Zetsuen no Tempest – “Hamlet, A Tempestade… Shakespeare!”

Zetsuen no Tempest - OP - Large 01

Auuuuuuuuuuuuuu~

Ritmo! Vamos tentando mantê-lo, aos poucos.

O ano de 2012 teve uma série de animes que foram sensacionais, outros mais, outros menos; dentre eles um começou na temporada de julho desse mesmo ano e acabou em abril de 2013, aquele que seria algo fantástico entre reviravoltas, amor e vingança! Algo que se não fosse o bom gosto de uma amiga minha, eu jamais assistiria… seu nome é: Zetsuen no Tempest (O Destruidor da Civilização).

Sobre Zetsuen no Tempest

Zetsuen é um mangá escrito pela autor Kyou Shirodaira e ilustrado pela dupla Arihide Sano e Ren Saizaki. Sua serialização ocorreu na revista Monthly Shounen Gangan tendo seu inicio em agosto de 2009 e finalização em março de 2013 (coincidindo com o final do anime); teve 9 volumes ao todo e foi adaptado para uma série de anime que durou 24 episódios pelo estúdio Bones. A animação adaptou a obra completa.

Enredo

A morte “estranha” da garota conhecida como Fuwa Aika fez com que seu irmão, Fuwa Mahiro, desaparecesse da cidade sem deixas rastros; enquanto o seu melhor amigo, Takigawa Yoshino, que era o namorado secreto da Aika e fica igualmente chocado com a morte da garota. 1 ano depois do ocorrido, Mahiro retorna para a mansão onde ocorreu o assassinato para descobrir quem foi o mandante… através de magia! Ele fez um pacto com a líder do Clã Kusaribe, Kusaribe Hakaze, de que ajudaria no plano de evitar o despertar da Árvore do Zetsuen caso a ~Princesa~ ajudasse a desvendar a morte da sua amada irmã. O feitiço não oferece o resultado desejado, a situação fica mais obscura e seu melhor amigo Yoshino decide ajudar na busca do assassino. Esse é apenas o começo da história que encontra suas raízes em Shakespeare, onde cada personagem tem seu papel destinado a uma tragédia.

Zetsuen no Tempest - 01 - Large 03

Yoshino e Mahiro, dois garotos em busca de vingança…

Anime

Zetsuen foi algo inesperado para mim, digo, a série inicialmente sequer tinha atraído minha atenção, porém com uma certa insistência decidi assistir, tão logo fiz isso fui surpreendido por muito mais do que esperava. Pelo bem do review direi que a série tem 2 fases: o começo sobre a Árvore do Zetsuen e o resgate da Hakaze e do final, com as revelações sobre o que realmente se passa e a mudança no clima. A série foi muito bem adaptada pelo estúdio Bones, coincidindo com o final do mangá, assim sendo podemos analisar a obra sem finais filler. Shakespeare é uma forte influência na série (para não dizer que é a parte principal) mas não de uma forma “hurrr durr cult”: cada personagem encarna o papel de ambas as peças e a forma como tudo é conduzido sem parecer forçado é a chave!

A série começa diferenciada, mantendo em mente que existe uma opinião errada de que Zetsuen é um “Shounen” visto que começou com cenas de ação e a série está cheia delas, mas não é o destaque da série e sim suas argumentações. Enfim, Mahiro não quer saber de salvar o mundo da destruição que será causada (em um primeiro momento) pela Árvore do Zetsuen, ele quer vingança, ele quer encontrar quem matou sua irmã para acabar com o desgraçado, ele é o músculo, a agilidade da dupla; Yoshino, o namorado secreto da Aika e melhor amigo do Mahiro, é frio, distante e o cérebro deles nos momentos mais arriscados, ambos fazem uma dupla de certa forma imbatível quando juntos, porém a relação deles não é um mar de rosas contendo brigas, discussões e desconfianças entre eles.

