Por que não temos torresmo no Brasil?

utorrent

Yaho! Aproveitando a folga do Carnaval, estou deixando o blog bem mais movimentado. E hoje, resultante de uma discussão no twitter (HUE), trago aqui um tópico que considero válido para a comunidade animísitca brasileira: por que não disponibilizar download de animes por torrent? Ike!

Antes de mais nada, gostaria de esclarecer que não estou colocando em pauta nada relacionado a qualidade de fansubs gringos x fansubs brasileiros. Estou colocando em pauta a questão da hospedagem dos animes e dos métodos de download.

>PORQUE O TORRESMO SERIA MELHOR

ss (2013-02-10 at 02.04.34)

É bem simples. Já tive muitos problemas no passado quando queria baixar animes de fansubs BR e ficava presa a mirrors. MIRRORS. Para baixar vários episódios de uma vez, era sempre uma situação complicada. Muitas vezes o download acabava cancelando e eu tinha que estar sempre de olho para quando isso acontecesse para tentar baixar de NOVO. E quem nunca quis baixar um anime, chegou a na metade e: link quebrado. Tenta outro. Link quebrado. Vai em outro site. Link quebrado. Sigh… E isso não se aplica somente a internet ruim. Atualmente tenho uma internet de 5mbs – e as vezes tenho o mesmo problema de quando tinha a internet de 1mb ou 600 kbps.

E o torresmo? Maior estabilidade nos downloads, maior velocidade e facilidade. Você pode deixar vários animes baixando sem se preocupar com o problema da internet cair e pode pausar a qualquer hora. É muito mais comodidade na hora de baixar alguns episódios.

>PROBLEMAS

Os problemas que dificultam essa transição são bem específicos da comunidade brasileira que assiste e acompanha animes. Basicamente, quanto a situação da nossa internet.

Todos sabemos que a internet brasileira é uma das piores do mundo, uma das mais caras, etc etc. Coisa que sempre jogam na nossa cara.

Nessa questão, temos uma diferença absurda de velocidade entre um downloader brasileiro e um downloader gringo. Ontem mesmo estava falando com um amigo americano a respeito de download de animes – ele me disse que nunca tinha visto um download em kbps e que ele achava o download dele de 25mbps lento. 25. mbps. Lento. Certo.

Então, claro, os torrents favorecem muito mais os gringos, pela velocidade de download e a velocidade de upload. Um problema para manter os torrents seria a falta de seeders fortes o suficiente. Lembrando também que, mesmo o anime sendo legendado em inglês, há muito mais do que pessoas falantes da língua inglesa baixando. Um próprio exemplo é o nosso, brasileiros que procuram por sites gringos para baixar anime.

Há um problema que persiste tanto com os gringos e conosco, que seria o caso de animes mais velhos. Claro, baixar um anime que saiu semana passada é fácil, ainda tem muita gente seedando. Mas e aquele anime de 2009, 2008? É uma situação um pouco mais complicada.

Foi também colocada uma questão a respeito do tamanho dos episódios que os brasileiros costumam baixar (lembrando, estou generalizando bastante, sei bem que também há os que baixam animes em alta qualidade), que seria entre 60-90 mb. 

>CONTRA-PROBLEMAS

Sei bem que nossa internet é das piores e, por isso mesmo, considero os torrents uma saída viável. Para nós que temos uma internet tão duvidosa, com velocidades que nem se equiparam as de fora e, uma instabilidade insana, os torrents trariam um alívio quanto a ” meu download estava em 99% e a internet caiu “.

O problema dos seeders é realmente algo pertinente e que será difícil de se desviar. Não tendo a mesma força de upload que os gringos tem, não teríamos uma velocidade máxima no download. É uma visão idealista da minha parte, otimista demais até, mas quem sabe, com um pouco de esforço, dê pra mudar isso? Uma organização e, novamente sendo extremamente otimista, colaboração entre fansubs, para aumentar o número de seeders.

Quanto ao tamanho dos episódios, sendo pequeno ou não, continuo achando que torrent vale a pena. Mesmo que você vá baixar um anime em mp4 de 80 mb, um torrent é mais seguro, em questão da instabilidade da internet. Você, mesmo com uma internet lenta, já pode deixar baixando 2, 3 episódios, sem se preocupar com a questão de que ” baixei o 1, o 2 cancelou, baixei o 3 “.

>CONCLUINDO: TORRESMO É BOM?

Sim, torresmo é bom. Facilita, e muito, a vida ” difícil ” que é sair por aí baixando coisas. Não tem quem negue isso.

A situação é: o torresmo se adequar, ou melhor, a comunidade brasileira se adequar a ele. Ainda temos alguns empecilhos no caminho para essa grande mudança. Deficiência de seeders, por exemplo. Mas há como contornar? Sim.

