Como as Fadas bateram nos Garis e destruiram o Alvejante!

4353_anime_fairy_tail

Yaho! Sentiram falta hein? Bem, estou quase de volta. Questões de estudo podem me afastar um pouco do blog, mas estou fazendo todo o possível pra manter a chama da vida por aqui acesa. Isso inclui digitar posts pelo celular! Sim, estou escrevendo parte desse post pelo meu app do WordPress. Dedicação? Estupidez? Prefiro chamarem de amor.

Certo, já devem estar cansados dessa enrolação… Então, já viram a imagem do post, e é isso mesmo pessoal, vocês não estão enganados. Hoje o tema é… RABO DE FADA!

>VISÃO GERAL

fairy-tail-3638391

Então, o que dizer do Rabo de Fada? Bem, Fairy Tail é originalmente um mangá do autor Hiro Mashima. ” Ah! Esse cara copiou os character designs e os nomes de Rave Master! “ É, talvez seja porque o cara TAMBÉM fez Rave Master. Só dizendo. Então, Fairy Tail é publicada na Weekly Shonen Magazine, desde 2006. Já tem cerca de 30 volumes tankabons (vários capítulos juntos em uma só revista, o típico mangá que compramos na banca) e continua seguindo forte.

O mangá conta a história de um mundo onde existem pessoas normais e magos, esses magos juntando-se para formar Guildas onde possam usar seus poderes e ajudar os outros. As Guildas funcionam por vezes quase como se uma família para esses magos. E a protagonista em questão é Lucy, uma jovem de cerca de 17 anos que também é uma maga, uma maga de espíritos celestiais, que é um tanto novata nisso tudo. E sonha em entrar em uma Guilda e, acaba encontrando o nosso herói da história, Natsu Dragneel, um mago de uma das Guildas mais populares (por bons e principalmente maus motivos): Fairy Tail. … E a Lucy pede pra se juntar, blá blá história blá. Basicamente isso.

É uma obra tipicamente shounen, com o mocinho que ganha com o poder de seus amigos e a confiança que todos depositam uns nos outros. Um diferencial é a comédia, que está bem presente, deixando o mangá ao mesmo tempo com aquele drama de passado triste e aquela comédia, dando uma fluidez melhor e deixando-o mais divertido e prazeroso de se ler. Eu considero a comédia um grande ponto a favor da obra, que, para uma pessoa não tão amigável com shounens como eu, consiga aturar e gostar.

>O BOOM DAS FADAS

Anime Fairy Tail Wallpaper

Fairy Tail era um pouco desconhecido pelas terras brasileiras, mesmo que já fosse um grande sucesso em outros lugares. E tudo mudou… (Quando a Nação do Fogo atacou) quando o mangá foi animado e começou a adaptação do anime, que tem seguido, até agora, fielmente o mangá. Sim, existem fillers, mas são fillers de 1 até 4 episódios, no máximo. 4 temporadas de Filler? Não, isso aqui não é Naruto.

Então, como quase toda obra, só ficou popular (aqui no Brasil, entre as massas) através do anime, que começou em Outubro de 2009. E daí começaram a surgir as comunidades de Orkut de Fairy Tail e depois as páginas de Facebook, e quando menos se esperava, aquele menino que estava usando bottons só de Bleach e Naruto na mochila, agora tem um bottom com a cara do Natsu ou com o símbolo do Rabo de Fada.

E aumentou mais ainda quando nossa amiga JBC, aquela que está cheia de diários do futuro Outros Mangás, publicou o mangá de Fairy Tail alguns anos atrás.

>CENSURA, SANGUE, PEITOS E BUNDAS: DIFERENÇA ENTRE O MANGÁ E O ANIME

Demotivational.Poster.full.1092888

Quem acompanha o mangá de Fairy Tail e já passou os olhos pelo anime sabe que ambos possuem alguns pontos divergentes, mas que, não considero divergências que possam trazer menos diversão ou entretenimento àqueles que acompanham o anime, ou problemas quanto no acompanhamento de um a troco do outro.

