Knights of Sidonia – “Avante, cavaleiros!”

Sidonia no Kishi - OP - Large 01

“Extermine-os, é chegada a hora! Você vai sobreviver, liberte seu poder!” 

Knights of Sidonia – Apresentação

Knights of Sidonia (Sidonia no Kishi) é um mangá escrito e ilustrado por Tsutomu Nihei, sendo mensalmente publicado pela Kodansha narevista Afternoon. A série televisiva foi ao ar entre Abril – Junho de 2014, produzida em CGI pela Polygon Picture e recentemente sua segunda temporada também foi confirmada, sem data para sua estreia.

A estreia do mangá ocorreu em junho de 2009, desde então foram publicados 12 volumes [o volume mais recente, até o presente momento, foi publicado em março de 2014]. O anime cobriu o mangá até o volume 5-6.

Knights of Sidonia – Enredo

A história se passa em um futuro distante, onde milhares de anos se passaram desde que os monstros alienígenas capazes de alterarem sua forma, conhecidos como “Gauna”, destruíram a terra.  Nesse novo futuro a humanidade vive em espaçonaves que são verdadeiras cidades; a nave em que se passa a narrativa é conhecida como “Sidonia”. Para sobreviverem, os humanos desenvolveram a clonagem, fotossíntese-humana e o “terceiro sexo”, onde as pessoas não nascem necessariamente com o seu sexo definindo, podendo escolher entre homem ou mulher.

O protagonista da história, Tanikaze Nagate, viveu durante anos no subterrâneo da Sidonia sem saber da existência de todo um outro mundo acima dele, a única pessoa que ele conhece é seu avô e com um fato bastante peculiar: ele treina em um simulador para combater os Gaunas! Com sua existência revelada e o destino traçado… É hora da nova esperança surgir, é hora dos Cavaleiros da Sidonia retornarem!

Knights of Sidonia – Anime

Sidonia no Kishi - 01 - Large 31

Sidonia é frio. Parece estranho dizer isso, mas não me refiro ao clima em questão, mas sim ao aspecto geral da história. Estabelecendo um paralelo bem simples com o fenômeno Shingeki no Kyojin, eu diria que este último é quente, enquanto Sidonia é frio. Se Shingeki tenta causar o IMPACTO desde a opening, Sidonia embora tenha uma opening também arrebatadora, é um pouco mais lento nesse quesito.

Essa comparação é o ponto de partida para apresentar a Sidonia! A espaçonave que resiste como [possivelmente] o último refúgio seguro para a humanidade tem sua segurança feita pela famosa “Garde” com diversos pilotos sendo treinados e selecionados desde a tenra infância, toda e qualquer pessoa capaz de pilotar, com certeza estará pilotando algum desses mechas. Os mais habilidosos estarão empunhando a única arma capaz de realmente destruir um Gauna, a Kabizashi! E, nesse contexto, somos apresentados a esse novo mundo pelos olhos do confuso protagonista, Tanikaze.

Como telespectador você está tão confuso quanto o próprio Tanikaze, questionando que diabos de mundo é esse e quem são esses Gaunas; nos deparamos com o protagonista correndo, morrendo de fome e com medo do que está acima dele. Esse é o começo muito cativante de Knights of Sidonia! Conforme Tanikaze é aceito pelos comandantes e recebe explicações sobre sua situação, aquele que assiste também começa a entender o quão grave é a situação da nave Sidonia, a luta e o desespero de todos eles para acabarem com os Gaunas, e finalmente, encontrarem um pouco de paz.

O Tanikaze sofre de ~protagonismo~ moderado [para os que não sabem, protagonismo é aquela doença mortal que todo protagonista sofre, onde ele desperta poderes/alguma coisa extremamente exagerada no momento exato em que se é necessário], ele consegue algumas ~vantagens~ se comparado aos outros pilotos, mas em boa parte dos casos tudo isso é devido ao seu próprio treino no antigo simulador de seu avô; seu jeito confuso mas sincero de lidar com as situações, sempre se esforçando pelos colegas que perde durante o caminho e a responsabilidade com a qual ele precisa lidar o transformam em alguém no mínimo cativante.

Sidonia no Kishi - 03 - Large 34

Conforme essa situação avança, finalmente observamos a primeira batalha contra um Gauna! E nesse momento, finalmente conseguimos compreender o porquê deles serem tão temíveis. Preciso reforçar isto: os Gaunas são seres completamente amorfos em alguma situações, massas sem corpo ou cabeça, com um simples núcleo que é seu ponto fraco; assim que o esquadrão parte para a batalha… É exterminado. Sem mais, nem menos. Ele sequer consegue travar uma luta clara com o monstro, todos morrem. Sidonia brilha nesses momentos, as mortes são horrorosas, não existe uma emoção de verdade, são só eles sendo mortos no espaço vazio.

Nessa situação tão extrema, novas camadas são adicionadas a um enredo bastante complexo e pesado. Conhecemos segredos obscuros da Sidonia, sobre a primeira grande guerra contra os Gaunas e o Conselho dos Imortais, além disso, essa série é essencialmente sci-fi: temos diversas referências à partículas que só foram recentemente descobertas, a diversos tipos de células inimagináveis e questões sobre a própria gravidade no espaço! Existe todo um trabalho de apresentação para o leitor/telespectador, mas ao mesmo tempo existe a ação das batalhas, até mesmo momentos descontraídos nesse lugar em que o fim pode ser a qualquer minuto.

