DRAMAtical Murder – “Destruição e Morte”

dramatical-murder-wallpaper

Eu sei, pensaram que fosse post da Marcela, né? Estão enganados!

Após ler tantos comentários de algumas amigas minhas, ver citações a essa série… Eu me senti na obrigação de ao menos jogar um pouco dessa Visual Novel que surpreendeu por sua qualidade. Dramatical Murder [DMMD] é uma VN-BL [Boys Love] e classificada como “apenas para maiores de 18 anos”; essa história contém uma dose bastante elevada de conteúdo homoerótico, mas digamos que 85% dela é jogável sem problema algum, ainda que você não seja o maior fã do gênero. Existem diversos pontos que pretendo comentar sobre essa experiência diferente que foi jogar/ler/entender o mundo de Seragaki Aoba.

Enredo

A história de DRAMAtical Murder se passa em uma ilha futurística chamada Midorijima, onde mais da metade dela é cercada por muralhas, somente pessoas convidadas podem circular em determinadas áreas. Do lado de fora, as pessoas tentam viver suas vidas segregadas desse “lugar dos sonhos” também conhecido como “Platinum Jail” que é controlada por uma certa organização. Para distraírem suas mentes, cada vez mais as pessoas começam a se tornar adeptas de um jogo de batalhas mentais chamado “Rhyme”. Porém, as gangues do outro jogo de batalhas reais que era popular antes, “Ribsteez”, vivem em pé de guerra com os jogadores de Rhyme. Em meio à toda essa confusão, temos o Aoba, um cara normal que não quer jogar nada, só viver em paz… Mas será que Aoba é apenas um rapaz comum? Ou seria ele alguém com um poder especial?

DRAMAtical.Murder.full.1063148

Jogo

Acho interessante que em qualquer tipo de narrativa exista sempre alguma apresentação a esse novo mundo, seja ao longo da narrativa, no começo ou através de diálogos entre os personagens sobre as curiosidades do local. O gênero “Visual Novel” é essencialmente [em boa parte dos casos] uma certa narrativa fixa onde você pode fazer escolhas, entrar em rotas e seguir por esses caminhos, alguns até afirmam, com razão, que isso pode ser considerado muito mais uma leitura do que propriamente jogar! Antes que eu leve essa discussão para outro ponto vamos voltar ao foco. Os minutos iniciais de jogo são apresentações à ilha de Midorijima, a ideia ~básica~ sobre a Platinum Jail e apresentações das rotas.

Quando eu digo “apresentações das rotas”, me refiro a primeira aparição das 4 rotas principais/respectivos parceiros nelas: Seu amigo de infância, Koujaku, o expert em computadores, Noiz, a mais fria e desprezível das pessoas, Mink, finalizando com o gentil e sempre alegre, Clear. Digamos que existe essa “rota comum” da história com os problemas e personagens sendo apresentados, após um determinado evento somado as suas escolhas até aquele momento, você entra em alguma dessas 4 rotas. 4 personagens com suas próprias características/eventos que complementam a história, mas digamos que o jogo não acaba aí, ao completar as rotas disponíveis é liberada a “rota verdadeira”, onde um novo personagem surge e finalmente compreendemos a verdade do enredo.

DRAMAtical.Murder.600.1702060

Pessoalmente acho o design de Midorijima/das áreas em geral muito bonito, não tenho tanta experiência com VNs mas é nítido que o cenário foi bem polido e criado, as roupas dos personagens são adequadas a um mundo tão futurista quanto aquele. Cada área tem seus traços característicos, o Antigo Distrito Residencial por exemplo, sua avenida principal com os carros e transeuntes, a loja “Heibon” onde o Aoba trabalha com aquela confusão de caixas e peças de robôs… um dos lugares mais bonitos é a própria Platinum Jail com a Oval Tower imponente em seu centro. É particularmente importante um design que condiz com o enredo, esse definitivamente não é um problema em DMMD.

Além dos cenários deslumbrantes, os efeitos sonoros de batalhas, passos, fugas alucinantes e as patinhas do Ren são incríveis! Esse que é outro ponto fundamental em qualquer boa VN não desaponta jamais durante a narrativa, os gritos de dor do Aoba, as explosões… é bem feito. Ressaltando ainda mais essa parte sonora, são OSTs inconfundíveis ao longo do enredo que embalam alguns dos melhores momentos [ou piores]; a banda “GOATBED” é responsável por boa parte das canções que encontramos nos finais de cada rota, posso dizer com segurança que elas são perfeitas e se ajustam aos respectivos finais.

Passando por essa primeira parte, precisamos falar do Aoba! Eu não tenho muita experiência com esse tipo de VN em específico, ainda mais levando em conta que existem certas decisões que alteram o comportamento do protagonista, mas o Aoba é um personagem bastante peculiar; digo, existem certos mistérios que não são esclarecidos até a ~rota verdadeira~ e gera bastante confusão, mas olhando após toda a jornada, nosso protagonista de cabelo azul cumpre bem o seu papel. Ele é temperamental, carinhoso com as pessoas ao seu redor, não se importa de proteger qualquer amigo em perigo… diria até que ele é relativamente carismático, mas é claro que seus ~parceiros~ precisam estar no mesmo nível!