Fairy-Tail-fairy-tail-32787905-1274-720

No mangá, temos as vezes um tom um pouco mais sério. A comédia, como mencionei acima, faz parte dele com certeza, mas no anime é posta mais em evidência, em alguns pontos deixado o anime a ser considerado ” mais imaturo ” ou ” mais infantil ” que o mangá. Entretanto, como a comédia de Fairy Tail é um ponto que considero completamente a favor da obra, não acho que seja um motivo de queixa. A não ser que a pessoa sinta-se ofendida pela dita ” infantilidade ” que apresenta o anime, acreditando que seja uma afronta ao mangá.

Nesse mesmo sentido de infantilidade, temos a censura que, não é uma surpresa maior que o esperado. Principalmente devido ao público alvo da animação (crianças e jovens) e pelo horário que passa na televisão japonesa, (19:30h, salvo engano) a censura era algo de se esperar. Não se pode querer comparar a censura de Fairy Tail com algo como a série Monogatari que, com o maior intuito de vender BDs, passa de madrugada, e tem direito a uma boa parte de sangue que quer. (Vide Rainy Devil e vide Black Hanekawa, nya) Então, ao assistir o anime e venturar-se pelo mangá, e vice versa, você dificilmente verá sangue ser derramado. Na verdade, salvo algumas hemorragias nasais, o sangue das lutas do mangá que, sem dúvida ESTÁ lá, no anime não há presença alguma dele.

109-fairy-tail-lucy-natsu

Então, mesmo que nossa querida Erza tenha cortado o inimigo um milhão de vezes com suas espadas, o máximo que você verá serão os típicos ” riscos pretos “, ou, como meu amado niichan chama, ” a sujeira preta típica desses desenhos japoneses “. Além da censura com relação ao sangue, há a censura do conteúdo ecchi. CALMA! Não se desesperem. Fairy Tail também é famoso por ter quase todas, sim, quase todas as personagens de DCUP pra cima e isso não muda muito do mangá pro anime. (Acho que alguns peitos foram reduzidos sutilmente… Só uma observação sagaz de uma pessoa atenciosa.) Mas algumas cenas foram alteradas para deixar mais suave. A exemplo dessa.

Há a questão dos fillers, mas são fillers que eu pessoalmente gosto muito. Quase todos são voltados para comédia e não passam de 1 episódio.

>TRAÇO E ANIMAÇÃO

fairy-tail-3715209

O traço de Fairy Tail não é algo que eu possa comentar com tanta facilidade por não acompanhar o mangá fervorosamente, mas falando por alto, é um traço interessante e, ” CÓPIA DE UAN PISS “. É o que os piecetards gostam de dizer. SOBRE ISSO o que posso dizer foi que, o que pesquisei a respeito do Mashima, diz que ele e o Oda estudaram juntos por um tempo e por isso pode haver essa semelhança de traços, que, pelo que notei das duas obras, algo em evidente são as bocas dos personagens. Ambas são estrondosas, no mínimo.

A animação não é algo que chame tanta atenção – os personagens ficaram um pouco mais infantilizados e ” fofos “, se comparar com o mangá. A Erza e o Gray são exemplos. Mas são as diferenças típicas do mangá para o anime. É uma animação estável.

>ACÚSTICA DAS FADAS

Fairy_Tail_logo_by_malcite

Uma coisa que eu gosto MUITO de Fairy Tail e que considero um dos pontos mais altos da adaptação para anime foi a trilha sonora.

A trilha sonora foi feita por Yasuharu Takanashi e é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores que já ouvi. Você já teve um arrepio quando começou a música de um anime, seja o o tema dele ou o tema de um personagem? Fairy Tail dá esses arrepios. Toda vez, toda vez que toca o tema da Fairy Tail em slow, o Tema da Erza ou Armor Titania, sinto um arrepio descendo minha espinha e mandando sinais para todo meu corpo dizendo: ”
PREPARE-SE: ÉPICIDADE COMEÇANDO!

