Acervo do Paruz #01 – Orange (Takano Ichigo)

Acervo do Paruz bannerColuna nova, gente nova – recomendações de mangás diretamente do maior vagabundo detentor de tempo livre de todos!

Yaho!

Calma, calma. Sei que estão esperando um post meu, mas ainda não vou fazer as honras. Na verdade, apesar de eu, Marcela, estar postando aqui, as palavras que virão não são minhas. Quem vai papear com vocês é um grande amigo meu que, em meio a conversas enlouquecidas sobre o penúltimo capítulo de TWGOK, ofereceu-se como Tributo pra fazer uma participaçãozinha no OtomeGatari semanalmente.

Mas o que é: review, Zenmanal, post causador de treta?

Nenhum dos três. O que ele vai fazer é trazer seu grandioso e não tanto honrável, conhecimento sobre mangás –bons mangás -, recomendando toda semana uma nova leitura pra você sair dessa vida de acompanhar Naruto e One Piece. Que tal acompanhar um mangá que, não sei, realmente vai acabar, ou já acabou? A verdade é que tem muita coisa boa lá fora. Muito mangá bom que, talvez pela falta de interesse ou divulgação, não tenha recebido os merecidos holofotes, mas trazem por si sós um brilho especial. É comum sairmos pedindo recomendações de amigos vagabundos nossos, mas a galera aqui do Otome vai facilitar pra vocês com textos todos arrumados e bonitinhos indicando as obras.

Mas já falei demais, até demais, pra um post que nem é meu. Com vocês, Vitor Laurett/Paruz!

O Acervo

Orange-orange-takano-ichigo-34763254-500-371

Primeiramente devo me apresentar. Sou Vitor Laurett de Mello, conhecido por uns como Paruz, ou Laurett, para os íntimos. 21 anos, fazendo no 2º Período de Jogos Digitas. Nesses post trarei dicas de mangás, talvez alguns famosos, mas muitos desconhecidos; no meu grande tempo de vagabundo que ainda tenho o (des)prazer de desfrutar, tenho uma lista vasta de mangás que leio, li e lerei. Em contraparte eu evito ver anime por questão de tempo (cada 24 min eu consigo ler praticamente 1 volume e sem falar dos jogos) e por muitas vezes alterar a história original. Leio praticamente qualquer tipo de mangá, com exceção de Yaoi e Yuri. E também evito mangás de Horror, leio alguns, mas em maioria evito. Então para começar bem escolhi um mangá que imagino ser bem pouco conhecido, mas com uma história fascinante.

orange 1

Orange, de Takano Ichigo, é um shoujo com pitadas de drama. A história envolve um grupo de amigos de uma pequena escola do interior. Nossa protagonista, Takamiya Naho, recebe uma carta enviada por ela mesma, só que 10 anos no futuro. De começo ela imagina que é alguém querem pregar uma peça, mas começa a mudar de ideia ao perceber que naquela carta tem informações pessoais dela. E nisso aparece o nosso protagonista, Naruse Kakeru, que essa carta menciona. De começo a carta não explica muita coisa, então Naho simplesmente ignora, até chamar atenção novamente e perceber que tudo que estava escrito na carta realmente estava acontecendo. Então ela decide ler toda a carta e descobre que no futuro ela vai ter muitos arrependimentos, e que no futuro Kakeru não está vivo.

orange 2

A trama se passa com Naho tentando alterar o passado para evitar os arrependimentos e possivelmente salvar Kakeru. O grupo de amigos, que além de Naho e Kakeru contam com: Suwa Hiroto, o jogador de futebol; Kayano Takako, amiga que tem um ar mais sério, que parece uma modelo; Murasaka Azusa, a amiga mais divertida, que sempre traz alegria e por fim Hagita Saku, o nerd, que é estudioso, e quer ser doutor. Takano conta a história muito bem, você sente o esforço que Naho faz, mesmo sabendo que ela é tímida, você percebe o arrependimento de todos no futuro, achando que uma coisinha que eles tivessem feito, poderia ter alterado o rumo.

Nunca senti tanta empatia por um personagem quanto nesse mangá, que é capaz de comover muitas pessoas. Você começa a torcer por cada um do grupo de amigos para que eles realmente consigam salvar Kakeru do sofrimento que ele passa, e se emocionar com o que eles não conseguiram fazer no futuro. Só de reler e lembrar das cenas, desde o capítulo 2, que já te deixa muito interessado na história, pro capítulo 3, que te acerta com uma granada de feels, sem contar o capítulo 9, que eu cheguei a chorar pelo que Suwa Hiroto fez, e te garanto, o único outro mangá que me fez chorar de emoção foi Hana to Akuma. Eu diria que com o rumo que esse mangá estava indo poderia se tornar uns dos melhores shoujos já escritos, mas ele teve um grande problema.

