Comentários SAOmanais #01 e #02

SAO é bom d+Bateu muita SAOdade desse desenho.

Yaho!

Devem ter visto o anúncio na página do OtomeGatari, se não, deixa de ser preguiçoso que ali do lado tem uma caixinha pra cê curtir essa parada de uma vez!

Para você, preguiçoso que não viu o anúncio, o papo é na linhaeu odeio SAO. Mas não é um ódio do tipo, “odeio cebola”. Meu nível de ódio com essa… obra é o mesmo da Mafalda com sopa (se você não entendeu a piada, meu amigo, compre uma revista a Mafalda e comece ler  JÁ!). Só que, como em muitas coisas da vida, é necessário adicionar um humor ácido pra que elas se tornem suportáveis. O famoso rir pra não chorar.

Resultado foi que meus comentários odiosos no twitter comoveram tantas almas afortunadas que me sugeriram trazer pro Otome. Como eu não sou o Felipão, gosto de fazer mudanças pra melhorar as coisas e achei uma ideia muito interessante. Acabei perdendo a oportunidade de fazer o começo e por isso farei a compilação do 1 o do 2. A rotina normal será toda segunda-feira, a partir de amanhã, começando com o episódio 3.

Então, não esperem algo profundo, filosófico e bonito como os Zenmanais. Aqui é ódio, hate, 16.5.

Vamos nessa.

Episódio 1 – A filosofia virtual de Asuna

ss (2014-07-20 at 02.43.43)Cacete, que episódio chato.

Não, sério. Foi muito falatório. E uma parada muito sem graça de SAO é que a questão técnica do MMO é pouco tratada, pelo menos no anime. Ah, nem venham falar da light novel nos comentários porque eu não leio. E se vocês disserem que é melhor, eu digo de novo: eu não leio e nem quero. Sinceramente, o Reki Kawahara escreve do mesmo jeito que eu quando tinha 12 anos e fazia fanfic Naru X Hina em comunidades do Orkut.

Mas a questão do MMO: eles mostram como se nem tivesse muita diferença disso pro mundo real, cara. Tipo, tem um programa de TV no MMO? Ahn? Custava colocar o Kiridão narrando como isso funciona?

Tanto faz, porque o cara morre e o discurso dele não serviu pra nada além de encheção de linguiça.

ss (2014-07-20 at 02.43.23)O papo é: melhor casal dos animes. Já vem a Asuna fazendo uma incrível reflexão entre a diferença do mundo virtual e do mundo real e o Kiridão maridão, super Deus Ex Machina revelando sua sabedoria superior. Curiosamente, depois ter três orgasmos com esse moleque, a Asuna ainda não chama ele pelo nome real. Questões de escrita, preguiça de ficar usando o nome de verdade, etc etc.

Falando em preguiça, o character design é tão mole que eles usam as mesmas cores de roupa do MMO. Porque, obviamente depois de viver 2 anos em uma armadilha virtual onde qualquer monstro poderia matá-los em instantes, eles querem continuar lembrando carinhosamente de suas vestimentas, nomes e tudo que havia de perfeito em SAO.

E vem o clima romântico: pôr-do-sol em um lindo parque japonês, inverno friozinho, perfeito pra se abraçar…

ss (2014-07-20 at 02.57.05)“Mas pera aí Asuna, bora falar de coisa boa, bora falar de tecnologia! Sabe aquela tecnologia que nos deixou presos 2 anos? Cara, quero muito fazer algo parecido. Eu sei que você tá com uma phoenix entre as pernas, mas bora falar de computadores, bancos de dados, linguagem de programação…”

ss (2014-07-20 at 02.57.19)“Oh, Kirito, você sabe como eu me derreto quando você fala de análise de dados comigo! C++!”

Como se não bastasse esse exemplo de namoro MUITO RUIM (vindo de uma pessoa que não teve as melhores experiências), a melhor protagonista da história dos animes vem falar da filha virtual deles. Sim, a filha bug. Repito pela trilhonésima vez: 2 anos presos em um mundo virtual e eles só conseguem ter memórias ilustrosas, de momentos acolhedores e de aquecer o coração. Porque nada de ruim acontece em SAO…

230d4168562429febdf0784fd23ca7f21342907862_full 20140311045619!SAO_E03d…Nada mesmo.