A trilha sonora tem um toque de música celta e algo que lembra música irlandesa de um certo modo (não me queimem, sou newb em música e estou dizendo o que se assemelha a minha experiência). As músicas animadas deixam você pulando na cadeira e nas lutas, se for igual eu, vai estar socando junto com o personagem. E, quando chegam os flashbacks, as músicas… Não digo que você vá chorar igual choraria em Clannad, mas algo dentro do seu coração vai derramar uma lágrima muscular cardíaca. Vou deixar algumas pra vocês avaliarem.

>E FINALMENTE: PORQUE FADAS GANHAM DE GARIS E ALVEJANTES

fairytail-guild-fairy-tail-vs-naruto-32803923-1024-768

Ok. Primeiro, como esse tópico é delicado, gostaria de deixar algumas coisas claras.

Esse post é completamente e 100% minha opinião, o que torna ele subjetivo, que, no caráter da palavra é ”
Imposição de opinião “. Dessa forma, ao ler esse texto, peço que tenha um pouco mais de receptividade a uma ideia diferente e, caso discorde, não saia em uma fúria ignorante nos comentários. Diga porque discorda de mim e eu responderei você. Nada aqui é uma verdade absoluta. Tenha isso em mente quando for ler.

Além disso, gostaria de dizer que não vou falar de One Piece porque nunca li, nem vi, e não pretendo e não tenho interesse algum. Para não fazer comentários equivocados, deixarei de lado. Então, sem mais delongas… Comecemos.

Certo. Eu já vi e li Bleach, já vi e li Naruto e já droppei ambos sem remorso algum. Estarei na hora de que os mangás acabarem só pra ver ” no que deu ” a enrolação dos dois. E aqui nesse tópico gostaria de citar algumas qualidades de Fairy Tail que me levaram a conclusão de que, como shounen, Fairy Tail é melhor. Vamos lá.

Primeiro, em termos de história. A história de Fairy Tail tem se desenvolvido cada vez melhor, com um arco puxando o outro. Nesse ponto, há problema que me impede de ir muito além, que é o fato de Fairy Tail não ter tantos capítulos e nem tanto tempo rolando por aí como tem Naruto e Bleach, o que pode ser uma justificativa para o mangá não ter se ” perdido ” ainda. E nem precisar ficar ressucitando e matando e ressucitando de novo (Né, Kishimoto?).

Segundo, em termos de personagens. Algo que me frustra muito a respeito de Naruto e de Bleach é a quantidade de personagens que tem e como eles são jogados fora e mal aproveitados. E não falo de personagens que aparecem em um só episódio, ou naquela saga filler. São personagens que nos são apresentados e passam quase o anime//mangá inteiro sem uma única menção sequer, ou que são completamente excluídos. Nesse quesito, até os personagens de Fairy Tail que você achava que eram uns inúteis aparecem mais do que os inúteis de Bleach e Naruto. Até aqueles dois, o Romeo e Macao – são mais importantes do que o Chad, por exemplo. Ou do que o Shino. Cath my drift?

Terceiro, um ponto específico de Fairy Tail que sempre foi do meu agrado: os vilões. Muitos dos vilões não são só ” HOHO DOMINAR O MUNDO ” e essas coisas de vilanice. Um ponto dos vilões de Fairy Tail, (e quando digo vilões, faço referência a todos os inimigos da Fairy Tail, sejam os capangas ou o vilão mor) é que suas causas sempre são explicadas. Seu passado é mostrado de uma forma que suas ações tenham uma justificativa um pouco maior do que simplesmente  ” ser mal “. Há certos momentos em que, o motivo do vilão é tão plausível quanto o do herói – o que faz você pensar sobre o que é ser bom, ser mal, e quem seria o certo da história. Além disso, há inúmeros casos de vilões convertendo-se – o que mostra um crescimento do personagem e de como nem tudo é preto ou branco e de que há possibilidade de mudança.

Quarto, a comédia. Fairy Tail tem um apelo a mais que é a comédia – não, não estou dizendo que Bleach e Naruto não são engraçados e não tem comédia, calma. Segurem-se, haters. O que estou dizendo é que a comédia em Fairy Tail é mais puxada, favorece a obra e não prejudica o drama. Isso torna a obra mais agradável de se acompanhar, mesclando e misturando um pouco, não deixando tão enjoativo. O que não me fez droppar Fairy Tail tão rápido quanto os outros foi justamente essa comédia que me prende tanto.