Zetsuen no Tempest - 18 - Large 07

Aquele que deseja vingança…

Após partirem em busca de vingança ambos são confrontados pelo líder do Clã Kusaribe, Kusaribe Samon, que envia o seu companheiro para combater a dupla, o ágil Natsumura que não perde tempo em combater o Mahiro em uma luta muito boa. Sério, aquele episódio foi de fisgar qualquer um que goste de uma boa história. Natsumura de um lado e Mahiro de outro, lutando dentro de um estacionamento enquanto o último cita Shakespeare em plena batalha… arrepiante! Entretanto, ambos são novatos e acabam por fugir, deixando um Natsumura levemente impressionado pela habilidade do Mahiro; enquanto isso Samon mantém uma espécie de esqueleto consigo, uma arma secreta…

Zetsuen no Tempest - 18 - Large 08

Aquele que deseja respostas…

Entre essas batalhas somos apresentados um pouco melhor a garota conhecida como protegida da “Árvore da Origem”, Hakaze, afinal é isso que resultou nessa batalha: o Clã Kusaribe prendeu a Hakaze em uma ilha para evitar que ela despertasse a Árvore da Origem enquanto eles mesmos tentam invocar a Árvore do Zetsuen por motivos desconhecidos… Mas a Hakaze, como mencionei, é protegida: ela é a escolhida da Origem, por isso tudo acontece ao seu favor. A Hakaze é decidida, quer fugir da ilha e aceita todo o risco de que o Mahiro acabe destruindo tudo apenas para fugir de lá. Cada personagem de Zetsuen é um destaque: Samon faz caras e bocas durante a série, Natsumura embora calado tem seus momentos, Yoshino é muito mais do que um garoto calado e o Mahiro têm seus grandes momentos. Shakespeare sentiria orgulho de ver uma obra dessas.

Enquanto fogem, um terceiro grupo de segurança se envolve na peça teatral que está aos poucos se desenrolando, o Yoshino faz um certo jogo-duplo entre a amizade com o Mahiro e o novo grupo em ação, mas fica fielmente ao lado do amigo. É chegada a hora do confronto contra o Samon! A Árvore do Zetsuen está quase sendo invocada, então a série brilha no que me conquistou (afinal, como bom fã do NisiOisiN preciso apreciar isso): argumentação! 5 episódios de pura argumentação, um Mahiro indeciso sobre utilizar o talismã supremo para destruir ou não a Árvore do Zetsuen tendo o Yoshino de um lado dizendo que eles foram até ali para isso e o Samon do outro dizendo que a Hakase está morta! Informação que é provada pelo corpo da Hakase, o esqueleto dela realmente estar lá! Seu cérebro nesse momento começa a dar um nó e nisso a série se sai muito bem, a confusão cresce, a discussão muda de rumo e o Mahiro muda de lado, tudo é muito frenético embora sejam 5 episódios passados na mesma localização, Yoshino fica desesperado para provar que o Samon está mentindo… fico sem fôlego só de lembrar.

Zetsuen no Tempest - 11 - Large 03

Mene do homem de meia-idade frustrado com lógicas alheias e com adolescentes em geral!

Teorias de máquina do tempo, magia… tudo é utilizado nessa argumentação para que o Mahiro se decida para o bem ou para o mal. Por fim, Mahiro decide que vai destruir a Árvore do Zetsuen quando… algo ocorre e a Árvore da Origem surge repentinamente. A Hakaze é imediatamente trazida da ilha, os garotos e a Princesa pensavam que tudo estava resolvido… A Árvore da Origem mata Yoshino e Mahiro, levando a Hakaze ao desespero e ao final da 1ª fase da série. Tudo é muito rápido nesses 12 primeiros episódios da série que mostraram apenas uma leve parte do que a série pode oferecer, aqui também foi onde muitos desistiram da série porque daqui em diante a série para, respira e muda de velocidade para algo mais calmo (embora ainda ágil). A verdade sobre as Árvores que vão decidir o futuro da humanidade, a verdade sobre a morte da Fuwa Aika, bomba após bomba.