Pessoalmente gosto bastante dos personagens que estão ao redor do Tanikaze, temos Izana [que até o prezado momento, pode ser considerado menino] explicando os pequenos detalhes da Sidonia e como as aulas funcionam, a doce Hoshijiro sendo brincadeira do destino, o desprezível Kunato… Esses são apenas alguns dos pilotos da Garde que compõem a nova realidade do protagonista. Todos são cativantes ao seu próprio modo, por isso quando algumas inevitáveis mortes ocorrem, o impacto é ainda maior.

Sidonia no Kishi - 04 - Large 12

Uma das principais discussões na adaptação de Knights of Sidonia é o bendito CGI/3DCG utilizado. Pessoalmente acho que ele foi muito bem aplicado nesse anime, digo, Sidonia é uma realidade fria, as feições humanas refletem isso, os Gaunas demonstram isso! A técnica utilizada aqui combinou bastante com esse novo mundo, os Gaunas se tornaram ainda mais aterrorizantes, as mortes ganharam um tom… Humano. O terror ganha uma expressão mais real, mais fria, mais humana com esse tipo de adaptação; é claro que a minha opinião pode soar bastante controversa nesse aspecto, mas recomendo assistirem a série e tirarem suas próprias conclusões.

Voltando ao enredo, existe uma grande discussão que ocorre diversas vezes em Sidonia. A política nessa espaçonave é bastante frágil, certos grupos acreditam piamente que esses aliens atacam justamente pelas Kabizashis estarem localizadas dentro da Sidonia, pois em tese essa arma é o inimigo natural deles, gerando certa instabilidade que precisa ser controlada através da força bruta. E dentre discussões intermináveis, a tese de que os Gaunas compreendem o que estão fazendo é cada vez mais disseminada.

E antes que eu me aprofunde um pouco mais no assunto, essa ~aparente~ fixação dos Gaunas com as Kabizashis remete muito à Evangelion. Em um contexto parecido, os Anjos conscientes de suas ações atacam a NERV diretamente, querendo libertar a Lilith selada no subterrâneo da organização; o que aumenta ainda mais a suspeita de que os Gaunas foram sempre racionais e meticulosos em seus ataques!

Na batalha contra os Gaunas iniciais eles não demonstram grandes habilidades, embora apenas com isso eles consigam causar mortes horrendas, até certo ponto eles conseguem ser destruídos. Mas após alguns eventos, os Gaunas desenvolvem habilidades idênticas aos dos robôs pilotados pela Garde! A história não tem pressa em ser contada, ela oferece as pistas, discussões entre personagens, ideias que conforme são unidas… refletem uma realidade muito mais obscura do que qualquer um poderia imaginar.

Sidonia no Kishi - 01 - Large 13

Knights Of Sidonia – Opinião Final

Sidonia foi realmente uma surpresa para mim, é aquele tipo de narrativa que você consegue notar um certo pedigree. Existe um cuidado com a história, com os personagens, na forma como eles serão apresentados e em como eles consegue causar reviravoltas no enredo; o anime cobriu apenas uma parte dessas revelações e personagens, posso garantir que teremos outras surpresas na segunda temporada que está confirmada!

Assistam, deem uma real chance para o anime… O que mais posso dizer?

Avante, Cavaleiros da Sidonia!

Sidonia no Kishi - 02 - Large 13

Advertisements

6 thoughts on “Knights of Sidonia – “Avante, cavaleiros!”

  1. Belo review! Meus parabéns ao autor e editor.
    Sobre as características da série, não posso falar muito pois apenas ontem vi o Première. Mas posso ousar em minhas primeiras impressões:
    1 – Realmente, acredito que foi completamente deliberada a técnica de animação escolhida: a textura excessivamente plástica dos rostos e corpos me passou deste os primeiros frames um senso de surrealidade e descartabilidade da carne, em contraste com o brilho, umidade e grande vivacidade dado aos olhos (a janela da Alma, né?). Sobre isso e a morte dos personagens, a série trouxe bastante de uma sensação que tive com Blood-C (não falo mais pra não soltar spoilers…)
    2 – A batalha contra seres sobre os quais não se sabe muito e a relação com temas etéreos realmente me faz pensar muito em Evangelion.
    3 – Percebi na série ainda alguns lugares-comuns e bordões característicos de animes, como a inserção do nosso herói na trama, a evidenciação (ou ausência desta) de sua força-motriz e demais elementos motivadores, e o modo como as pessoas rapidamente se tornam caras a ele e para ele. Nada disso, no entanto, diminui a série, pra mim, são apenas parte dela. (Tive algumas impressões como essas em Mardock Scramble, mas nesse caso acho que as personagens e a série seria mais rica sem algumas dessas características)
    No geral, gostei muito do que vi para um primeiro episódio e acho que vou gostar muito da série.

    • O Tanikaze naturalmente nasceu carregando certas responsabilidades (como você vai ver no anime) e acredito que o Monomito faça sentido sim. De certa forma a tragédia que muda o protagonista ocorre nessa primeira temporada mesmo, estou ansioso pela segunda.

  2. Ah! Uma coisa que iria comentar no 3º ponto: Falando em “herói”, todo o início da saga (bem como tudo o que ela promete – ou parece prometer), me trouxe muito à mente a visão do monomito (aos que ainda não conhecem, pesquisem que o assunto é top!) – como muitos animes o fazem, tá certo – mas nesse caso, assim como em Evangelion, acho que realmente haverá uma “Jornada Espiritual” culminando em um Death&Rebirth (sort of)… 😀
    Abraços!
    PS: troquei “desde” por “deste” lá em cima…

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s