Um dos maiores obstáculos que temos que é nossa própria internet, é a maior aliada para caminhar para essa mudança. E é justamente por ter uma internet ruim e buscar melhores formas para baixar anime.

É um caminho que devemos buscar – e um alerta para os fansubbers. Claro, eles não vão perder todos os seus downloads só porque as pessoas estão começando a migrar para sites gringos. Ainda deve ter gente que acha que eles traduzem direto dos RAW’s. Bem. Mas continua sendo um alerta – e um conselho. Provavelmente um que será ignorado ou desconsiderado. Mas para agilizar essa transição que, sem dúvidas um dia chegará, mas não se sabe bem quando, é algo que gostaria de deixar aqui ressaltado.

Ufa, foi um post bem corrido. Talvez eu atualize ele depois corrigindo e ajeitando algumas coisas, mas é algo que queria deixar aqui e surgiu uma discussão no twitter a respeito que motivou o processo.

O que achou do assunto em questão? Válido? ” Desválido “? Comente lá embaixo! Até a próxima!

Crédito ao @Hegff pelo termo torresmo

Advertisements

15 thoughts on “Por que não temos torresmo no Brasil?

  1. Saudações

    Não gosto muito de usar o torrent para baixar arquivos, não importando o direcionamento dos mesmos nem a finalidade de tais. Entretanto, devo concordar que os mesmos possuem um nível de seguridade maior e menos complexo, sendo isto um fato incontestável.

    Poderei ser visto como mentiroso à partir de agora, mas nunca tive problemas com download por link externos ou diretos, desde que uso da internet para tanto (ano de 2006). No início, com a banda larga de 600kbps, baixava um arquivo de 50MB em cerca de 30 minutos. Depois o tempo diminuiu com 800kbps e, mais tarde, com a internet de 1MB (que usei entre 2008 e 2010). Atualmente, com os 10MB de internet que tenho em residência, um arquivo de 300MB chega em meu PC no máximo em 5 minutos (detalhe: não faço uso de gerenciadores de downloads).

    Claro, sei que esta não é a razão de ser do post, jovem Marcela. Mas são dados que coloquei apenas para fins de estudo e averiguação. E sério mesmo, nunca tive problema com tais links. Agora, quando usava do famoso e-Mule (2006 à 2008), tive “n” problemas…

    Acredito que o problema maior nem esteja na velocidade da internet brasileira como um todo, nem tão pouco na discrepância que existe no acesso à grande rede entre uma região do País (embora sejam fatores de grande importância). O grande entrave para o uso adequado do torrent entre os brasileiros está nos próprios.

    Enfatizo isto por uma questão chamada [comodidade em excesso]. O torrent funciona como uma ideia de mútuo auxílio, onde a pessoa “a” disponibiliza o arquivo e a pessoa “b” faz o download gradativo do mesmo. Quando encerra o processo, é comum demais que a pessoa feche o programa e não se permita ficar como [seed], que é a razão de ser do protocolo torrent em si. Desta foram, todo o restante do alfabeto (pessoas de “c” ao “z”), que queriam fazer o download do mesmo, ficam impossibilitadas para tanto e frustrando a ação da pessoa “a”, que o fez originalmente.

    Se isto mudasse um pouco que fosse, o brasileiro poderia começar a usar melhor do torrent em si. Ao menos, em teoria. Aí viria a questão operacional, que realmente é um entrave e que foi salientada em seu post, Marcela.

    Só peço para que não me tome por mentiroso, por favor…

    Este post realmente tem todo o arquétipo de que renderá uma discussão saudável por aqui.

    Até mais!

  2. Como alguém que trabalhou em fansub por uns 2 anos, posso dizer que o problema dos torrents no Brasil é muito mais a COMUNIDADE do que a qualidade técnica da nossa internet.

    O primeiro problema é que é raro achar gente disposto/qualificada pra por a mão na parte técnica. Subir e manter um tracker é um nível de dificuldade muito acima de um blog ou um fórum.

    O segundo problema são os fansubbers. Não sei como andam as coisas atualmente, mas alguns anos atrás tudo que a gente mais via era guerra de ego e o pessoal superprotegendo suas legendas. Muito fansubber enrolou demais pra aderir ao softsub só pq “qualquer um poderia ‘roubar’ as legendas deles”.

    E ai de você se subisse um torrent de um anime de um sub se ele não tivesse “autorizado”. Era flamewar no fórum do tracker quase que de forma instantânea, acusando o tracker de roubo e xingando a mãe de todo mundo.