Na metade da série temos um flashback de meio episódio e descobrimos que ambos sobreviveram! Mahiro e Yoshino foram revividos pela magia do Clã Kusaribe, porém a situação no mundo é caótica: a Árvore do Zetsuen não renasceu completamente, a Árvore da Origem surgiu em seu lugar e parou com todos os conflitos ao redor do mundo, qualquer guerra, qualquer destruição faz com que a Árvore da Origem intervenha destruindo ambos os lados envolvidos, ótima coisa… certo? Certo? Acho que uma rápida explicação cairia bem agora, então vamos lá: Hakaze é presa na ilha pelo Clã Kusaribe por ela ser a Escolhida da Árvore da Origem, o Clã tem a intenção de reviver a Árvore do Zetsuen que em tese é capaz de destruir a da Origem, porém o Mahiro e o Yoshino entram na briga causando esses primeiros 12 episódios, conforme chegamos ao final da série descobrimos que a verdadeira vilã é a Árvore da Origem porque ela quer destruir a civilização completamente (nota para o fato de todos os feitiços serem utilizados absorvendo algo da civilização, como carros/metais), a Árvore da Origem também pode ser a culpada pela morte da Fuwa Aika, afinal ela preserva a Hakaze ao máximo e isso inclui fazer tudo por ela, ou seja, a Árvore da Origem poderia ter previsto todo o passado e matado a Aika para causar tudo isso….. é, é complexo assim.

Zetsuen no Tempest - 16 - Large 24

Sua reação com relação a Zetsuen no Tempest como um todo. Sério.

A série muda de velocidade, temos mais conversas, o romance que nasce entre Yoshino e Hakaze ganha destaque vital devido a um boato de que a Árvore do Zetsuen como forma de se proteger criou um “Feiticeiro do Zetsuen”, alguém capaz de utilizar toda a habilidade fornecida pela árvore… Agora as suspeitas caem sobre o Yoshino ser esse tal feiticeiro, embora a teoria se prove falha com a aparição de um garoto franzino, fraco que surge alegando ser esse tal Feiticeiro e realmente conseguindo utilizar poder da árvore, o frágil Hanemura é esse rapaz; a série que inicialmente era frenética, cheia de ação muda para algo mais tranquilo, com cenários mais normais, com situações até frequentes o que desagradou muitos resultando na desistência de continuar, o que sinceramente achei um desperdício.

A revelação de que Yoshino e Aika namoravam cai como uma bomba no Mahiro, porém é recebida com certa calma, mas logo o Mahiro percebe que precisa tirar isso a limpo e vai de encontro ao Yoshino. Ambos discutem, brigam, mas seguem amigos. O mistério ainda segue: será que a Árvore da Origem de alguma forma matou a Aika para que o Mahiro encontrasse o pedido de ajuda da Hakaze? Será que a Princesa era a responsável? As mesmas perguntas do começo da série seguem aqui, até que a ressurreição da Árvore da Origem está quase completa trazendo consigo a destruição da Civilização, o mundo está sendo destruído e todos percebem que a resposta disso poderá mudar o jogo. A Hakaze retorna ao “passado” na ilha, parte em direção ao Japão para descobrir a verdade e… é estarrecedor. É de admirar, observar e ficar estarrecido. Você planeja, imagina, sente, mas a verdade foi de outro nível… a própria Aika se matou. Melhor, a garota conhecida como Fuwa Aika é a verdadeira “Feiticeira do Zetsuen” que se matou por saber do futuro, por saber que a Hakaze precisaria de ajudar para impedir a Árvore que escolheu ela mesma, ambas travam uma luta mas o futuro já estava determinado. Aika se mata e Hakaze retorna para o futuro revelando a verdade.

Zetsuen no Tempest - 20 - Large 26

O encontro entre as mulheres destinadas!

Zetsuen é todo assim, com mudanças, pensamentos, discussões, ação e muito mais. Porém isso é colocado a prova quando a dupla recebe a verdade, a vingança que o Mahiro tanto buscou não é nada, tudo foi armado, uma grande peça trágica; ambos ficam perdidos sem saber o que fazer, afinal o Yoshino também entrou nisso… Hanemura grita que não são covardes, que eles precisam seguir em frente e acabar com isso, palavras corajosas de alguém que no começo era medroso mas mudou relativamente para encarar a situação. Daí em diante é colocar o plano contra a Árvore da Origem em ação e acabar com ela. Tudo é entregue na série sem deixar furos, as lógicas permanecem, os personagens evoluem, as respostas são dadas e um desfecho coerente permanece, não poderia pedir por mais.