O mangá tinha começado a ser lançado em 2012, pela Shueisha, mas quando chegou no 9 capítulo (tente parar de ler esse mangá depois desse capítulo, EU TE DESAFIO!) teve uma grande briga entre a mangaka Takano Ichigo e a editora Shueisha e fazendo o mangá entrar em hiatus. Pelo que eu li em alguns fóruns que pesquisei rapidamente, Takano estava demorando demais com os manuscritos e atrasando a revista, deixando espaço em branco ou fazendo com que alguns mangakas tivessem que cobrir o espaço dela, e assim Takano quebrou o contrato com a Shueisha, dizendo em uma entrevista que não quer ser mais uma mangaka. Depois de um ano terrível, Takano aparece de volta com um mangá chamado “Re Collection”, que começou em 2013 na Futabasha, e um ano depois do contrato com a Shueisha ter terminado, ela trouxe de volta Orange na Futubasha.

Orange 3

Então eu indico demais esse mangá que no mangaupdate tem um rating incrível de 9.2/10 em 557 votos, mais de 62% votaram 10 para esse mangá, que para vocês terem ideia de comparação, Full Metal Alchemist tem nota 9.2 com 57% de notas 10, e Naruto tem nota 7.9 com 31% de notas 10. A obra voltou, entretanto não sei se realmente está como mensal, pode ser que por ela ter dois mangás, esteja com cada um bimestral. Tem somente, até o momento, 10 capítulos. Um extra que achei no twitter da autora.

Se quiserem escolher o tema do próximo post, só escolher o estilo, podem ser alguns misturados, e farei o possível para trazer o melhor que conheço do gênero mais pedido. Mas lembrando que posso trazer não só mangas como manwha e web comics, além de que se o gênero que a maioria escolher não tiver uma boa opção, vou escolher o segundo mais pedido ou um dos meus favoritos.
Uma observação que todos esses mangás que leio, li e lerei, estão em inglês, e indico pra quem quer melhorar a leitura e seu vocabulário de inglês, de começo pode parecer difícil, mas você pode se acostumar e se tiver alguma dúvida de alguma palavra é só utilizar um dicionário *cough* Google Tradutor *cough*.

Desculpa Laurett, mas eu não li esse mangá até hoje!…

Caham, mas não precisam seguir meu exemplo.

Então, já leram, planejam ler? Se já leram, deixem suas opiniões aí nos comentários a respeito do mangá – vai servir de incentivo pra quem estiver querendo ler! Obrigada ao Paruz pela participação e podem contar com mais recomendações dele por aqui. Quem sabe não encontra o novo mangá da sua vida? (porque namorada tá difícil)

Por enquanto é só. Até a próxima!

Advertisements

6 thoughts on “Acervo do Paruz #01 – Orange (Takano Ichigo)

  1. Putz, curti bastante esse lance de recomendações, estou tendado sair da linha mainstream, tanto que comecei a ler esse ano Vinland Saga, Vagabond e Punpun.

    Essa obra parece interessante, apesar de não curtir shoujo, darei uma olhada, mas gostaria de saber, como está a situação da obra? Está próximo do fim (mesmo com 10 caps)? Pq tipo, pegar pra ler uma obra logo no seu inicio com uma periodicidade grande quebra (digo isso por experiencia própria, Drifters, Arslan Senki), tem vez que até esqueço do lançamento dos caps.

    • A historia está bem no começo ainda, mas ela é muito interessante por isso decidi postar primeiro. Sobre lançamentos de caps, eu uso o Manga Updates, se você logar com uma conta você pode salvar os mangas que le, e se você checar a parte de release deles direto mostra os mangas que você segue e lançou, ou se você ver sua lista de vez em quando mostra em vermelho mangás que tem cap mais recentes, é bom pra manter track dos mangas.

      • Hum, saquei, colocarei então na lista dos que lerei futuramente.
        Para me organizar (tanto em mangás quanto em animes) uso o my anime list (mas recente, fiz minha conta lá esse ano), ai de vez em quando dou uma olhada, mas como lá não tem disso de avisar, ainda assim, de vez em quando, esqueço.
        Mas muito boa essa sugestão, esperando os próximos post.

  2. Só de ver qualquer coisa desse mangá, dá vontade de chorar.
    Mesmo com poucos capítulos é facil afirmar que vai ser (ou sera que já é?) um dos melhores shoujos já lançados! Bela recomendação! *correndo pra ver se tem cap novo*

    Não sei se conhecem o manhwa Tower of God, mas seria bom ver ele por aqui. Foi uma das melhores coisas que descobri nos ultimos tempos .-.

    A propósito, gostei do site, ja está nos favoritos!

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s