Nekomonogatari (Shiro) Capítulo 15

Capítulo 15. Cheeeio de referências…

Fim do flashback.

” 1:30 da tarde… Foi uma ótima noite de sono. Você acabou de acordar, Hanekawa-san? ”

” Yep. ”

” Heh. Quem um dia pensaria que eu acordaria ao lado da Hanekawa-san, na mesma cama? ”

” Por favor, não faça soar como uma conversa pós-sexo. ”

” Normalmente sou bem sensitiva e tenho sono leve, mas dessa vez dormi muito bem. Por que será? Talvez seja por causa do meu novo travesseiro. ”

” Quer dizer, o travesseiro do seu pai? Ou o seu novo travesseiro de abraçar? ”

Não que qualquer uma das suas escolhas soassem bem.

Não que eu pudesse falar, já que eu dormi igualmente bem e sem sonho algum. Será que o travesseiro da Senjougahara-san era tão confortável assim? Seus lençóis? Ou talvez fosse meu novo travesseiro de abraçar…

Não, não.

Nada de abraçar. Não eu.

” Bem. Você está com fome, Hanekawa-san? Estava pensando em fazer o café-da-manhã… Ou melhor, almoço. ”

” Oh, é uma boa ideia. Eu ajudo. ”

” Tem algo que você não goste de comer? ”

” Não, nada. ”

” Ok. ”

A Senjougahara-san rastejou pra fora da cama e foi até o banheiro. Ela provavelmente queria usar a faca de cozinha só depois de lavar o rosto e estar completamente desperta.

Ela voltou e foi para a cozinha.

Digo ‘cozinha ‘, mas levando em consideração o tamanho da casa, era basicamente o mesmo cômodo.

” Hm-hm-hmm. ”

A Senjougahara-san cantarolava enquanto colocava seu avental.

Ela estava de bom humor, por algum motivo.

Talvez ela gostasse de cozinhar.

Lembro de algum tempo atrás o Araragi-kun lamentar o fato da Senjougahara-san não fazer comida caseira para ele, apesar de que, falando nisso, eu não ouvi mais nada a respeito ultimamente. Imagino se isso significa que ele teve a chance de provar a comida da sua namorada.

” Hanekawa-san.”

” O que foi? ”

” Se eu começasse a tirar a roupa e ficar de avental, você acharia moe? ”

” Eu gritaria com você. ”

É mesmo, a Senjougahara-san acenou, e começou a tirar os ingredientes da geladeira.

Parece que resolvemos isso sem agravar a situação.

Como eu não sei bem gritar com alguém, resolver assim foi melhor.

” A propósito, Hanekawa-san, sabia que se escreve moyashi com o mesmo caractere de moe? Desde que soube disso, quando como brotos, acho-os deliciosos. ”

” Hã, não, e não acho que o gosto de algo vai mudar só por isso… ”

” Então? ”

A Senjougahara-san se virou para me encarar.

Apontando a faca de cozinha na minha direção.

” Não é, de fato, um grande elogio chamar alguém de ‘ broto ‘[1]?! ”

” ‘Broto’ … ”

Sendo honesta, não achei que fosse tão interessante, mas com uma faca de cozinha apontada para o meu rosto, contestar seria imprudentemente.

Mas uma faca combina muito com ela, não é?

Que tipo de arroz você gosta, Hanekawa-san? Koshihikari? Ou Sasanishiki[2]? “

” Acho que já está decidido que vamos comer arroz, hum. ”

” Afinal de contas, nós chamamos de ‘arroz da manhã ‘, ‘ arroz da tarde’ e ‘arroz da noite ‘. Nós chamaríamos de ‘ pão da manhã ‘, ‘ pão da tarde ‘ e ‘ pão da noite ‘, se fosse pão. ” [3]

” Soa interessante… ”

Mas nós poderíamos só chamar de ‘café-da-manhã ‘, ‘ almoço ‘ e ‘ jantar ‘. [4]

A teoria da Senjougahara-san tinha algumas falhas.

