Comentários Zenmanais™ #07 – N-nós pulamos um Zenmanal?!

Comentários Zenmanais Logo PrincipalVocê sabia? O presente só dura cerca de 1 segundo.

Yaho! Morreram de saudades? Bom bom bom, não tinha nem como fazermos um comentário sobre Nekomonogatari Kuro, não tinha mais o que comentar, o anime saiu esse ano. Tem review em todo canto. Por isso, esperamos pacientemente por Kabuki e, aqui está, o retorno do grande narrador pervertido e da vampirinha loli, o começo de um novo arco!

Raigho: Yahallo!

ss (2013-08-20 at 08.32.11)

Marcela: Depois de uma semana sem Zenmanal, por causa do recap mais desnecessário de todos, estamos com o primeiro episódio de Kabuki! Que já começou bem… Na lata mesmo. Bem Monogatari, não fazendo sentido algum o que tava acontecendo.

ss (2013-08-20 at 08.32.52)

Raigho: Sim, nossa gloriosa Tsubasa encerrou lindamente sua crônica e no momento encontra-se viajando pelo mundo~ Mas! MAS! Vamos poupar as lágrimas, um dos melhores arcos acaba de começar… com impacto! Kabukimonogatari com a crônica “Mayoi Jiangshi” será épica! E o primeiro episódio já demonstrou bem isso ao começarmos…. com a Oshino Ougi. AQUELES OLHOS. AQUELA MENINA.

Marcela: Aquele ser*, na verdade. É um bicho muito estranho pra chamar de menina. Por sinal, os olhos… Que medo. Muito, muito medo. Praticamente não tem brilho, parece um monstro, um zumbi falando. A falta de detalhes na personagem já é algo chamativo – cada personagem de Monogatari tem um traço meio único e que os torna bem distintos, mas esse… ser, é tão simples, tão apagado que chama atenção por isso. Fica algo misterioso.

ss (2013-08-20 at 08.33.54)

Raigho: Aquela “coisa” é muito, muito, muito importante para Monogatari em si. A importância daquilo… sigh, maldita 3ª Fase sem informações! “O” Ougi é definitivamente o ser mais amedrontador de todos, sem características, conversando de modo tranquilo mas ao mesmo tempo focada no que diz; prova disso foi a curiosa conversa dos “3 segundos e do Vermelho/Verde”. E que conversa difícil! O episódio no geral foi pesado, mas começar assim é sacanagem.

Marcela: Juro, juro que tive que ficar voltando o tempo todo nessa parte. Até me senti meio idiota porque eu não fazia ideia do que ela tava falando. Sabia que tinha algo haver com o acidente da Hachikuji, mas eu simplesmente me perdi ali. Só que gostei do que foi dito sobre o fato de é melhor todos os sinais serem vermelhos – quando é estranho, porque nós ficamos na ânsia de ver ele ficar verde e das crianças que estão em zona de guerra e que sempre veem o sinal vermelho. Interpretações muito bacanas do que parece ser uma curiosidade tão banal.

ss (2013-08-20 at 08.34.35)

Raigho: Na verdade, isso me recordou de algo. Tem uma parte específica onde ela menciona que todos acreditam serem protegidos “quando atravessam no sinal verde”, como se quando nos arriscassemos, algo nos protegesse. Outro ponto foi o Verde significar perigo porque podemos avançar, podemos arriscar; enquanto o vermelho significa segurança, algo que nos impede, algo que nos mantém no status quo.

Marcela: Mas continuam sendo dois extremos… Ou nós nos arriscamos e seguimos em frente, descobrindo e avançando, ou estagnamos no sinal vermelho. Acho que aí cabe a reflexão de que ainda há o sinal amarelo (apesar de que só seja aplicado pra veículos, não em faixa de pedestres), um meio termo entre os dois.

ss (2013-08-20 at 08.35.06) ss (2013-08-20 at 08.35.16) ss (2013-08-20 at 08.35.31)

Raigho: E de que existe um tempo de 3 segundos entre os sinais! Incrível, Monogatari através de uma conversa dá uma lição de vida com uma curiosidade~ Como o Araragi disse “A Ougi só queria se mostrar”, mas isso nos levou ao atropelamento da Hachikuji e a prévia do que está por vir e… arrepiei.

ss (2013-08-20 at 08.36.11)

Marcela: Já deu pra perceber que vai ter muuuuuito mais ação do que em Neko Shiro. Ação, espadas e gritos vampíricos. Que, por sinal, teve um dos motivos iniciais mais banais que já vi. Mas depois falamos disso~ volta a Yotsugi -melhor character design de Monogatari Series, desculpa Hanekawa-. Outra personagem um tanto desconhecida porque ela só apareceu em Nisemonogatari pra cortar a Tsukihi ao meio e depois apanhar feio da Shinobu. Kabuki tá realmente pegando umas personagens bem… Misteriosas.

ss (2013-08-20 at 08.36.56)

Raigho: Concordo contigo, a Yostugi é vibrante (de cores)! Um dos melhores character design; ela reaparece sozinha explicando que a Kagenui e ela agem sozinhas, a melhor parte foi o Araragi dizendo “Ué, por que você não está completando as frases com ‘Eu disse isso, fazendo uma careta'” daí ela para, vira, encara bem ele respondendo: “Esse passado negro da minha vida foi esquecido”.
CHARACTER
DEVELOPMENT
NA
SUA
CARA
RECALQUE

Marcela: COM UM POSED LOOK AINDA. Mano, pra mim isso pareceu exatamente quando algum amigo seu que te conhece desde anos atrás vem lembrar de alguma coisa muito ruim que você era louco por…

Raigho: … Ninguém aqui vai falar… Naruto, certo?