    Não sei vcs, mas “meu”, “roubo” e coisas do tipo não encaixam muito bem quando vc está mexendo com uma obra na qual não se tem direito legal sobre ela… 😛

    Enfim, a nossa internet tem de melhorar muito, mas a comunidade ainda é o gargalo. Espero que um dia melhore

    • Pensei nesse ponto também, Leonardo, mas não tinha como afirmar porque sou meio desatualizada do que ocorre entre os fansubs brasileiros. Mas como você disse e como o Carlírio disse, é um grande problema pra questão dos torrents, a falta de solidariedade. ” Baixei o meu e o resto que se vire “, que não é uma mentalidade de poucos, prejudica bastante essa possibilidade de download.

      Então trato a internet como um dos maiores problemas e o mais generalizado porque, convenhamos, a internet daqui nem se compara com a dos uploaders gringos.

      • Os trackers antigos tinham o sistema de Ratio. se vc não contribuisse, sua conta era cortada, ou vc teria de esperar algumas horas pra baixar um torrent de acordo com sua contribuição.

        Outro problema é que os trackers eram pulverizados em vários sites pequenos. Se fosse uma coisa mais unificada (tipo o Nyaa), dava pra “um torrent compensar o outro” e manter as coisas funcionando =P

    • Falou tudo, o problema vai desde quem apenas assiste animes, passa por quem quem fansuba e termina nos admins dos trackers.

      Exemplo:
      >Maioria dos leechers baixa o torrent e não seeda depois o que baixou.
      >Fansub não colabora com a distribuição, não cria torrents e nem permite que outras pessoas criem em alguns trackers só se preocupa em upar em sites que ofereçam algum tipo de retorno financeiro a eles, não importando a velocidade de download ou mesmo a estabilidade.
      >Trackers fechados com regras absurdas e poucos recursos, acho que nunca vi alguém usando RSS em nenhum tracker brasileiro de animes.

      Enfim, como você disse, o gargalo dos problemas aqui começa na comunidade e o maior problema está na cabeça de cada um, existem muitos paranoicos dentro desse meio que alguns chegam até a fazer encode de maneira incorreta, prejudicando a qualidade, para que o mesmo seja complicado de “reencodar”.

  3. Seria legal se em qualquer torrent, as pessoas tentassem pelo menos upar 100% dele denovo.
    Muitas pessoas deixam o pc ligado o dia todo, sem fazer nada, e nem deixam o torrent aberto.

    • Agora vai explicar isso para um brasileiro. Sem querer generalizar muito ou ser, quem sabe, hipócrita, mas é difícil que as pessoas entendam isso. As vezes acompanhado do pensamento de ” Se ninguém faz, por que eu faria “.

    • Matematicamente é impossível TODO mundo que pegar um torrent upar 100% dele. Pq quem chega “por último” não tem pra quem enviar. E quem chegar depois dele vai receber o arquivo de várias outras pessoas, não só de quem tem o envio baixo =P

      Acho que desmistificar esse conceito ajuda a galera a não tem esse sendo de “obrigação”. um ratio 0.7 já consegue de boa manter um torrent saudável 😛

      Outra coisa que obviamente ajuda a galera a colaborar é focar menos em punição “se seu ratio baixar a gente bloqueia sua conta!!!” e mais em agrados (badges, acesso em seções especiais do tracker, coisas assim)

  4. Fansubs brasileiros fazem uma legenda porca e nem ao menos disponibilizam a legenda por fora, temos que baixar arquivos a nivel de RMVB pra poder assistir.

    De qualquer forma, prefiro o torrent, eu mesmo via o Pirate Bay estou seedando a um ano o torrent de Neon Genesis Evangelion com um atual ratio de 19,547 e isso que minha internet é de 1mb.

  5. Também me incomoda não disponibilizarem legendas separadas, apesar de podermos extrair sem dificuldades, de um MKV.

    Quanto a trabalho porco, eu discordo, fazem de graça e no tempo livre deles, quem não gosta, pode tentar fazer melhor sem problema algum.

    Se realmente não gosta e tem preguiça de fazer melhor, pode baixar e ver em inglês.

  6. na minha opinião seria bem melhor ter a opção “baixar via torrent” em sites de downloads de animes assim como sites filmes,esse sistema funciona muito bem,mais vejo um problema,as vezes as pessoas disponibilizam apenas as temporadas completas de animes,eu sei,isso não é ruim (na verdade é muito bom) mais e quem assistiu online e não achou mais online e precisa baixar? ela vai ter que baixar os episódios que ela já assistiu? por que não deixar mais opções? seria melhor,até porque não adianta achar a temporada completa de tal anime pra no final não ter espaço no computador (ele enche nas horas que você mais precisa ¬¬’) .essa é minha única crítica,sinto muito se não usei de argumentos convincentes.

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s