” Hmm, sim. O fato de você acabar lendo ‘pão da noite ‘ como ‘ comprimido ‘ seria uma das falhas na sua teoria. “[5]

” Não, existem falhas maiores do que essa. ”

” Então na sua casa sempre tem Konshihikari e Sasanishiki? ”

” É claro que não. Nós só temos arroz mistério. ”

” ‘Arroz mistério ‘?

” Bem, a palavra ‘ mistério ‘ inclui ‘ arroz ‘, não é? ” [6]

” E daí? ”

” Então, talvez não seja ‘ marca ‘ de arroz, mas sim arroz ‘ misturado ‘. ” [7]

” Essa piada está uns 15 anos atrasada. ”

Havia uma época em que vários problemas relacionando a misturas e marcas de arroz eram o assunto principal das fofocas.

É claro, tais problemas não existiam mais, logo, não eram mais um assunto popular. [8]

” Está tudo bem. Papai é bem seletivo quando se trata de máquinas de cozinhar arroz. Ela é bem cara, sabe. Ela não parece estranha se comparada com o resto da cozinha? ”

” Hum. ”

É verdade.

Pergunto-me o porquê dela falar disso, mas a máquina certamente parecia custar mais do que o aluguel mensal dessa casa.

A máquina de cozinhar arroz na casa da família Hanekawa era bem velha, então estava secretamente ansiosa por isso.

” Você cozinha, Hanekawa-san? ”

” Sim, cozinho. ”

Responder muito diretamente iria envolver explicar a situação da família Hanekawa e isso causava desconforto nos outros, então era problemático o quanto de detalhes eu deveria revelar, mas já que estava aqui como hóspede, achava que deveria ser um pouco sincera.

Além disso, a Senjougahara-san já havia conhecido aqueles que chamo de “meus pais”, então não tinha porquê esconder. Além disso, eu já havia falado com ela sobre dormir no corredor-

Não.

Não era o que eu deveria dizer, ou se havia algum propósito nisso ou não.

Eu simplesmente queria falar sobre isso normalmente, com a Senjougahara-san.

Eu não queria esconder nada da Senjougahara-san, que estava tão preocupada comigo.

“Eu faço tudo o que como. ”

” Entendo. ”

Houve uma época na qual essa situação era familiar para mim, a Senjougahara-san disse.

“Afinal, eu não me dava bem com a minha mãe. ”

” … Eles, se divorciaram, né? ”

” Sim. Eu não encontrei mais com ela desde então – imagino como ela está agora.  Talvez esteja feliz.”

Apesar do assunto, seu tom não era de preocupação – a faca cortando os vegetais não mostrava sinais de que iria parar.

Eu não conseguia dizer se era natural ou anormal.

” Bem, toda casa tem sua própria história. ”

” Isso é verdade. ”

Talvez ela tivesse calculado meticulosamente, mas assim que a máquina de arroz apitou, a comida no fogo ficou pronta, então a Senjougahara-san desligou o fogão e começou a servi-la.

Perguntei a ela se precisava da minha ajuda para algo, mas ela recusou, pedindo que deixasse ela terminar. Não queria que eu interrompesse seu ritmo, aparentemente.

Após isso, arrumamos os pratos e talheres na mesa.

” Obrigada pela refeição. ”

” Obrigada pela refeição. ”

Arroz, sopa e vegetais fritos com frango.

Fiquei feliz por ela não ter tentado fazer nada chique e simplesmente ter cozinhado uma refeição normal, mas explicar esse sentimento tomaria muito esforço, então não disse nada à Senjougahara-san.

Comecei a comer.

” Oh, está muito bom. ”

” Mesmo? ”

A Senjougahara-san pareceu chocada.