DRAMAtical.Murder.600.1703095

Koujaku sempre está ao lado de Aoba, com seu sorriso forte e trejeitos carismáticos, é uma das melhores rotas no jogo. Noiz faz o tipo ~tsundere~ que aparentemente não se importa/não sabe lidar com alguns sentimentos, mas revelações cruéis aguardam o jogador no final dessa rota. Mink é de longe o pior dos personagens, digamos que é a “cota obrigatória de estupro que os BLs precisam ter desde que mundo é mundo”, mas talvez, só talvez, suas ações possam ser justificadas pelas almas caridosas. E o inacreditavelmente gentil e carinhoso, Clear! A rota mais emocional de todas com certeza, possivelmente os momentos de choro estão reservados para o garoto de máscara!

Um último ponto é a jogabilidade, talvez vocês pensem: “Mas é uma VN, ué? Não é só ficar apertando ~enter~ pra passar os diálogos, fazer alguma escolha com o ~mouse~ e pronto?” mas justamente aí a situação muda, digamos que no final de cada rota existe uma espécie de “puzzle” que envolve mais do que escolhas em alguns casos, você precisa saber exatamente como agir para evitar o Bad Ending. E se posso fazer um breve comentário para não estragar a surpresa, recomendo que joguem e errem algumas vezes para ~observar~ o Bad Ending. Alguns serão inesquecíveis, dignos de perder a cabeça!

É uma ótima história, mesmo. Existem explicações para os personagens agirem daquela forma, o porquê do Aoba ter essas dores de cabeça e o plano mestre por trás da Platinum Jail; talvez alguns estranhem jogar VN, mas eu realmente recomendo um pouco de esforço por mais ~desanimador~ que o começo soe. Agora, vamos para um assunto mais delicado…

O preconceito

DRAMAtical.Murder.600.1702058

Eu realmente fiquei pensando se deveria ou não entrar nesse mérito, mas acho que pode ser uma boa discussão. Seja com qualquer mídia, existe um apelo para determinado público, por exemplo em Free, é para meninas/pessoas que curtem caras sarados, certo? Até aí procede, mas… existe o preconceito. Não vou ser hipócrita, antes de jogar essa VN eu estava bastante receoso sobre como esse ~conteúdo yaoi~ seria mostrado ao jogador, estava ciente de que teria cenas explícitas de sexo em determinados pontos e fiquei curioso sobre como isso seria feito. Posso afirmar agora, após ter zerado todas as rotas, que essas cenas eróticas não podem e nem dever servir como demérito do jogo.

“Ah, mas Raigho, os caras fazem sexo.” Ponto, e daí? É só você pressionar o “ctrl” no seu teclado e acabou. A cena acelera e você nem percebe, fim. Só que “yaoi” no geral é carregado de preconceito, o gênero BL é visto por muita gente como: “Ai meu deus, os caras tão se comendo na sua frente, meu deus, não tem história, que viadagem”. DMMD é uma ótima forma de provar como isso é uma estupidez, ser para um determinado publico ou não, isso não deve e nem pode ser utilizado como ponto negativo, até porquê é apenas um atrativo.

A “Nitro+” têm VNs muito famosas em seu currículo, a única diferença no caso de DMMD é que temos “Nitro+Chiral” envolvidas na criação do enredo. Ou seja, a história continua sendo boa, só está aliada a um fanservice específico. Não façam com que qualquer tipo de preconceito seja capaz de perturbar a sua visão sobre qualquer obra, elas merecem ser lidas/respeitadas na mídia em que for.

“Destruição e Morte”

Nas palavras repetidas incessantemente desde o começo do jogo como um mantra, ela é praticamente uma verdade para mim após jogar DMMD. Eu ~destruí~ alguns preconceitos pessoais que tinha com esse tipo de obra, ~matei~ ideias de que só por ser voltado a um determinado público essa obra não poderia demonstrar qualidade. Joguem, tirem suas conclusões. Gosta do gênero? É uma ótima pedida. Não gosta? É uma experiência interessante. E ainda lembrando que na temporada de julho/2014 estreia o anime adaptando essa visual novel!

Enfim, entendam o ~quão dramático~ esse jogo pode ser.

DRAMAtical.Murder.600.1697020

Advertisements

5 thoughts on “DRAMAtical Murder – “Destruição e Morte”

    • Na realidade eles só vão “reduzir o teor” de conteúdo homoerótico. Possivelmente vão focar em outros pontos. No máximo é isso.

  1. No jogo, para mim, só falta acabar a rota do Noiz, e, consequentemente, o do Ren. Mas até agora, eu realmente gostei de como o enredo é ramificado e como a história de cada um deles é bem desenvolvida, mas oque eu realmente gostei, foi a maneira de como todos eles pensam e de como agem perante seus sentimentos. (PEQUENO SPOILER >) A primera rota que eu terminei foi a da Clear, foi o bom final e como eu n tinha pego a “cola” das rotas do personagem, eu achei q eu tinha pego o final ruim e fiquei lá chorando pelo Clear e pelo Aoba, mas dai eu vi que tava errado e chorei bem mais (_____< Alias, bom texto, gostei muito xD

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s