? O filme? Então. Ela tá morta, ela se matou, então a busca pelo demônio talvez seja uma forma de encontrar algo. Encontrar a si mesma quem sabe? Ela quebrou a perna, brigas com a família, é impossível você não sentir um pouco de pena, porra! A menina só se ferrou a narrativa inteira e a Kanbaru inevitavelmente fica perturbada! A Karen dizendo: “Não, é impossível, ela se matou 3 anos atrás”; a Rouka acaba se tornando um Kaii, um fantasma vagando por aí sem finalidade, buscando partes do demônio, colhendo desgraças, puff.

Marcela: Nunca assisti sexto sentido, mas obrigada pelo spoiler! Enfim, é uma viagem você começar a pensar no que aconteceu no episódio todinho até agora sabendo que ela já não passa de um fantasma, uma sombra do que era quando viva. A narrativa ficou mais intensa, porque é um fato chocante, querendo ou não – memo que seja clichê por ser usado em várias outras mídias. É de colocar a mão na testa e se perguntar até que ponto as desgraças conseguem consumir uma pessoa… A gente falou lá do talento da Rouka, como ela leva isso a sério e vem uma ~revelação dessas~. Não sei como explicar direito… É como se tu desse alguns passos pra trás pra repensar um problema de lógica, só que nesse caso, moral.

Hanamonogatari - Large 120

Raigho: O “fratura por estresse” se tornou “quebrou”, só isso já complica bastante a visão sobre a Rouka. Porque, objetivamente, ela tá fazendo algo de errado? ELA TÁ FERINDO alguém? As vezes ela até resolve esses problemas! Ao contrário do Kaiki, que essencialmente engana as pessoas, ela só escuta os problemas < absorve < o saldo até consegue sair positivo… aquela corrida da Kanbaru, eu consegui sentir o sofrimento. Ela correu, correu, correu, desgastou o tênis, caiu no chão. É a forma mais ~kanbariana~ de se expressar! Com o corpo! Inb4, Jesus aparece no meio da estrada pra salvá-la. JESUS EM TODA SUA GLÓRIA GLORIOSA.

Marcela: Não sei se foi alguma referência a Forrest Gump nessa corrida aí. Se tu não assistiu ainda, basicamente ele começa a correr pra alivar o estresse, corre sem rumo definido, só por correr, igual ela fez. MAS DANE-SE, É JESUS, ENCONTRAMOS O NOVO JESUS DOS ANIMES JUNTO COM O CARA DE MAHOUKA E O KIRITO! DAFUQ ESSE ARARAGI, DAFUQ ESSE CARRO REDONDO, MEU SANTO JÁH.

Raigho: Nota inútil: durante uma época meu tio teve um new beetle verde, era um carro bacanudo! NEW BEETLE, UM CARRO DIGNO DE JESUS. Btw, o Araragi tá mesmo parecendo Jesus… ou alguma espécie de samurai? AH, COMO OS ANOS LHE FIZERAM MAL. O Araragi com a eterna habilidade dele de aparecer na hora certa, no local certo, eu gosto como eles fazem referências à certos desenhos, o chaveiro da Shinobu [Meninas Super Poderosas], o próprio Araragi [Charlie Brown/Snoppy], é demais! “É redondo, parece um sabonete.” “RECLAMA DELE NÃO, GANHEI POR CONSEGUIR PASSAR.”

Hanamonogatari - Large 136

Marcela: Os ANOS? Cara, foram 6 fucking meses e o cabelo dele tá maior do que meu nos anos dourados em que eu me espelhava na Sailor Marte. Se a Kanbaru é erótica e o cabelo dela cresce rápido, o Araragi é o Rei do Erotismo. E tá, o carro é lindo, fofinho, REDONDO, mas a Kanbaru ressaltou direitinho: e a bicicleta? ;A; Raigho, aquela bicicleta era o símbolo de uma era, de um Araragi pervertido, idiota, despreocupado e irresponsável, Monogatari pode ser resumido naquela bicicleta… ;___;