E a resposta do Kirito?

ss (2014-07-20 at 03.05.48)É.

hot momentEnquanto eles debatiam sobre as filosofias virtuais porque é a melhor coisa pra se fazer em um clima romântico, outra situação de perigo no mundo digital se apresenta para o super Kiridão resolver.

DESU GUN!

E aí entre em debate: por quê? Além de filmes infantis onde os super heróis são crianças, quem em sã consciência convidaria um moleque de 16 anos, extremamente oscilante nos seus sentimentos, pra resolver uma possível repetição da crise de SAO? Vem a sua mente que o fucking governo japonês contrataria espiões, altamente treinados nisso.

A VERDADE É QUE NINGUÉM É MELHOR QUE O KIRITO!

ss (2014-07-20 at 03.15.11)A capacidade desse autor em transformar o Kirito em um Deus Ex Machina supreende minhas expectativas a cada segundo. Você pode se perguntar “Se você odeia essa maravilha da humanidade tanto assim, por que assiste?”, bom, acho válido descobrir todos os níveis de ruim que uma mídia pode alcançar. É igual pessoas que assistem Boku no Pico sabendo a maldição que é: você sabe que é um menino, sabe que ele vai dar pra outros meninos, mas assiste mesmo assim. Curiosidade científica. A diferença é que algumas pessoas se masturbam pra essa curiosidade, outras não.

Outro debate que entra em pauta mas o autor ignora por motivos: poucos meses depois de centenas e milhares de pessoas morrerem em SAO, já tem um novo jogo de imersão completa que todo mundo tá viciado e entrando de cabeça. Considerando o governo japonês como aqueles paranóicos que criam leis anti pornografia que nem existe ao invés de lidar com os maníacos que existem, é muito bacana eles ignorarem toda a parafernalha e deixarem o pessoal com seus jogos assassinos.

E o mistério pro próximo episódio: o que seria esse volume?ss (2014-07-20 at 03.19.47)Continua na próxima semana!…

Brincadeira, cês sabem que é tudo junto. Continuemos!

Episódio 2 – Cabelo verde

Blá blá, monstro gigante, tiro tiro, pow.

Nesse segundo episódio, tenho uma reflexão pra vocês: já perceberam que em muitos animes eles fazem questão de ressaltar a insignificância dos personagens secundários? Aqui no Gente Gemendo Online, como se não bastasse um cenário feioso e simples, quiseram enfatizar de todas as maneiras que esses personagens eram inúteis e vestiram eles todos de marrom e preto.

ss (2014-07-20 at 03.23.55)Praticamente sumiram no cenário.

Agora, como se os animadores fizessem questão e colocar uma placa em neon cor de rosa brilhante apontando “ESSA PERSONAGEM VAI SER IMPORTANTE!”…ss (2014-07-20 at 03.24.10)Cabelo verde, roupa verde, cachecol branco! Tá querendo se camuflar onde, em um evento Cosplay?

Pelo menos tenho que admitir que em alguns momentos o anime foi fiel a uma realidade do MMO, com aquele nojento dando em cima da Sino. É uma questão problemática que atinge até nós brasileiras e…

ss (2014-07-20 at 03.19.47)Tá, Sinon, você perdeu sua razão completamente.

A menina não quer chamar atenção, é sombria e misteriosa, no canto. Não quer que os caras deem em cima. Mas mesmo assim usa um decote suficiente pra formar um “vale encantado” e roupas tão coladas que tem as 4 patas de um camêlo entre as pernas. Não é nem “não mereço ser estuprada” e sim “attention whore” mesmo.

De volta pro papo de dar em cima em MMO, achava isso uma das coisas mais sem noção e ridícula que podiam ser feitas. Você tá dando em cima do avatar virtual de alguém que nem sequer sabe se é homem ou mulher. Sem falar de que a má fama de shemale era tão grande que até mulheres de verdade jogando eram julgadas por estar só “se aproveitando”. Passei muitos anos jogando com personagens masculinos porque a relação era muito mais estreita entre os outros jogadores, havia mais respeito até. Eu não tinha nada biológico pra me aproveitar, o que me tornava melhor era a minha capacidade de jogar.