” O Araragi-kun nunca parece muito feliz com a comida. Para ser honesta, estava esperando uma condenação. ”

” Condenação?… ”

Então o Araragi-kun não fica feliz com isso?…

Hmm.

Ele realmente não passa muito tempo com garotas.

Mesmo que não fosse algo do agrado dele, ao menos deveria fingir estar satisfeito.

Apesar de que acho que isso também seja bem do feitio dele.

“Acho que está delicioso. Apesar de que acho que há preferências pessoais diferentes quanto a gostos. ”

“Então isso significa que eu e você temos gostos semelhantes. Para comida, e para homens. ”

Cospi a sopa.

Terrível, terrível comportamento.

” Senjougahara-san… Você realmente está sendo franca demais comigo… ”

” Oh, não, pensei que talvez devêssemos conversar sobre esse tipo de coisa também. Para que possamos realmente abrir o coração uma para a outra. ”

” Um movimento errado e a fossa entre nós ficará ainda mais funda… ”

Uma fossa, ela é.[9]

Bem, fiquei feliz por ela ser direta e se meter nos meus assuntos – mas era difícil para mim me meter nos dela.

” Bem, nesse caso, Senjougahara-san, por que nós não falamos tudo o que gostamos no Araragi-kun? ”

” Não. Se fizermos isso, apesar de improvável, caso essa conversa saia desse quarto, ele vai ficar muito metido. Então, não devemos. ”

” Entendo… ”

A Senjougahara-san era bem rígida quando se tratava de seu namorado.

Ela não tinha intenção de elogiar ele, aparentemente.

” Então, sobre o que devemos conversar? ”

” Bem, vamos falar sobre o que nós não gostamos no Araragi-kun. ”

“Assim é melhor! ”

Após isso, nós passamos 3 horas em uma animada discussão.

Fiquei muito empolgada falando mal de alguém…

Notas da Tradutora

As referências abaixo, com exceção da [9], são todas notadas e explicadas pelo tradutor do japonês->inglês, CanonRap. Todo o crédito deve ser dado a ele por entender o sentido original, eu só fiz trazer do inglês pro português. CanonRap, deus das traduções!

” [1] もやし moyashi significa ” broto ” e  もやしっこ moyashikko descreve uma criança que é fraca ou frágil.

[2] Duas marcas populares de arroz.

[3] Japoneses têm vários termos para refeições mas todas referindo-se essencialmente as mesmas coisas, sendo um grupo  朝ご飯/昼ご飯/夕ご飯  que literalmente significa ‘ arroz da manhã/ da tarde/da noite ‘. A Hitagi muda a interpretação com 朝ブレード/昼ブレード/夕ブレード  ‘ pão da manhã/da tarde/da noite. ‘

[4] Aqui, Tsubasa retruca que elas deveriam chamar, mais genericamente, de 朝食/昼食/夕食 ‘ refeição da manhã/da tarde/da noite ‘.

[5] 夕ブレード ‘pão da noite’ e タブレート ‘comprimido’ são muito semelhantes na escrita.

[6] O caractere 謎 ‘mistério’ tem o caractere 米 ‘arroz’ nele.

[7] Novamente, dois termos (ブランド米 eブレンド米) que são muito semelhantes na escrita.

[8] Uma referência ao Japão dos anos 90 quando Konshihikari e Sasanishiki eram considerados ‘ dois campeões ‘ do arroz pela sua qualidade e popularidade. Hoje em dia, Sasanishiki regrediu e é plantado em quantidades limitadas enquanto Koshihikari é extremamente popular. ”

[9] Uma referência da Tsubasa a Depressão Challenger, devido ao seu comentário anterior a respeito da ‘fossa’. No inglês: ” A challenger, she was. “, sendo a palavra ‘ challenger ‘ traduzida como ‘ desafiadora ‘, mas também fazendo referência ao ponto geográfico.

Advertisements

2 thoughts on “Nekomonogatari (Shiro) Capítulo 15

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s