>CONCLUSÃO: RABO DE FADA É BOM?

Fairy Tail 3

Rabo de Fada é bom cozido, assado, frito e empanado; do jeito que quiser. É uma obra que eu considero muito e acima de tudo, divirto-me bastante assistindo. Sinto arrepios quando tocam as músicas, as lutas me deixam empolgada e o drama me derrete completamente. Claaaaaro que há seus pontos fracos, seja no fato da censura da animação, da infantilidade adotada, ou de alguns clichês, mas nada que atinja a obra e POW deixe ela ruim.

Acredito sim, que Fairy Tail superou Naruto e Bleach e sim, já fui fã do Gari e do Alvejante, daquelas que fazia os jutsus todos e sabia o nome de todos os hadous. (HADOU NO 33: SOUKATSUI!… ou algo assim?) E quem me conhece sabe que eu cultivo ódio em um jardim especial no meu coração só para os shounens. Se Fairy Tail conseguiu passar por esse jardim, é porque é bom.

Agora, 0 que acha de Fairy Tail? Concorda em gênero, número e grau com o que eu disse? Ou acha que eu estou completamente errada e mereço queimar na fogueira? Comente lá embaixo, passe para seus amigos, peça para eles comentarem também e, se forem me queimar, por favor, sejam educados!

Valeu e até a próxima!

Advertisements

7 thoughts on “Como as Fadas bateram nos Garis e destruiram o Alvejante!

  1. Vamos lá… Fairy Tail é bom. Em alguns momentos, parece ter um fanservice jogado como qualquer outro ecchi. Não significa que fica ruim, mas tem vezes que ele adquire o mesmo problema de Ikkitousen: Roupas frágeis. E isso me irrita.

    Naruto, Bleach, One Peace… Todos de uma mesma revista, todos da SHUEISHA, enquanto Fairy Tail é da Shogakukan. Sendo da SHUEISHA, na sua revista mais popular, tem que vender. Muito. Tem que ter anime. Para ganhar uma porrada de filmes, ter sagas adaptadas para games de PS3 e assim por diante. 3 anos de fillers em Naruto? Simples. VENDER, Ienes, Bandai, SHUEISHA e outros tão querendo Ienes. Trilhões deles. Fairy Tail não parece seguir muito esse caminho, pois nunca ouvi falar de um filme de FT, mas já de 4 OVAS.

    O anime em si é bom, uma das poucas obras da A-1 Pictures que eu creio que são as que menos tem haters. Mas por fim, eu gosto de Fairy Tail. É o meu anime favorito. Depois de umas 4 adaptações da Shonen Jump (Não se inclui Bleach ou OP) e umas 3 da Kodansha, mas é bom.

    • Acredito que tenha saído um filme de FT recentemente… Mas a questão dos fillers, querendo vender ou não, é um ponto positivo para FT. Uma irritação a menos para uma parte do público. E Fairy Tail já tem jogo e todas essas coisas mais, então sim, vende também.

  2. Saudações

    Li o post inteiro…
    Vi um grande trabalho desenvolvido no mesmo…
    Compreender o sucesso de Fairy Tail não é difícil, muito pelo contrário.

    Mas (e talvez infelizmente) eu não consigo gostar desta obra. Não me atrai atenção (como boa parte dos shonens). Mas vejo que a nobre Marcela entende muito bem da obra.

    Um bom post, se dúvidas.
    Mas esta é uma obra que deixo passar batido…

    Até mais!

  3. Fairy Tail se destaca para mim somente em um quesito, ou melhor, principalmente em um quesito em especifico: personagens e não, não são as lutas. Quase todos os personagens principais( vide o time do Nastu) são carismáticos, principalmente a Erza sendo ela atualmente no anime ( só assisto o anime agora, tendo em vista que é melhor que o manga para mim), a personagem com melhor desenvolvimento. Mas todos os outros como você bem enfatizou não são jogados ao esmo.