Então, GGO. Acho que foram uns 5 minutos de anime com conversa fiada e bolando plano. Agora acho que posso criticar a direção nessa parte: eles estão exagerando muito nas enrolações. Precisava mesmo daquele diálogo entre os secundários que vão morrer daqui a pouco? Enfim…

Mais chatice, mais chatice, lutinha, sacríficios, surpresas. Episódio tão fraco quanto o primeiro. Incosistente também: o grandalhão segurando uma minigun/gattling gun conseguiu desviar tranquilamente da BALA que a Sinon atira, mas tem toda uma dificuldade pra desviar claramente da menina saltando na frente dele depois. Sinon confirmada como Kirito verde.

ss (2014-07-20 at 03.36.28)E eu até entendia o drama em SAO porque a vida de todo mundo tava na linha (hehehe), mas GGO? É um jogo como qualquer outro. E temos momentos assim…ss (2014-07-20 at 03.38.12)E outros assim, com participação do Lone Ranger…ss (2014-07-20 at 03.39.21)Reki-san, tem um limite até onde você pode empurrar um drama. Se não tem justificativa clara pra essas reações, só pode ser um drama forçado dos infernos. Lembrando, ninguém vai morrer se levar um tiro na cabeça desse cara, ele não é o DESU GUN. Mas o Kirito verde e o Caveleiro Solitário claramente não perceberam isso, porque levaram um joguinho de FPS ao limite, chorando e tudo.

Nem quando eu perdia meus itens no Tibia eu chorava. Vamo lá, pessoal. Vamo lá.

E a Kirito verde consegue tranquilamente carregar uma arma de sniper pesadíssima enquanto corre e sobe escadas.

ss (2014-07-20 at 03.43.32)Como se essa luta pior que Call of Duty não fosse suficiente, ainda trouxeram o elenco de garotas que o Kirito fez terem orgasmos só de passar.ss (2014-07-20 at 03.46.28)Pena que a nossa amiga Sachi não pode se juntar ao grupo porque ela morreu. É, ela morreu. E o Kirito fez sexo mais tarde. Foi difícil. Relembrando: a rosinha e a do dragão estiveram em SAO, quase morreram, mas alegremente retornaram aos jogos onlines. Falando por mim: se eu ficasse presa em um jogo onde minha vida estivesse na linha (hehehe), acho que ficaria tão traumatizada que dificilmente sequer chegaria perto de um computador ou videogame.

O casal 20 também.

ss (2014-07-20 at 03.46.43)Mal posso esperar pro próximo episódio.

Até a próxima.

 

 

Advertisements

14 thoughts on “Comentários SAOmanais #01 e #02

  1. Bom, eu gosto de Sword Art Online, bastante, apesar de saber dos problemas (ignoro fácil xD). Não compartilho do ódio. MAS racho de rir das críticas, porque elas fazem muito sentido! xD

    Sabe, sobre o episódio 02, achei desnecessaríssimo. Se a intenção foi mostrar como é o mundo dentro de GGO, eu fiquei com a impressão de que Gun Gale Online é um jogo TEDIOSO PRA CARA*HO. Sério, ficar 3 horas atrás de uma pedra esperando alguém passar, enquanto a única coisa pra se ver é um cenário com paleta de cores marrom, não é vida não. Eu não teria essa paciência. Se a realidade virtual chegar nos níveis de SAO um dia e os mundos abertos gigantescos forem assim, NÃO QUERO jogar.