Marcela: … Eu tava falando de RBD, mas eu ainda escuto as músicas e-

Raigho: …ACHO melhor não continuarmos nesse rumo de conversa; aproveitando que abordamos a Yotsugi a frase “Eu disse isso, fazendo uma careta” é ironia. Porque ela sempre diz essa frase com expressão neutra.

ss (2013-08-20 at 08.48.06)

Marcela: Só que, pra ela, ela sempre fazia careta. ” Nunca mais vou fazer uma careta na minha vida “. Essa parte de humor até me surpreendeu, pra mim ela não era esse tipo de personagem. Ainda mais quando ela começa a tentar falar da Shinobu e fica toda envergonhada/com raiva porque perdeu… Character development surpresa de uma personagem que antes era insignificante.

Raigho: Eu acho isso demais, você tá lá todo na expectativa de “Hmm, aposto que essas aí nunca mais vão aparecer na série” < rola desenvolvimento < está na capa da Novel da Fase Final <

Marcela: Nisio cara. E, bom… Depois de alguns momentos de distração inicial entre os dois, começa mais um papo pesado. Primeiro ela falando de que era um… tsukumo-gami. Não entendi direito, mas ela era uma humana que foi jogada fora?

ss (2013-08-20 at 08.38.09)

Raigho: Não, ela é um “artefato espiritual”, em tese ela é semelhante a “Fear Cubrick” do anime C³. Mas não apenas um artefato, ela é um “artefato espiritual humano”, embora ela tenha sido alterada pela Kagenui fazendo com que a própria Yotsugi seja algo único entre os “artefatos espirituais”; o nascimento de algo assim ocorre após alguém utilizar esse objeto por 100 anos e logo em seguida jogá-lo fora transformando em um objeto de ódio/raiva. Ela é um “artefato espiritual humano”.

Marcela: Um artefato espiritual humano muito estiloso, diga-se de passagem.

Raigho: Sim sim, por isso ela tem forma humana. A Kagenui moldou ela dessa forma, palmas palmas; entre conversas e conversas temos a Yotsugi comparando Araragi/Ela mesma/Hachikuji em parâmetros de… morte.

ss (2013-08-20 at 08.38.46)

Marcela: Sim… De uma certa forma, todos eles estão ligados pelo fato de terem morrido, independente do que ocorreu depois disso. No caso da Yotsugi, ela reencarnou. O Araragi mal chegou a morrer – no instante que morreu, já estava tornando-se imortal. Só a Hachikuji que morreu e… ficou morta mesmo. A pergunta que ela fez sobre qual dos três é o mais sortudo é um tanto quanto difícil de responder… Pode parecer óbvio para alguns ” Ah, o Araragi é imortal “, mas sempre há o problema de que, com a imortalidade, vem a solidão. Pode não ser algo tão bom assim. Pra mim, é a Yotsugi. É mais cíclico.

Raigho: E ela questiona “a razão de viver”, poético. O ser criado artificialmente questionando sua existência, questiona até mesmo a felicidade. Que é mais feliz? Quem morreu e voltou? Quem sequer morreu? Ou quem está morto? Tudo isso para se entender, se compreender.

Marcela: Em tão pouco tempo o episódio já deu umas guinadas fortes. E sempre voltando o foco pra Hachikuji de alguma maneira – dava a impressão de, por ela não narrar, o nome ” Mayoi Jiangshi ” seria mais enfeite. Ela não está exatamente aparecendo, mas tudo gira, de alguma forma, ao seu redor. Daí a Yotsugi solta uma pergunta que eu realmente não havia me tocado – fantasmas normalmente ainda estão presos ao mundo dos vivos por alguma missão, tarefa que os liberte para o descanso eterno. Supostamente em Mayoi Snail, a Hachikuji conseguiu alcançar esse objetivo. Por que, então, ela ainda está zanzando por aí?

Raigho: Por amor ao Araragi, por querer conversar com ele. É óbvio. Não tem explicação, ela escolheu ficar. Ela só fica zanzando e < conversando com o Araragi.