Shakespeare e Inspirações

Zetsuen no Tempest - 16 - Large 29

É com um pouco de vergonha que admito que comecei a ler Shakespeare por causa de animes, sim, por animes. Meu primeiro caso foi na batalha entre Shakespeare e Neshinbara no anime Kyoukai Senjou no Horizon II (Fiz uma resenha explicando detalhadamente como ela foi genial nesse site aqui Omniaundique/HorizonShakespeare), logo depois vi referências em Psycho-Pass, outro anime incrível e por fim encontrei isso em Zetsuen no Tempest, o que me obrigou a ler as famosas tragédias para ter um entendimento melhor, coisa que deveria ter feito há muito tempo.

Acho incrível, de verdade mesmo, a forma como as obras de Shakespeare não são “jogadas” no anime, elas têm toda uma coerência com o enredo, seja em Horizon quando o Rei Lear cai e é morto por Macbeth ou em Zetsuen onde cada personagem do núcleo principal corresponde a alguém das obras A Tempestade/Hamlet na qual se encontra a base de Zetsuen no Tempest como obra, nada é jogado, houve todo um cuidado para que fizesse sentido, para que houvesse uma poesia nessas utilizações de Shakespeare, esse cuidado, esse carinho é algo que me deixa arrepiado.

Opinião Final

Torno a repetir que Zetsuen é muito mais do que eu esperava, muito mais do que eu achei que fosse encontrar. Podem dizer e talvez seja verdade que Zetsuen não é a obra suprema, coisa que não é mesmo, mas a forma como tudo foi conduzido, como os personagens foram apresentados, como cada revelação foi contada, cada personagem mudou, tudo isso me faz indicar Zetsuen no Tempest como um dos melhores animes de 2012/2013 com certeza. No mais assistam, pesquisem um pouco de Shakespeare e se encantem com a obra.

Zetsuen no Tempest - ED2.24 - Large 01

Advertisements

6 thoughts on “Zetsuen no Tempest – “Hamlet, A Tempestade… Shakespeare!”

  1. O gosto de Zetsuen está em especular os mistérios em volta da Aika, é a essência da série, mas depois que eu cogitei certo o final e a causa da morte dela, isso já no começo do 2nd cour, meio que perdi o gosto da obra.

    E o final ao meu ver não foi muito digno da série, esperava algo maior, mais majestoso, pra mim aquilo foi puro Deus Ex Machina. Mas ao todo, é uma ótima série, vale muito a pena ver o anime e ler o mangá, aliás, o mangá teve 44 capítulos e alguns especiais que acho que ainda estão continuando, fora que foi revelado numa notícia que o autor disse que faria um spin-off da obra.

    No site do senmanga tinha a raw dos especiais, mas não estou conseguindo mais acessar o site. Mas vou deixar o link aqui caso você consiga: http://raw.senmanga.com/Zetsuen_no_Tempest/

  2. Pingback: 5 Animes de Mistério/Thriller que você não pode deixar de assistir! » Universo Quantum

  3. Eu achei vários livro da obra ”A tempestade”, mas não sei qual pegar. voe poderia me falar qual a edição que você leu ???

  4. Zetsuen no tempest é um anime ótimo, realmente foi um dos melhores que vi , porque não é todo dia que vemos um anime que não seja totalmente focado em escolas os famosos “shojos” bem, como toda boa história, essa foi ótima, eu acompanhei o finalzinho em 2013 , mas admito , até hoje , eu leio muito o livro a tempestade, mas em relação ao outro anime que você citou o livro macbeth kkk eu particularmente não sou fã, digamos que não é normal uma adolescente chegar em uma livraria e pedir livros de Shakespeare, mas acho que de toda sua coletânea, li 5 de todos seus livros , mas em relação ao anime , eu achei fantástico, só o final que foi um tanto sem graça, mas nada que o resto da história não compense, eu realmente gostei muito do que você escreveu, recomendo a todos assistir o anime , ler o mangá e ler esses dois livros maravilhosos, A tempestade e Hamlet.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s