    E o cara com a metralhadora fiquei com impressão de que não tinha força pra levantar a arma (santa impotência). Se tivesse levantado só mais um pouco tinha feito a Shinon de peneira, com certeza. Mas não, a gata conseguia virar no ar e pegar impulso pra desviar (talvez peidando, só pode). Ah, e não lembro como foi a aterrissagem, mas ela não morreu na queda, né? GGO tão realista quanto jogos 16 bits =)

    • Sabe sobre a questao das criticas em gerais nao tenho muito oque falar acho algumas validas e outras meio forçadas ..enfim ,

      Na questao da ambientaçao acho que nao concordo com voce pois , acho que sim um jogo em que voce seria “mercenario”(ou algo do tipo kkk), haveriam missoes em que voce prescisa esperar um tempo para completar ou algo do tipo , e nao somente em Gun Gale mas a titulo de exemplo qualquer MMO ha missoes e partes tediosas porem geralmente nos jogos a outros modos que fazem com que voce continue jogando, pessoalmente o episodio me passou a impressao de que Gun Gale é somente um jogo o qual a possibilidade de roubar jogadores e fazer coisas desses tipo existe mas nao deve ser a unica coisa que se tem para fazer,(Vide maluquinhs no bar primeiro epi)

      O foco do episodio foi passar um resumo do que seria legal ou atrativo no jogo( foda-se o kirito kkkkk) por isso acho que um grupo de players se enfrentando por gold e drops foi uma boa opçao =D, aparentemente o anime esta seguindo o ritmo da novel e acho que por isso ele esta demorando um pouco pra jogar o kirito em Gun Gale e eu pessoalmente gostei disso porque eu ja estou cansado de ver animes bons correndo com uma boa historia e quando voce mal percebe ele acabou e assim voce fica com aquele sentimento de que nem teve tempo de perceber e se situar naquele ambiente fantasioso.

      Somente uma outra coisa acho que nem sword art (o jogo dentro do anime kkk)conseguiu passar totalmente o sentimento de um jogo realista assim Gun Gale nao me parece tambem um jogo muuuuuito realista porem, ao meu ver ele se parece bastante com qualquer FPS de computador… ok fisicas meio realista fodas-se oque eu quero é sentar chumbo em alguns noobs e etc e tals

  2. Alguns comentários sobre o episodio 2, de quem leu a novel.

    A Sinon entrou em GGO por recomendação de um amigo,e quando ela foi criar o personagem, ela queria um personagem com uma aparência mais de mau, e que não se destacasse muito, mais o sistema a premiou com um avatar com essa aparência de boneca, ela até ficou com vontade de trocar de char, mais por insistência do amigo dela ela ficou com esse mesmo.

    O motivo dos jogadores de GGO terem medo de morrer durante a batalha, e que nesse jogo quando alguém morre sua arma é dropada no chão, portanto você perde sua arma ao morrer o que não é bom. Por isso o medo da morte por parte dos jogadores.

    Mais essa informação a respeito do avatar dela não é tão relevante assim para o desenvolvimento da história, na minha opinião um informação importante que faltou explicar no anime, é de como funciona a mira do jogo:

    1-Aquela mira que abre é fecha é sincronizada com as batidas do coração do jogador, portanto quanto mais devagar estiverem seus batimentos, mais devagar a mira abre aumentando a precisão, um bom sniper precisa ser frio como a Sinon.

    2-Quando um sniper dispara seu tiro, sua posição é revelada, mostrando o rastro da bala para os adversários, (aquele laser vermelho que aparece no episodio), permitindo que o adversário possa ver de onde o tiro vira, para assim se esquivar dele, por isso que o Behemot consegue esquivar do tiro da Sinon depois que a posição dela é revelada.

    Bom essas são algumas informações importantes que o anime deixou de explicar, deixando confuso para quem não leu a novel.

  3. Deixa eu ver se entendi então, você tirou o seu tempo pra falar sobre uma obra que você odeia muito?
    Isso parece… Bem desnecessário, mas cada um faz o que gosta de fazer, eu acho.

    • Na verdade eu odeio SAO mas adoro comentar as inconsistências que encontro. Então, isso foi meio que um passatempo maravilhoso pra mim. Devia ter deixado mais claro essa parte. XD Além disso, o objetivo não é bem ser uma crítica valiosa, mas uma questão de humor. Isso, também sou extremamente preguiçosa com tudo e tempo livre me cerca.