Raigho: EU SÓ QUIS SER DRAMÁTICO, TÁ BEM? TÁ BEM?! *Ahem* SIMBOLISMO. AH. SIMBOLISMO. A Kanbaru dizendo: “aquela bicicleta era a sua vida, você mesmo disse, eu me senti mal por tê-la quebrado” < Rainy Devil – aquela coisa louca em Bake (heart) Essas mudanças, o cabelo, o carro é a forma do Nisio dizer que a história segue! Que os personagens seguem! O tempo passa, os valores mudam! LEMBRANDO [um pequenininho spoiler de Owari-3] que foi a Gahara quem “coagiu” o Araragi a tirar carteira [digamos que ter sua namorada dirigindo por você, na visão do Araragi, é uma ofensa muito ofensiva, sim, assim mesmo]. Passou o colégio, passou o tempo, mas esse filho da mãe ainda continua dizendo as coisas na hora certa! Como eu achei foda, putz, “eu briguei com a Gahara, com a Hanekawa, todo mundo por querer fazer as coisas do meu jeito! Se você está incomodada, vá resolvê-las”.

Hanamonogatari - Large 135

Marcela: A cena foi muito genial. Você e a galera que assistiu, percebeu que na verdade o problema na história não parecia ser muito a Rouka? Como um amiguinho comentou no último Zenmanal, “apareceu um vilão foda com poder foda” ou algo asim – tenho que concordar com ele em ponto, a Rouka parece ter vindo de paraquedas na história. Nunca teve nenhuma menção dela antes disso, foi uma personagem completamente apresentada nesse momento e evidenciadamente finalizada nesse mesmo arco (considerando que é o mais avançado temporalmente). O problema é, de novo, ver ela apenas como vilã e causadora de problemas… Ela é neutra, comentamos isso várias vezes. Então, onde tá a situação problema da narrativa? Na própria maneira de pensar da Kanbaru. Hanamonogatari é exatamente o que nome diz: uma história de adolescência, uma flor desabrochando e no meio desse caminho ela vai se modificando, mudando de ideia, sofrendo influências externas… O verdadeiro incômodo de tudo isso é que a Kanbaru não sabia o que fazer! A Rouka tá lá, de boa, cuidando da pós-vida dela há 3 anos. Ela surgiu não pra ser o lado mal da história… Mas pra mudar a Kanbaru. Essa é a coceira que dá no raciocínio, não é uma história maniqueísta, e tudo que não é bem preto e branco nós ficamos tentando encontrar esses extremos.

Raigho: “O último dia da minha adolescência”, eis o resumo da alma da Kanbaru, o feeling desse arco está refletido na OP que só ocorre ao fim do mesmo. Araragi continua a vida dele, dizendo que quando a Kanbaru fica incômodada com algo, a Gahara/ele se sentem da mesma forma. O laço entre os amigos continua vivo, o tempo segue, tudo prossegue… mas eles estão lá. E essa parte se encerra com a Kanbaru compreendendo isso, que ela precisa resolver esse conflito interno com a Rouka! Aquele sorriso é o começo do fim. ;A;

Marcela: Não quero comentar o final. ;_: De todos os arcos que assisti, esse foi de longe o mais agridoce. Mesmo a Hanekawa rejeitada, ela ficou mó de boa, mas Hana veio como uma flecha flamejante bem no kokoro… Sei lá cara, talvez porque minha adolescência esteja beirando o fim também, veio aquela coisa de “será que eu aproveitei essa porra direito”, tudo que era lembrança (de animes e jogos)… Enfim, tamos indo pra partida final e resolver isso de uma vez. ;AAA;

Raigho: ESPERAMOS [sinceramente] que vocês nos acompanhem semana que vem [com sorte] pois finalmente, oficialmente, vamos encerrar os comentários Zenmanais que se iniciaram com o começo da Second Season!

Marcela: CHEGA DE FINAIS! ;_; POR QUE, MADOKA, POR QUE? POR QUE TEM QUE TERMINAR MONOGATARI SE SAO AINDA TEM 12 EPISÓDIOS?!

Raigho: *Encara a Marcela* *Encara o leitor* até a próxima, antes que ela surte mais.

Hanamonogatari - Large 140

nós odiamos sword art online!
Advertisements

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s