    Outro destaque é o fato da relação entre os personagens estar se desenvolvendo de uma forma pouco vista nos shonen em geral, estou me referindo ao romance. Tendo como exemplo uma cena do episodio 154 com a Erza(novamente ela) e o Jellal. Dificilmente achara outra cena como essa(ou quando acha é no final e olhe lá) mesmo que somente subentendida em outra historia battle shounen.

    Um ponto fraco são as batalhas. Sim, justamente o que deveria ser o destaque é um dos fatores que menos me agradam atualmente. Isso porque combates onde o maior poder vence ou a falta de explicação em relação as magias(pode ser vantagem para alguns, mas para mim é uma perca enorme para o enriquecimento daquele universo), ou o fato de algumas habilidades serem adquiridas meio que de repente( nunca vi eles treinando ou tentado aprender novas técnicas) realmente não conseguem me fazer ficar animado. São poucas as batalhas que me instigam a querer ver mais. Batalhas essas que estão cada vez mais difíceis de aparecerem.

    E esses últimos arcos decaíram para mim em comparação aos da Phantom Lord, Etherion e do Luxus. Batalhas sem graça, novos personagens que pouco me cativaram( somente o Gildarts) e certas decisões na historia

    SPOILER

    ( não consigo engolir esse timeskip de 7 anos…) me fizeram perder o brilho que tinha pela série. Mas a atual saga esta me agradando( Jogos Mágicos) como a muito eu não sentia, tendo até algumas batalhas que me agradaram, como a do Jellal.

    FIM DO SPOILER

    Enfim, me alonguei de mais e peço até perdão por isso 😄 E só pra constar, gostei bastante do blog e do modo como escreve, parabéns ^^

    • Opa, adoro ler comentários enormes assim porque me dá mais confiança de que as pessoas realmente leem o post e ponderam sobre ele. E desculpe por editar seu comentário, mas foi por uma questão de spoilers que, deixar ao vento assim, poderia prejudicar alguém. ^^

      Os pontos que você colocou são completamente válidos. Entretanto, uma coisa gostaria de dar uma justificativa maior.

      As batalhas. Quase toda batalha em um battle shounen é tem o que eu chamo de Sayajinismo, onde o maior poder e o maior raio ganham. E geralmente, para favorecer o personagem é feito esse tipo coisa onde poderes novos surgem do nada. No entanto, tenho que concordar realmente com você no que diz a nunca mostrar eles treinando. Realmente, dificilmente há um treino em Fairy Tail. E saiba que eu me incomodo com essa parte tanto quanto você, mesmo sendo ao típico de battle shounen – mas a comédia de algumas lutas e simplesmente a trilha sonora de umas me faz esquecer o suficiente mas bem, é algo pessoal.

      Fora isso, concordo com você plenamente. Os personagens não são jogados ao esmo, em algum arco eles aparecem de maneira importante, há pontos que são trabalhados em FT que outros shounens deixam de lado e isso incomoda alguns fãs… Sem dúvidas.

      Agradeço seu comentário e espero que o blog continue agradando. ^^

  4. Olá!

    Quanto a qualidade de Fairy Tail, creio que não há como negar a mesma. Claro, temos shonens mais “bem trabalhados” (JoJo, Hunter X Hunter, Yu Yu Hakusho) porém Fairy Tail é legal, tem seus méritos. Comparações com Naruto e com Bleach, acho que Fairy Tail supera ambos. Eu acompanho One Piece, e para mim Fairy Tail está bem longe disso… Mas, claro que não é muito válido comparar uma obra com a outra. Mas disse apenas como fã de ambas.

    O que acho que falta é um roteiro mais bem definido por parte do Mashima. O mesmo já disse que não sabe como irá terminar a história. E um pouco mais de drama, como matar um personagem principal. De resto, gosto de Fairy Tail.

    Boa matéria May, e que o Blog continue assim!

  5. enfim, concordo com você, as OST’s me dão arrepios, os arcos puxam uns aos outros, até o arco ” Grandes Jogos Mágicos” pegou um pouco do arco filler, assim o anime só da vontade de acompanhar 😄 😀

Dê sua opinião!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s