  4. Morri de rir com sua crítica Marcela, mt boa. Mas sabe, n importa se ele escreve como uma garota de doze anos, se vende. E estamos num ambiente direcionado para o publico jovem. Não é necessário nenhuma obra prima pra vender. A história só precisa ser “legal” e minimamente convincente. E a ficção funciona fora da lógica do mundo real mesmo, na verdade se a história fosse realista demais, desagradaria o público. Estamos falando de um monte de gente sem vida e perspectiva, que nunca fez nada na vida. Ninguém quer uma obra prima que vai mudar sua maneira de ver o mundo quando senta pra ver um anime, o Shinbo q me perdoe. Eu não espero uma obra de arte, se vier uma excelente, só lucro, mas isso é entretenimento. Entretenimento infanto-juvenil. SAO tem uma história rasa e bonitinha, adequada para oq ela é.
    Ah, e so por falar mesmo, ninguém é obrigado a ficar traumatizado por causa de uma experiencia de quase morte. Tudo bem que se vc morresse no jogo vc morria, mas aquela violência animada leve de censura pra 12 anos não é o suficiente pra chocar de verdade. Ainda é algo distante demais pra causar danos tão profundos que nunca mais de sequer pra ouvir o nome do jogo. Claro, que se for pra seguir a lógica, aquelas menininhas não voltariam pro jogo. Mas as personagens não precisam seguir a logica; a personalidade delas eh ditada pelo que o autor quer. E se ele quer assim, que seja assim. Eh que nem o que o Stan lee disse: “ganha quem o autor decidir”, não o mais forte.

    • É verdade que a violência animada com PG 12 não assusta ninguém, mas o sistema do Nerv gear estava conectado com o jogador ao nível de transmitir as sensações, inclusive de dor, para ele (diferente do das fadinhas). Sem falar que você estaria preso em um jogo – mesmo que não morresse por causas naturais de monstros, como o próprio Kiridão disse, seu corpo estava sendo alimentado em um hospital. Em algum ponto a família desistiria de esperar e desligaria os aparelhos, isso se seu próprio organismo não falecesse. Os resquícios de traumar não precisariam ser os máximos, mas a sensação de ficar preso com certeza seria levada adiante nas memórias quando ingressasse em outro jogo online de imersão total.

  5. Para um primeiro post de uma série que busca mais brincar com o episódio que analisar [este segundo é mais fácil, já que as muletas para isso são maiores] tá um bom começo, a leitura consegue ser bem divertida – e que venham os próximos!

    sachi ;__________________; kiritaum esqueceu dela bem rápido até, qual será o segredo dessa asuna?

  6. Acho que o governo deles realmente não dá a mínima pra vida das pessoas já que apesar dessa tecnologia não poder aprisionar pessoas na novel há relatos que jogadores morreram de fome por que jogaram dias seguidos. Então eu não espero exatamente um planejamento do governo além de mandar garotos pra investigar esse tipo de coisa.
    E ainda aposto uma grana que o autor faz o Kirito criar a matrix ou algo do tipo.

  7. Já começou cumprindo o objetivo, me diverti de mais lendo seu post Marcela, pra uma segunda-feira de manha conseguiu me tirar boas risadas, nunca mais vou pensar em outro nome a não ser Gente Gemendo Online para este terceiro jogo hehe.
    Bom, vamos ao SAO, quando comecei acompanhar a primeira temporada tinha altas expectativas que logo em seguida foram destruídas, então já desisti de esperar algo grande, acabei decidindo olhar a segunda temporada sem esperar nada alem do fraco-mediano desenvolvimento que houve na primeira parte.
    Serio que o Kirito vai realmente ir pro campo de batalha de um jogo shooter com uma espada? (levando em consideração o que o opening e ending mostram). Se isso for serio os status do Kirito no jogo devem ficar divididos em 80% apelão e 60% retardado(sim, eu sei que isso da mais quem 100%). Seria engraçado ele levar ban por ataque melee hehe.
    Como já olhei ia comentar de algumas coisas obvias que o 3 episodio entregou, que acabou com todo o elemento surpresa que eu poderia ter… mas comento no próximo post se lembrar.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s