Criador de “Phoenix Wright” teria acabado a série após o terceiro jogo

72493Teria sido a decisão correta?

Yaho! Hoje falando um pouco mais com os fãs e estupidamente fanáticos pela franquia Ace Attorney, como eu.

Nosso querido Shu Takumi, diretor, criador e principal roteirista da trilogia Phoenix Wright, disse em uma entrevista com a revista oficial da Nintendo, que, por ele, teria acabado a série ali mesmo no último jogo da trilogia: Trials and Tribulations. “Eu senti que a história do Phoenix havia sido contada, e que a série não deveria continuar.”

Disse ainda algo que o pessoal da Shounen Jump deveria ouvir: “Saber quando terminar uma história é muito importante e eu queria evitar arrastar a série e fazê-la tornar-se uma sombra do que era antes.“.

AA4Apollo_Justice_Trucy_psd_jpgcopy

Entretanto, como todos sabemos, a série prosseguiu, mas já contando a história de um novo advogado: Apollo Justice. “Anos depois, quando foi decidido na CAPCOM que teríamos um Ace Attorney 4, minha posição era de que tínhamos que mudar o protagonista e contar uma nova história. Meus planos iniciais não envolviam ter o Phoenix no jogo, mas meus colegas queriam que ele aparecesse de alguma forma, motivo pelo qual ele acabou sendo o acusado no primeiro caso de Ace Attorney: Apollo Justice.

Mesmo assim ele não largou a série e retorna agora tomando as rédeas no próximo Ace Attorney, já confirmado pela CAPCOM que “está em andamento e será diferente de tudo que já foi visto“.

Será que o Takumi não tinha razão? Claro, quanto mais jogos de Ace Attorney tiverem, melhor. Como fanática da série, seria hipocrisia minha dizer que eu não gostaria que tivessem mais jogos. Mas vamos ver Apollo Justice: enquanto o Phoenix teve direito a 3 jogos, remake no DS, Wii Ware e smartphones, o Apollo não teve uma continuação para sua história. Sim, foi lançado o Dual Destinies, mas não foi um jogo exclusivo do Apollo – são três protagonistas. Percebam que o título não possui nenhum nome em evidência.

A trilogia amarrou bem a série e cuidou de quase todas as pontas soltas. A resolução de inúmeros mistérios circundando a Maya, o Edgeworth e o Godot. Principalmente o Phoenix. Os personagens brilharam e foram explicados.

Claro, é apenas a minha opinião como quase tudo aqui no OtomeGatari, mas a falta do Takumi na direção de Apollo Justice levou justamente o jogo a ser o que ele previa: uma sombra do que a série Ace Attorney era. O Klavier pode ser lindo e gostoso, mas ele nunca foi e nunca será um Edgeworth, uma Franziska e muito menos um Godot.

Talvez seja por isso que não tenhamos visto nada da Maya em Justice, apenas uma leve menção à “uma garota que enviou vários DVDs do Steel Samurai pro Phoenix assistir”. Se nem o próprio Phoenix iria aparecer… Quem sabe, com o Takumi voltando ao comando no próximo jogo, tragam ela de volta como trouxeram a Pearls – e ainda melhor.

E vocês, acham que ele tava certo? Ou que ainda tem muita história pela frente? Comentem lá embaixo e até a próxima!

download

Fonte: Joystiq

Advertisements

2 thoughts on “Criador de “Phoenix Wright” teria acabado a série após o terceiro jogo

  1. realmente é um sentimento conflitante e legal ter novos jogos vc poder ver os personagens em ação mas de outro lado vc também tem um grande desgaste que muitas vezes acaba em empobrecimento criativo .

  2. Pingback: Novo Ace Attorney se passará 100 anos… no passado! | OtomeGatari

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s