Marcela: Tá, eu sei disso, mas não é contra lei dos fantasmas? PRA MIM ela deveria ter sumido. Isso é motivação forte o suficiente pra continuar prendendo ela aqui?

ss (2013-08-20 at 08.39.40)

Raigho: …Eu até trabalharia o tópico porque sei dos spoilers, mas por ora, só digo que existem fatores. Muitos fatores. Welp, o Araragi acaba ficando meio “focado” nessa linha de pensamentos até que a ~vampirinha que todo mundo gosta~ aparece dizendo para ele “conceder” os desejos que a Hachikuji quer.

ss (2013-08-20 at 08.39.26)

Marcela: Cof, coloca um asteristico aí para discutirmos isso futuramente então… Bom, depois disso, dá pra ver que o Araragi tem uma baita síndrome de herói, caramba. Bastou uma conversinha e ele já tá ” me deixe realizar todos os seus desejos “. E… Uma motivação banal. Uma coisa tão estúpida, tão… Nossa. Não sei nem descrever. Viajar no tempo pra fazer os deveres das férias de verão. Viajar NO TEMPO, sem nem ter certeza de nada, só pra fazer os deveres de casa. Isso é… Caramba. Não sei se é o ápice da determinação ou o ápice da preguiça e irresponsabilidade. Sasuga Araragi.

ss (2013-08-20 at 08.40.13)

Raigho: Ó, A SHINOBU LEMBROU ELE! Daí ele pediu, ué. Mas foi hilário os pensamentos dele “Hã, esse tipo de invocação, essas palavras… isso já não é mais feito nos animes atualmente!”, pffffffffft.

ss (2013-08-20 at 08.40.46)

Marcela: Aquelas frases de invocação não tava fazendo o menor sentido pra mim. E eles viajam no tempo, apesar de estar bem óbvio de que aquilo parecia uma invocação de portal temporal paraguaia – não tinha garantia nenhuma e, principalmente, de que iriam conseguir voltar. Ah, o paradoxo temporal! Eu sempre penso nisso quando as pessoas viajam no tempo – parece bem simples though. Se a pessoa viaja no futuro, ela não vai se encontrar porque viajou pro futuro e o eu do passado dela não viveu o presente/passado porque foi direto pro futuro. Agora, se a pessoa vai pro passado, como o eu do passado ainda não viajou no tempo, há a possibilidade de se encontrarem. Tem um episódio de Duelo Xiaolin que acontece isso, o Omi (monge careca amarelo) quer ir pro futuro pra encontrar o eu do futuro dele e pedir ajuda. Sabiamente, quando ele chega no futuro, falam pra ele ” mas ô seu idiota, se você viajou no tempo, como ia encontrar a si mesmo aqui? “.

ss (2013-08-20 at 08.41.28)

Raigho: HAHAHAHHAHAHAHAHAA HUEEEEEEEEEEEEEEEEEE… O único problema dessa viagem foi que no momento em que o Araragi pulou no portal de mãos dadas com a Shinobu (o fandom pira) ele pensou na Hachikuji, isso fez com que eles fossem parar no passado. Todo os questionamentos dele são interessantes: “Mas se utilizarmos o poder de hoje, para voltarmos ao futuro, como o nosso “eu” de amanhã vai poder viajar para o passado”? Entre outros.

Marcela: … Estou começando a ficar com dor de cabeça só de pensar nisso. Bem, com os instintos de herói dele, visualiza a Hachikuji e volta mais do que pretendia pro passado, sem tanta chance de conseguir voltar pro seu próprio tempo. Só uma coisa que não me convenceu direito… A Shinobu parecer tão perdida quanto a isso. Quero dizer, ela é uma vampira, ou era, uma super vampira, que sabe muito de muito. O fato dela ter ficado meio perdida nisso… Estranho. Suspeito.

ss (2013-08-20 at 08.42.08)

Raigho: Ela nunca falhou em nada. Ela era uma vampira perfeita que viveu tantos anos, tantos anos que esqueceu o próprio nome, ela esquece do que é realmente capaz. Daí ela ela sofreu uma epifania e puf, lembrou que conseguia. Mas os questionamentos do Araragi foram de dar dor de cabeça “Mas estou aqui? Tem outro ‘eu’ aqui?”; a melhor parte foi a cara de “Hmm, deu merda” quando as três estudantes disseram a data. Welp, foi impactante. Agora só nos resta observar o desenrolar disso, no passado. Com LOLI Hanekawa e Shota Araragi.

Marcela: Aposto que o pessoal que começou a comemorar pelo arco SEM a Hanekawa vai ficar só -um pouquinho- decepcionado com essa aparição~ Encerramos por hoje e concordando que teve uma melhorazinha na animação?

Raigho: Sim, teve uma melhorazinha. Gradativamente, veremos como fica.

Marcela: E por enquanto é só, até semana que vem~

Advertisements

4 thoughts on “Comentários Zenmanais™ #07 – N-nós pulamos um Zenmanal?!

  1. Bela comparação com “Duelo Xaolin” kkk’
    Realmente estou com uma puta curiosidade, ainda mais agora que estamos na expectativa de Araragi+ShinobuXEsquisitices, tem até dueto de duas espadas! =D
    Bem, de qualquer forma, obrigado pela pequena review da vez e, juntamente com vocês, a espera do próximo episódio! ^^

    Obs: Pessoa, vocês sabem algum site/scan que traduza as Light Novels de Monogatari, além da Baka-Tsuki, Light Novel Project e Otakute?

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s