Tower of God – “O que você deseja? Fama? Glória? Poder? Vingança?”

TOGWIKIWELCOME

Auuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu~

Headon estava te aguardando… vamos, vamos subir juntos!

Fiquei um tempo sem fazer reviews ou coisas assim por culpa do vestibular, mas agora que estou mais tranquilo posso escrever sobre algo que não seja Monogatari; recentemente após a insistência de uma amiga fui intimado a ler “Tower of God” ou apenas “TOG“, o sentimento, as sensações que esta história causou são indescritíveis por isso me sinto na obrigação de comentar sobre essa narrativa fantástica!

Ação, frenesi, dor, vingança, tudo!

Sobre Tower of God

“Tower of God” é um manhwa escrito pelo autor SiU (Slave. In. Utero) e faz parte do mundo conhecido como “Talse Uzer Story” ou apenas “TUS”, como podem notar a história não é um mangá mas um equivalente a isso em coreano, “manhwa” é o modo de se referir a uma história escrita ao estilo coreano, especificamente da Coréia do Sul para nós ocidentais; sua leitura é feita da esquerda para direita, normalmente publicado semanalmente direto na internet! Sim, não existe “Jump” nem nada do gênero, é tudo publicado em sites especializados.

E o autor é um gênio, acho bacana frisar isso. Ele. É. Um. Gênio.

Enredo

A história principal é focada no protagonista, Twenty-Fifth Baam, que viveu sozinho boa parte de sua vida até ser encontrado pela sua melhor amiga, Rachel, que sempre teve o sonho de ver o céu e as estrelas; para realizar isso ela teria de adentrar a “Tower of God” (Torre de Deus) e atravessar todos os andares até o topo… No dia em que ela finalmente consegue entrar após receber a permissão de “Deus” para isso, Baam fica desesperado e, com suas próprias mãos, abre o portão da Tower of God para perseguir e trazer sua amiga de volta; a única questão é que ele não tinha permissão de “Deus” mas mesmo assim entrou. Dessa forma ele é qualificado como a calamidade em pessoa ou simplesmente “irregular”.

Existem dois tipos de pessoas: “Regulares” e “Irregulares“, regulares podem subir a Torre se ousarem encarar os desafios de cada andar e arriscarem suas vidas, porém os irregulares são conhecidos por sempre trazerem consigo a destruição! Baam é um “irregular” que vai destruir a torre como todos os outros fizeram para resgatar Rachel… ou não? Será que a Torre tem outros planos para o jovem protagonista?

Tower-Of-God

TOG

Antes de qualquer coisa, peço que deixem preconceitos de lado. Sei que boa parte de vocês deve estar acostumada a ler mangás assim como eu, por isso peço que tenham uma receptividade maior pra isso. Manhwa é uma leitura diferente, com traços diferentes que melhoram com o passar do tempo… mas isso não é mangá. Com bem pouco esforço você rapidamente se acostuma a velocidade da narrativa, a forma de ler os quadros e o próprio traço que é diferente! Deem uma chance de verdade, o traço do SiU fica maravilhoso com o passar dos capítulos e ainda que não ficasse, a história é cativante por si só. Podem ir de cabeça na história sem medo algum.

A maneira como fui surpreendido pela história me deixa impressionado até agora, foi impossível parar a leitura até alcançar os capítulos atuais e ficar pensando na capacidade incrível do autor em conduzir a narrativa sem deixar pontas soltas para trás, TOG é uma série que conecta todos os personagens através de linhas invisíveis que só são reveladas quando o leitor menos espera, reviravoltas ocorrem com frequência mas não são simplesmente jogadas para causar impacto, elas sempre vem sendo trabalhadas, construídas em cima de eventos, ligações entre os personagens de forma que causem mudanças extremamente bruscas em alguns casos.

Existe algo que acho crucial para diferenciar essa série de qualquer outra obra, a importância que cada personagem tem para o enredo. Diversas vezes o SiU diz, frisa e repete: “Embora tenhamos um protagonista, essa história não é apenas dele, é de todos os personagens”; temos explicações sobre o passado dos personagens, suas motivações para subir a Torre, de que forma eles lidam com as transformações do ambiente ao seu redor e a forma como se relacionam entre si, vínculos são o ponto chave da trama, que nesse quesito, não deixa a desejar em nenhum momento. O autor tem um real cuidado e carinho com a sua história, sempre sabendo como conduzir a narrativa sem que ela fique desgastada.

TOG não é diferenciado só por esse cuidado que o autor tem e por ser um manhwa – a trama principal segue sempre em ritmo acelerado que, em determinados pontos, desacelera, permitindo que o leitor respire. Nesses momentos em geral é quando “tramas secundárias” são reveladas, ligando os pontos da narrativa que pareciam soltos no decorrer da leitura; “Ué, mas como assim? Aquele personagem não é inimigo?!”, “Aquela personagem era na verdade….”, “KHAGJSGJSS AI MEU DEUS SIU SEU LINDO VEM ESCREVER MINHA VIDA”… Com certeza algumas dessas reações vão ocorrer. Pode acreditar com fé nisso!

Entre tantos pontos, a história é muito mais focada em momentos de conversa, de explicações sobre algum evento ou regras dos “jogos” que ocorrem nos andares do que em batalhas. Isso não quer dizer que a lutas não sejam extremamente caprichadas com seus movimentos, golpes especiais e explosões, mas o autor prefere explicar as coisas, dar um enfoque maior aos pequenos detalhes do que logo começar uma batalha para ser do agrado do leitor. SiU nesse ponto é tranquilo, sempre seguindo seu próprio ritmo e muitas vezes sacaneando o leitor em momentos de desespero. O que ocorre com uma frequência muito, muito, muito perturbadora… O autor é tão sádico quanto gênio.

Null.600.1276385

A ação desenfreada!

Mas para falarmos de TOG, precisamos comentar também sobre a grande figura que o autor é! Algo diferenciado em TOG é que o autor posta comentários sobre o capítulo que acabou de escrever/sua vida no geral, muitas vezes o SiU brinca com os leitores, explica motivos sobre “cena N, cena A”, fala sobre suas viagens ou assuntos cotidianos; acho isso algo bastante diferente e que cria certo “laço” com o próprio autor. Uma reclamação frequente dele é sobre seu pulso e sobre como provavelmente terá de passar por uma cirurgia. Houve uma ocasião em especial nesses comentários: SiU forçou seu corpo demais e adoeceu por isso! Ele pediu desculpas aos leitores pelo rumo da história e que ela não deveria ter procedido daquela maneira, naquele capítulo em específico… Achei tocante a franqueza com que ele admitiu isso.

A história, a trama de “Tower of God” é uma pequena fração de “TUS” que o SiU escreve atualmente (a trama encontra-se possivelmente no final da parte 2, o autor já confirmou as partes 3-4) e isso só demonstra a habilidade de desenho/escrita dele como algo assustador! O traço dele evolui com o passar do tempo de forma surpreendente no mesmo ritmo que sua narrativa vai ganhando camadas, personagens sendo apresentados, explicações fornecidas, jogos sendo aplicados! Você vai precisar voltar diversos capítulos, diversas vezes para notar um pequeno detalhe, uma regra que diferenciou o jogo e uma “conversa solta” para compreender o quão grande a trama é!

Opinião Final

Caso tenha qualquer preconceito com manhwa, esqueça isso. Apenas leia como se sua vida dependesse disso. 

TOG é incrível.

O autor é um gênio.

Nada mais, nada menos.

Acha que é capaz? Tem o dom? Quer o mundo? Passe o teste, suba a Torre!

Acha que é capaz? Tem o dom? Quer o mundo? Passe no teste, suba a Torre!

Advertisements

5 thoughts on “Tower of God – “O que você deseja? Fama? Glória? Poder? Vingança?”

  1. A primeira vez que li ToG estava tão entretido com o enredo que nem me preocupava com os comentários do SIU (também, né. Com uma desenvolvimento desses). Porém não cometi esse erro na releitura, concordo plenamente com o que foi dito, é possivel compreender muito bem diversas coisas com aqueles pequenos comentários de encerramento.

    Tower of God é atualmente um dos melhores quadrinhos que acompanho.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s